Sandro Pimentel requer teste da Covid-19 para vigilantes que trabalham para o Estado

Entendendo ser atividade essencial e buscando resguardar a saúde dos vigilantes, o deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) solicitou ao secretário Estadual de Saúde Pública, Cipriano Maia de Vasconcelos, que seja assegurado a esses profissionais a realização de testes da Covid-19, independente de apresentar sintomas da doença ou não.

Conforme o parlamentar, por ter sido reconhecida a função de vigilante como serviço essencial, eles continuam desempenhando as funções deles diariamente. “A incidência de infecção pelo vírus em profissionais dessa área, assim como da saúde, tende a ser maior do que em outras, haja vista que eles atuam na linha de frente no combate da doença. Entendo que é dever do Estado resguardar a saúde, a dignidade humana e a valorização do trabalho”, explicou.

Os requisitos para a realização desses testes devem ser: que desempenhem atividades em qualquer órgão ou repartição pública que seja de responsabilidade do Governo do Estado e estejam realizando atendimento presencial à população.

Sidy’s TV e Internet apresenta projeto para construção da sua sede em Santa Cruz

A Sidy’s, primeira operadora de TV e internet a Cabo do Norte-Nordeste do Brasil, anunciou uma novidade na noite desta segunda-feira (22). Em suas redes sociais foi apresentado oficialmente o Projeto do prédio onde funcionará a sede da empresa na cidade de Santa Cruz. Idealizada há 28 anos pelo empresário Siderley Menezes, in memorian, a Sidy’s nasceu em Currais Novos. Em 2017 inaugurou a primeira filial em Acari. A capital do Trairi será o próximo município onde a empresa se instalará.

Conhecido como visionário, Siderley Menezes sonhou integrar o Seridó e Trairi através da comunicação, inclusive com atividades sociais que a Sidy’s desenvolve. Antes de falecer realizou inúmeras reuniões com autoridades em diversas cidades, apresentando o projeto intitulado: Um Presente para o Sertão. A Sidy’s Comunicações dispõe das licenças da ANATEL para expandir suas atividades nos municípios de Santa Cruz e Caicó.

Administrada pelos irmãos Siderley, Zoraya e Zayama, além da matriarca da família Silvia Jatobá, a Sidy’s é uma referência no Rio Grande do Norte em comunicação regionalizada. Usando tecnologia de ponta em seus equipamentos e no fornecimento dos serviços, a diretoria está ansiosa com o novo momento. “Temos planejado este importante passo há alguns anos. São muitos os estudos e projetos que concluem a viabilidade da Sidy’s para o Trairi. Levaremos o que há de mais moderno para Santa Cruz”, contou Siderley.

“O maior desafio será chegar a Santa Cruz levando TV e internet por fibra, os dois juntos. Nossa pesquisa tecnológica está empenhada em baratear este serviço para nossos futuros consumidores. Estamos conversando com fornecedores e outras empresas de televisão a cabo de todo o mundo”, explicou Zoraya Jatobá.

Para Zayama, responsável pelo setor de programação e marketing da Sidy’s, o planejamento é apresentar uma programação cada vez mais regionalizada. “Temos nossos programas que são gerados em Currais Novos, com conteúdo variado. Ampliaremos isso para que a região do Trairi esteja inserida também, especialmente Santa Cruz. O prédio contempla inclusive um estúdio próprio na cidade”.

Por Assessoria

Tomba Farias defende criação de CPI para investigar compra de respiradores

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) defende a realização de uma investigação sobre a compra de respiradores por parte do Governo do Estado que pagou R$ 5 milhões por equipamento que não foram entregues ao Consórcio Nordeste. O parlamentar, que considera importante se chegar à conclusão se houve ou não mau uso do dinheiro público, anunciou que a Assembleia Legislativa poderá instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o assunto.

“Mais de dois meses depois de ter antecipado o pagamento de quase R$ 5 milhões para compra conjunta de respiradores pelo Consórcio Nordeste, os aparelhos não foram entregues conforme o contrato. O dinheiro tampouco foi devolvido ao Governo do Estado”, disse o deputado.

