HUAB expõe projeto sobre aleitamento materno

O Hospital Universitário Ana Bezerra (HUAB) está na XXIV edição da Mostra de Ciência, Tecnologia e Cultura (Cientec), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que começou ontem, 28 de junho, e segue até este sábado, 30. O HUAB está abordando temas como a amamentação, por meio do projeto de extensão Amame – Aleitamento Materno com Amor e Excelência, desenvolvido desde 2014.

De forma lúdica, estudantes de Enfermagem da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairí (Facisa) explicam ao público as etapas do aleitamento materno e fornecem explicações sobre a capacidade gástrica do bebê, do nascimento até os 12 meses de vida. Frutas são utilizadas para exemplificar o tamanho do estômago do bebê.

Nos três primeiros dias de vida, o bebê suporta de 22 a 27 mililitros de leite, e nessa fase o estômago da criança equivale a um limão pequeno. Nos seis meses, equivale a um limão grande, podendo ingerir até 150 mililitros. Com um ano de vida, 250ml são suportados, e o estômago equivale a um maracujá grande.

A manutenção do leite materno deve ser mantida exclusivamente até os seis meses do bebê, pois possui todos os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento, mas a Organização Mundial de Saúde (OMS), recomenda a introdução alimentar já a partir dos seis meses com alimentos como papinhas e frutas. A mãe pode amamentar até os dois anos da criança.

A estudante de enfermagem Cinthya de Sá falou sobre outras informações repassadas aos visitantes do estande. Por exemplo, explicações sobre mitos, como o que diz que o consumo de doce faz aumentar a produção do leite materno. Os estandes 32 e 33 da HUAB estão no pavilhão 3. Saiba toda a programação de estandes clicando aqui e a programação completa da Cientec no site.