O esquecimento do nome de Hugo Tavares

Uma injustiça em comum no discurso de todos da Mesa e do cerimonial de inauguração das unidades federais da EBSERH, HUAB e UFRN, foi o esquecimento do nome de Hugo Tavares, precursor e fundador do movimento Santa Cruz, que lutou pelo fortalecimento do ensino superior no Trairi.

O Movimento Santa Cruz foi citado, mas seu líder e grande articulador não foi nominado de fato.

Outra questão discutida desde o falecimento de Hugo, era a colocação de seu nome na unidade que seria edificada no lugar da Escola Miguel Lula de Farias, o que parece que não vai acontecer.

Foi um esquecimento indevido!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorÂngela Paiva destaca a força do Movimento Santa Cruz
Artigo seguintePetrônio estadual?
Wallace Maxsuel de Azevedo, 31 anos, graduado em Jornalismo pela Universidade Potiguar (UnP), atua na comunicação desde 2006. Além dos veículos de imprensa também foi diretor de órgãos públicos e Secretário Municipal. Integrante da Pastoral da Comunicação (PASCOM) de Santa Cruz, e membro dedicado da comunicação Católica no RN. Criou o Blog do Wallace em junho de 2009, possibilitando para a região do Trairi um espaço virtual de qualidade e credibilidade. Fotógrafo amador, flamenguista e casado.