Tomba destacou que a empresa responsável pela venda dos respiradores, foi criada em 24 de junho de 2019 e alertou que de lá para cá só emitiu duas notas fiscais, incluindo a de número 002, referente à venda dos respiradores. “O governo jogou fora R$ 5 milhões e eu não vejo o Ministério Público Estadual e o Ministério Público Federal falarem nada. A nossa Casa também está calada. Nós temos que tomar providências. Essa empresa tem como endereço um apartamento de 72 metros quadrados”, ressaltou.

Tomba Farias enfatizou ainda que a Assembleia Legislativa não pode continuar em silêncio diante de um fato que envolve dinheiro público, vindo dos impostos dos contribuintes. “Vamos ficar calados? Vai ficar dessa forma? Não vamos nos pronunciar?”, questionou o parlamentar, convocando os colegas a assinarem a “CPI dos Respiradores”.

Deputado Nelter Queiroz é diagnosticado com Covid-19

Em casa, o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) confirma nesta terça-feira (09) que testou positivo para a Covid-19. O exame clínico feito ontem pelo deputado diagnosticou a presença do novo coronavírus. O estado de saúde do parlamentar é bom, estável e ele se recupera em isolamento domiciliar, como determina as autoridades de saúde. “Estou em isolamento domiciliar e seguindo as recomendações médicas na luta contra a Covid-19”, destaca o deputado.

Nelter Lula de Queiroz Santos tem bandeiras na interiorização do desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Norte.

Após a confirmação da Covid-19, o deputado afirmou que continuará participando das atividades legislativas e das sessões remotas da Assembleia Legislativa do RN durante o período da quarentena.

Paróquia de Santa Rita de Cássia emite nota sobre novas medidas de prevenção ao coronavírus

Em suas redes sociais, a Paróquia de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz/RN, emitiu uma nota com novas medidas de prevenção e segurança aos paroquianos que servem durante a pandemia, nas atividades da Igreja Matriz.

Confira a nota:

NOTA OFICIAL DA PARÓQUIA DE SANTA RITA DE CÁSSIA

Em cumprimento às recomendações do nosso Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, a Paróquia de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz/RN, esclarece e estabelece algumas novas medidas para segurança e continuidade das celebrações:

  1. Fica limitada apenas a participação nas celebrações das irmãs religiosas, sacristão e o presidente da celebração para o rito litúrgico da Santa Eucaristia;
  2. Participam em casos excepcionais o ministério de música, com duas pessoas;
  3. Ainda permitida a participação de agentes da Pastoral da Comunicação (PASCOM), com equipe reduzida, pois sua atividade é essencial para levar a celebração da Eucaristia aos lares pelos meios de comunicação paroquial;
  4. Continua proibida a participação de fiéis em qualquer celebração;
  5. Qualquer outra atividade essencial ou necessária para algum momento das celebrações deverá ser autorizada por este pároco, Padre Vicente Fernandes da Silva Neto;
  6. As celebrações de Corpus Christi serão limitadas apenas na Igreja Matriz, e com celebrações nas redes sociais, não sendo permitida a confecção de tapete ou qualquer outra manifestação;
  7. A procissão do Santíssimo Sacramento será pelas naves central e laterais da Igreja Matriz, simbolicamente representante um passeio por Santa Cruz;
  8. A Paróquia não pretende realizar qualquer passeio de Jesus Eucarístico ou imagem de padroeiros, obedecendo as regras de distanciamento social;
  9. Continuam suspensas as atividades ou visitas ao Santuário de Santa Rita de Cássia, conforme estabelece o decreto municipal e as recomendações da Arquidiocese de Natal;
  10. Estas medidas visam aumentar a segurança do padre, dos diáconos, irmãs religiosas e demais membros de serviços, pastorais, grupos e movimentos da nossa comunidade.

Santa Cruz, 04 de junho de 2020.

Padre Vicente Fernandes da Silva Neto
Pároco da Paróquia de Santa Rita de Cássia
Reitor do Santuário de Santa Rita de Cássia

CFF abre investigações sobre falta de respostas do Governo a ofícios

A Comissão de Fiscalização e Finanças da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte abrirá dois procedimentos para investigação sobre a falta de respostas a questionamentos feitos ao Poder Executivo do Estado. A decisão foi tomada durante a reunião desta quarta-feira (20), quando os parlamentares também decidiram encaminhar à governadora Fátima Bezerra ofício solicitando esclarecimentos sobre a liberação de emendas dos deputados estaduais.

