FAKE NEWS: Invasores das terras paroquiais terão que pagar R$ 900?

Não é de hoje que o blog presta um serviço de esclarecimento sobre os fatos que ocorrem na cidade. Dessa vez, uma das notícias falsas plantadas nas redes sociais, seja em postagens ou em comentários, trata sobre uma multa ou pagamento que os invasores das terras da Paróquia teriam que supostamente pagar ao pároco, Padre Vicente Fernandes.

Na nossa caixa de mensagens “choveu” de perguntas: “É verdade que as pessoas que invadiram as terras da Igreja vão pagar 900 reais ao Padre?”

Não, não é verdade, é uma fake news (notícia falsa). Quem esclarece melhor essa questão é o advogado, Dr. Thiago Jofre: “Não sei de onde as pessoas tiraram isso. O valor das custas são R$ 998, ou seja, um salário mínimo, não tem nada a ver com as pessoas pagarem esse valor. O valor da causa é um valor atribuído a todo e qualquer processo que o advogado tem que colocar ao final da petição, para efeito de cálculo das custas processuais, para que a parte autora pague, ou seja o Instituto Cônego Monte pague, caso o juiz entenda que o Instituto não pode tem acesso à Justiça gratuitamente ao final do processo.”

O advogado da Paróquia ainda esclarece que esse tipo de informação não tem qualquer base legal. “Não faço ideia como alguém pode dizer isso, tecnicamente não existe isso. Quando inicialmente demos entrada no processo as pessoas a serem intimadas eram desconhecidas, não tinha como arbitrar uma multa. Não era um sindicado, um líder ou associação. Não sei de onde surgiu, não procede. Fica até difícil de tentar imaginar como a pessoa chegou a essa ideia. É de uma falta de conhecimento ou de uma maldade inacreditável.”

Ou seja, se trata de uma fake news. Não compartilhe boatos!