Cassação de Sandro Pimentel é mantida pelo TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a cassação do mandato do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL). O deputado tenta reverter a decisão local do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em 2019. Pimentel é acusado de irregularidades na prestação de contas, na campanha eleitoral de 2018. A decisão publicada na segunda-feira (10) foi o ministro Luis Felipe Salomão, ou seja, uma decisão monocrática, e ainda cabe recurso.

O deputado estadual teria recebido recursos financeiros na conta de campanha sem comprovação da origem do dinheiro, uma quantia de R$ 55.644,91, sendo 83,23% do total de gastos na campanha.

Ainda cabe recurso para o plenário do TSE, e enquanto aguarda decisão colegiada, Sandro Pimentel continua no cargo. O seu suplente, Robério Paulino (PSOL) deve aguardar ansiosamente a decisão.