Contando com a presença dos deputados Kelps Lima (Solidariedade), Getúlio Rêgo (DEM) e Tomba Farias (PSDB), a comissão abordou a falta de respostas por parte da Secretaria de Planejamento do Estado a ofícios encaminhados pela comissão relacionados à utilização de fundos públicos, incluindo o que dispõe de recursos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), além de outros cinco ofícios relacionados a despesas do Executivo.

“Se eles estão simplesmente ignorando a Casa, descumprindo a Constituição Estadual, vamos investigar os motivos e cobrar as respostas. Vou assinar ambos e solicitar que a assessoria da comissão proceda a abertura dos procedimentos”, disse o presidente da comissão, Kelps Lima, após aprovação dos demais deputados.

Além disso, o deputado Tomba Farias também solicitou o encaminhamento de ofício para cobrar informações a respeito da falta de liberação das emendas parlamentares. Inicialmente, o deputado sugeriu o envio de ofício à Seplan, mas decidiu, após conversar com os demais membros da comissão, encaminhar o ofício diretamente à governadora Fátima Bezerra.

“Por que não libera as emendas? Será que é porque somos deputados da oposição? Queremos a justificativa”, cobrou Tomba Farias.

Tomba Farias critica Câmara de Currais Novos que rejeitou piso nacional para professores

O deputado Tomba Farias (PSDB) criticou a Câmara Municipal de Currais Novos, que derrubou, na sessão da quinta-feira (14), o aumento de 12,84% sobre os salários dos professores, garantindo à categoria o novo piso nacional. Segundo Tomba, para ser aprovada a matéria precisava de 7 votos favoráveis, mas teve apenas seis.

“O mais esquisito é que o vereador Professor Radir, Primeiro Secretário da Câmara, se absteve de votar”, disse o deputado Tomba. “Inacreditável o professor se abster de votar a favor do piso de 12,84% para sua categoria”, criticou o parlamentar, lembrando que o vereador é professor do IFRN de Currais Novos.

O deputado disse em seu pronunciamento, por videoconferência, que os professores de Currais Novos perderam 5,84% já que aprovaram um reajuste de 7%, dos 12,84% propostos pelo novo piso. Tomba criticou o prefeito Odon Júnior (PT), afirmando que quando era vereador não admitia que o piso nacional não fosse pago à categoria de professores.

Em seu pronunciamento na sessão desta terça-feira, o deputado Tomba Farias ainda lembrou da festa de Santa Rita de Cássia, padroeira do município de Santa Cruz, que estaria acontecendo neste período. “Na sexta-feira aconteceria a maior procissão do Rio Grande do Norte”, ressaltou Tomba, justificando que por causa da pandemia do novo Coronavírus, a festa foi suspensa este ano.

Kelps Lima critica falta de diálogo do titular da Seplan com Assembleia do RN

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) criticou a postura do secretário estadual de Planejamento, Aldemir Freire, por não responder às solicitações para prestar contas dos recursos gastos pelo Governo do Estado provenientes da arrecadação em setores da administração estadual. Diante disso, o parlamentar anunciou que protocolará pedido de representação sob crime de responsabilidade e consequente pedido de impeachment do titular da pasta por crime de responsabilidade.

“O secretário de Planejamento omite dados à Assembleia. Ele faltou a convocação desta Casa quando cobramos respostas de ofício que chegou a secretaria desde março. Ele ficou de responder até ontem sobre gastos com recursos de fins específicos. Eu gostaria de estar aqui discutindo outras pautas, mas o secretário não tem condições de ter relação com o Poder Legislativo”, destacou Kelps Lima.

O parlamentar ressaltou que as informações solicitadas são dados públicos. “O secretário foge da transparência desses dados como o diabo foge da cruz. Diante disso e depois de vários alertas, venho anunciar que hoje à tarde protocolarei pedido de representação sob crime de responsabilidade e consequente pedido de impeachment do secretário por crime de responsabilidade. É inadmissível a falta de respeito para com a Assembleia do RN”, finalizou.

Sandro Pimentel sugere CPI para investigar irregularidades apontadas em auditoria na Arena das Dunas

O deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) protocolou pedido de instalação de CPI para investigar irregularidades apontadas por auditoria no contrato firmado da Arena das Dunas entre o Governo do Rio Grande do Norte e o consórcio Arena das Dunas Concessão e Eventos S/A. O pedido, feito em sessão ordinária por videoconferência desta terça-feira (12) na Assembleia do RN, procede divulgação do relatório final da Auditoria realizado pela Controladoria-Geral do Estado do RN (Control), em parceria com o mandato do parlamentar.

