Alcaçuz superlotado

Foto SEJUC/Divulgação

As notícias sobre a rebelião no presídio de Alcaçuz já estão nos grandes portais da imprensa nacional. O Jornal O Globo abordou a superlotação do maior presídio do Estado do RN. Segundo a reportagem, o presídio deveria receber 620 presos, no entanto abriga atualmente 1.140 pessoas.

“A rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na região metropolitana de Natal, teve início na tarde deste sábado, por volta das 16h30m. Ao G1, o major Eduardo Franco, da comunicação da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, disse que houve invasão de presos do pavilhão 1 no pavilhão 5, onde estão internos de uma facção criminosa rival. De acordo com Virgolino, os criminosos estavam separados entre os presídios e por pavilhões. Segundo informações da secretaria estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc), a penitenciária tem capacidade para 620 presos, porém, abriga 1.140 pessoas. A unidade é composta por cinco pavilhões e tem 151 celas. Em imagens divulgadas pela PM, é possível ver presos no teto de um dos pavilhões neste sábado”, afirmou a reportagem.

Com dados oficiais, o que se sabe até agora é da morte de 10 presos. A PM só deverá invadir o presídio hoje (15) pela manhã.