Maracanã abandonado

Reprodução/Imagens TV Globo

Não foi um time de futebol que entrou em campo no Maracanã, que carrega o nome Jornalista Mário Filho, um dos templos do futebol mundial. A Polícia Civil foi acionada para investigar furtos na principal arena do Brasil nesta segunda-feira (9).

Foto Alexandre Macieira/Riotur

Entre os vários objetos roubados está o busto do jornalista Mário Filho, que era irmão do também jornalista e escritor Nelson Rodrigues, que dá nome ao estádio. De acordo com informações da polícia, foram subtraídos duas televisões, os bustos de cobre do jornalista Mário Filho e do ex-prefeito do Rio, Ângelo Mendes de Morais, e uma peça de cobre da mangueira de incêndio.

Mas não é apenas os furtos que preocupam, o Maracanã está abandonado às vésperas do início da temporada de futebol 2017, quando o Rio de Janeiro terá mais uma edição do campeonato estadual. Na última quinta-feira (5), o Jornal Nacional mostrou o abandono das instalações do estádio.

Má conservação do Maracanã mostra falta de cadeiras, o gramado destruído, problemas nas instalações e um total descuido não esperado para o maior estádio do país. Isso após reformas de mais de R$ 1 bilhão para a Copa do Mundo e a Rio 2016.

Reprodução Internet/Twitter

SEM ENERGIA
Jogado às traças, o estádio foi reformado para dois grandes eventos esportivos, mas está abandonado e sem energia elétrica. O estádio é administrado pelo Consórcio Maracanã, que tem a Odebrecht como líder e teve pedido de rescisão de contrato na exploração. O Comitê Rio 2016 é quem está sendo responsabilizado pela situação, num jogo de empurra-empurra entre o Governo e concessionária.

Foto Guito Moreto/O Globo
Foto Guito Moreto/O Globo
Foto Guito Moreto/O Globo
COMPARTILHAR
Artigo anteriorEdilson Nobre é eleito Bispo
Artigo seguinteGovernador inicia agenda de três dias em Mossoró entregando reforma do aeroporto
Wallace Maxsuel de Azevedo, 29 anos, graduado em Jornalismo pela Universidade Potiguar (UnP), atua na comunicação desde 2006. Além dos veículos de imprensa também foi diretor de órgãos públicos e Secretário Municipal. Integrante da Pastoral da Comunicação (PASCOM) de Santa Cruz, e membro dedicado da comunicação Católica no RN. Criou o Blog do Wallace em junho de 2009, possibilitando para a região do Trairi um espaço virtual de qualidade e credibilidade. Fotógrafo amador, flamenguista e casado.