“Temos dados que mostram que houve diversas irregularidades na execução dos contratos de construção e gestão da Arena das Dunas. Mas é importante lembrar que essas inconsistências não acontecem sozinhas, elas foram operadas por pessoas. Agora também é preciso dar prosseguimento a uma investigação para encontrar os responsáveis e nos debruçarmos mais detalhadamente nos aspectos contábeis que não puderam ser analisados na auditoria”, afirmou Sandro.

De acordo com informações passadas pelo deputado, a auditoria apontou que o Estado deixou de receber, entre outubro de 2014 e julho de 2019, cerca de R$ 16,3 milhões em repasses da receita líquida dos eventos realizados na Arena. Segundo o contrato, a receita obtida com os eventos deve ser repartida igualmente entre a Concessionária e o Governo do RN. No período citado, Estado só recebeu cerca de R$ 1,5 milhão por eventos realizados na Arena.

Outro ponto analisado e destacado por Sandro Pimentel diz respeito ao pagamento do empréstimo contraído junto ao BNDES para a construção do estádio. Segundo o que foi revelado pela Control, a Arena das Dunas, até outubro de 2019, havia pago o montante de R$ 517,4 milhões referente ao seu financiamento. Mas, o Governo do RN, no mesmo período, já havia repassado para a Arena R$ 626.671.272,93 referentes somente à parcela fixa. Isso demonstra que 109.188.102,98 foram pagos a mais.

A auditoria recomenda suspensão da parcela fixa paga ao consórcio até que esse valor, de mais de R$ 109 milhões, seja descontado do que o Governo do RN ainda deve pagar ao consórcio. Caso todas as recomendações propostas pela Auditoria sejam cumpridas, a previsão é de que haja uma economia de mais de R$ 421 milhões até o final do contrato.

Para que ela seja instalada uma CPI, é necessário que oito deputados assinem o requerimento ou aprovação do pedido em sessão.

Gustavo Carvalho classifica como caricato acordo do Sinte com Governo do Estado

Em pronunciamento através do Sistema de Deliberação Remota (SDR) da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (13), o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) retomou o assunto do piso salarial dos professores do Estado, com base no que falou o deputado Getúlio Rêgo (DEM), na sessão anterior.

“Em referência ao pronunciamento do colega Getúlio Rêgo, na sessão de terça-feira, esse acordo feito pelo Sindicato dos Professores do Estado (Sinte) é um acordo caricato, muito diferente do acordo que foi feito com a Prefeitura de Natal. O presidente foi eleito, mas na realidade não representa os anseios dos professores e professoras do Rio Grande do Norte”, sentenciou o deputado Gustavo.

O parlamentar manifestou a sua convicção segundo a qual os professores e professoras conscientes não vão pagar mais a contribuição sindical, por causa “desse acordo, porque esse Sindicato não representa os professores do Estado”.

Na sessão anterior, em seu pronunciamento que serviu de base para o do deputado Gustavo Carvalho, o parlamentar do DEM registrou que o piso deveria ter sido implantado desde janeiro e o sindicato cobrar na integralidade a sua implantação, mas está aceitando passivamente a proposta do governo, porque “é uma frustração para a categoria não receber o piso estabelecido por Lei Federal”.

Caern trabalha para reativar captação através do rio Piranhas

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está trabalhando para colocar em operação a captação de água no rio Piranhas para abastecer Jucurutu. A cidade vinha sendo abastecida até esta terça-feira (06) pelo Sistema Adutor Serra de Santana.

A captação no rio Piranhas estava momentaneamente desativada devido a danos nos equipamentos provocados pelo aumento de volume do rio. Somente agora o nível do rio possibilita que o conserto seja feito.

A previsão da Caern é concluir o serviço até o próximo sábado (09) quando o fornecimento de água será retomado. O prazo de normalização é de até 48h, após a conclusão do serviço.

Coronavírus: deputados pregam união de classe política para recuperação financeira do RN

União. Essa foi a palavra que marcou os pronunciamentos feitos no horário destinado aos deputados, durante a sessão ordinária por videoconferência nesta quinta-feira (07). Os parlamentares da Assembleia Legislativa do RN destacaram que a união dos diferentes grupos políticos é o que pode salvar o Estado das consequências do atual momento de dificuldades diante da pandemia do coronavírus. Durante o seu pronunciamento, o deputado Vivaldo Costa (PSD), o mais antigo em atuação na Casa, voltou a pedir união.

“Se unidos somos fracos, desunidos não somos nada”, destacou citando a administração do ex-governador Cortez Pereira. “O RN é um estado tão pequeno economicamente. Por isso a gente tem que se unir para ver se supera essas dificuldades. Precisamos pregar um clima de tolerância entre os vários grupos políticos no RN”, completou. O parlamentar também reforçou as orientações para o uso correto das máscaras.

Tomba Farias (PSDB) manteve o mesmo tom e citou o exemplo adotado no município de Santa Cruz, que instalou o hospital de campanha e contratou profissionais para atuarem na unidade. “Vamos fazer o mesmo no Governo do Estado e na prefeitura de Natal. A cidade é um exemplo, adotou o uso de máscaras desde o princípio. Vamos nos unir”, disse.

Outras áreas

A situação econômica e de segurança pública do RN também foram citadas. Ubaldo Fernandes (PL) destacou a reunião com o secretário de Planejamento do Estado e solicitou que o Governo do RN salde o débito contraído na administração anterior da folha de 2018. “Entendemos que o Estado passa por dificuldades, mas a ajuda que virá do Governo Federal vem salvar e ajudar na manutenção da máquina pública”, argumentou.

Já o deputado Coronel Azevedo (PSC) voltou a cobrar os pleitos que contemplam os servidores da Polícia Militar. “Venho cobrar a correção do atraso na publicação de promoções e no pagamento das diárias operacionais. Diariamente esses homens estão fazendo sacrifício, se arriscando. São de todos os setores da PM e isso pode acarretar a diminuição da presença da polícia nas ruas”, frisou.

Finalizando os pronunciamentos, o deputado Getúlio Rêgo (DEM) destacou as ações implementadas em Mossoró, como os três leitos instalados no Hospital Tarcísio Maia, mas criticou a demora de atender os pleitos anunciados para o hospital de Rafael Fernandes e da Polícia Militar. “Nada feito, precisa ser mais veloz quando tratamos de vida”, disse.

Comissão de Finanças debate situação econômica do Estado com secretário de Planejamento

A reunião da Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) realizada na tarde desta quarta-feira (6), pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR) da Assembleia Legislativa, contou com a presença do secretário de Finanças e Planejamento, Aldemir Freire, convocado para prestar esclarecimento sobre a situação econômica e financeira do Estado, recursos dos órgãos na conta única do Executivo, pagamento de emendas parlamentares e do piso salarial dos professores.

O primeiro questionamento foi feito pelo presidente da Comissão, Kelps Lima (SDD) que registrou que o secretário não respondia os ofícios encaminhados pela Comissão e por isso tinha sido convocado. O deputado também abordou a falta de diálogo com os professores.

“Secretário, o governo alega que não podia cumprir a folha de pagamento dos professores, mas pagar não é opcional. É obrigatório pagar o piso dos professores. A governadora parece que tem essa opção de não pagar. Foram presas mercadorias na Cidade da Esperança de pessoas do comércio informal e estão sendo liberadas mediante uma multa de R$10 mil. Vai ter diálogo com eles ou é obrigação legal”, questionou Kelps.

Depois de fazer uma explanação sobre a situação financeira do Estado, que segundo ele está com uma grande redução na arrecadação do ICMS em relação a 2019, o secretário afirmou que as negociações pararam quando começou a pandemia, mas vão continuar os diálogos.

“Nós vamos pagar o piso integral de forma parcelada. Estamos construindo uma proposta e os diálogos ocorrem quase que diariamente com a professora que é a legítima representante da categoria que está na presidência do Sindicato”, afirmou o secretário, no que foi replicado pelo deputado Kelps, afirmando que quem está dialogando com o governo é uma histórica militante partidária.

O secretário informou aos deputados que participaram da reunião, que o Estado está esperando uma compensação da União para recuperar as perdas na arrecadação do ICMS.

O deputado Gustavo Carvalho (PSDB) argumentou que só o PT consegue pagar contas com conversa, com diálogo. “Eu só consigo pagar minhas contas com dinheiro. O Governo do Estado precisa fazer a sua parte. Os 167 municípios do Rio Grande do Norte estão precisando de um gesto do Governo do Estado, da mesma maneira como está tendo do Governo Federal”, afirmou Gustavo.

Participaram também da reunião os deputados Tomba Farias (PSDB), Getúlio Rêgo (DEM), Ubaldo Fernandes (PL) e Souza.(PSB).

Ao final da reunião foram aprovadas duas matérias que estavam na pauta. O Projeto de Lei de iniciativa do deputado Kleber Rodrigues (PL) que Institui o Programa de Atenção às Mulheres Vítimas de Estupro, com o objetivo de dar apoio e identificar perícias e o Projeto do Ministério Público de Comunicação de celebração de convênio.

Líderes pedem adiamento do Enem, mas ministro da Educação defende calendário

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, se manteve contrário ao adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano por mais seis meses, cogitado em virtude da pandemia de coronavírus no país. Ele participou da reunião de líderes partidários do Senado, feita por videoconferência, nesta terça-feira (5), para explicar sua posição. E alegou que a crise de saúde não seguirá até a época da realização das provas, prevista para novembro.

O líder do PDT, Weverton (MA), defendeu um novo calendário para o exame, pelo fato de milhões de estudantes estarem prejudicados pelo isolamento obrigatório e pela suspensão das aulas. Segundo o senador, muitos desses jovens não têm estrutura para estudar em casa e, portanto, não têm condições de se preparar para a seleção. “O ministro quer manter o Enem para novembro. E ficou combinado que teremos nova reunião em agosto, para avaliarmos o cenário. Ele disse que o Enem não foi feito para fazer justiça social”,informou.

A líder do Cidadania, senadora Eliziane Gama (MA), também defendeu o adiamento do Enem 2020. Para ela, manter o calendário seria aprofundar ainda mais as desigualdades educacionais e impedir que os mais pobres tenham acesso ao ensino superior. “Impossível acreditar que estudantes carentes tenham pleno acesso a computadores e à internet”, escreveu em sua conta no Twitter.

O líder do PL, senador Wellington Fagundes (MT) lançou uma enquete sobre o assunto, nas redes sociais. Em entrevista à Agência Senado, o parlamentar também se mostrou favorável à marcação de nova data para o Enem. Ele disse que a posição é a da maioria dos líderes partidários, “considerando o fato de que 30% a 40% de alunos no interior do país sequer têm acesso à internet”.

Para o líder do bloco parlamentar, senador Esperidião Amin (PP-SC), a participação de Weintraub na reunião de líderes foi propositiva. Também à Agência Senado, Amin ressaltou que uma decisão desse porte precisa ser tomada com mais “certezas e definições claras”. E que o ministro está certo ao pedir aos senadores mais prudência sobre uma definição para o assunto. “Concordo com ele que não é preciso adiar agora algo que está marcado para novembro. Nós todos sabemos que as eleições são em outubro, movimentando cerca de 110 milhões de eleitores, e que também seria precipitado decidir agora. Weintraub foi sensato por não ser assertivo”, ponderou Amin. Fonte: Agência Senado

Importância da ciência em tempos de Covid-19 é discutida em live da UFRN

A importância da ciência em tempos de Covid-19 será discutida na live promovida pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) nesta quinta-feira, 7 de maio, a partir das 14h, no canal https://www.youtube.com/TVAgecom. O momento é voltado à sociedade em geral, que terá a oportunidade de contato direto com cientistas para obter informações relevantes e esclarecer dúvidas sobre o novo coronavírus.

A live contará com a presença do reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo, que fará uma breve apresentação das ações em desenvolvimento na instituição para enfrentamento à Covid-19. A importância da qualidade das informações sobre a doença, por sua vez, será ressaltada pela jornalista Luciane Agnez, do Instituto Superior de Brasília, que abordará o tema Fake News em tempos de pandemia.

O momento também inclui a discussão dos tipos de diagnóstico da Covid-19 na apresentação Qual exame devo fazer? Biologia molecular ou teste rápido?, conduzida pela professora do Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas da UFRN, Vivian Silbiger. A pesquisadora explicará quais os testes disponíveis e sua eficiência em cada fase da doença.

Por que investir em ciência? será o tema ministrado pela professora do Departamento de Biologia Celular e Genética da UFRN, Lucymara Fassarella. “Conversaremos um pouco sobre o quanto a ciência e importante em nosso dia a dia e porque ela precisa ser valorizada”, afirma a professora e organizadora do evento.

Essa é uma das iniciativas que serão promovidas em todo o Brasil nesta quinta-feira, 7, em adesão à Marcha Virtual pela Ciência. O movimento nacional, promovido pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), tem o objetivo de chamar atenção para a importância da ciência no enfrentamento da pandemia da Covid-19 e de suas implicações sociais, econômicas e para a saúde das pessoas.

A manifestação reforça a luta por recursos adequados para o desenvolvimento da ciência, da tecnologia, da saúde e da educação no país. Outras informações estão disponíveis no site http://portal.sbpcnet.org.br/marcha-virtual-pela-ciencia/.

Governo do RN arrecada doações

O Governo do RN apresentou nesta quarta-feira (6) mais um balanço das doações efetivadas pelos programas RN+Unido e RN+Protegido. Foram aproximadamente R$ 100 mil em máscaras, álcool, material hospitalar, alimentos, material de limpeza e higiene pessoal no período de 27 de abril e 5 de maio. O total de doações já soma R$ 1,6 milhão, contabilizado a partir da criação da Central de Controle de Doações, em 26 de março.

O controlador-geral do Estado, Pedro Lopes destacou as doações da Câmara dos Dirigentes Logistas (CDL) e grupos empresariais associados, com entrega de 25 circuitos respiratórios destinados à preparação de leitos de UTI. E também a doação da Associação dos Defensores Públicos do RN, com 450 cestas básicas, sendo 100 já entregues à Associação dos Pescadores da Vila de Ponta Negra.

A campanha Fisco Solidário, promovida pelos auditores fiscais do RN distribuiu 300 cestas básicas e diversos materiais hospitalares a unidades do Governo e municípios do RN. Pedro Lopes citou ainda uma doação do servidor público estadual Walter Bastos, que junto com sua família, adquiriu 300 luvas, 50 protetores faciais, 150 máscaras comuns e 200 máscaras de uso hospitalar, em um valor de R$ 3,2 mil.

Toalhas e lençóis doados pela Coteminas semana passada foram entregues essa semana. O Hospital da PM recebeu 300 toalhas. O Hospital Regional de Assu recebeu 400 toalhas e 200 lençóis. A Polícia Militar recebeu, de outra doação, 700 protetores faciais com viseira. E ainda o Programa do Leite, para proteção dos agentes de distribuição, recebeu 730 litros de álcool 70%.

Vivaldo Costa alerta para índices da pandemia e pede união da classe política

O deputado Vivaldo Costa (PSD) voltou a pedir a união da classe política para o enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus no Rio Grande do Norte. Durante sessão plenária remota da Assembleia Legislativa, nessa quarta-feira (6), o parlamentar chamou a atenção para os casos da Covid-19 no Estado, que de acordo com os números recentes divulgados pela Secretaria de Saúde (Sesap), dobraram nos últimos 10 dias.

“O Coronavírus é assunto recorrente nos jornais, na televisão, nas redes sociais e nos demais canais de comunicação. A edição da Tribuna do Norte de hoje ilustra isso. Todas as manchetes abordam assuntos relacionados à pandemia. Temos certeza da gravidade da situação e consciência que devemos seguir as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde) e orientações do Ministério de Saúde, mas devemos fazer isso juntos, unidos”, disse Vivaldo.

O parlamentar criticou aqueles que, segundo ele, aproveitam o momento para fazer politicagem. “Não é hora das questiúnculas políticas que infelizmente estão havendo. Há políticos que procuram tirar proveito nesse momento achando que vai redundar em votos, quando na verdade o efeito é contrário: dificulta. Temos que criar um clima de paz entre os governos, em todas as esferas, para que assim possamos assistir devidamente à população”, disse Vivaldo, acrescentando ainda que “aqui no RN a governadora tem feito um bom trabalho”, concluiu ele.

Allyson Bezerra cobra atenção do governo para Hospitais Regionais no combate ao Coronavírus

Preocupado com o avanço do Coronavírus no interior do RN, especialmente na Região Oeste potiguar, que tem apresentado números significativos em relação à contaminação pela Covid-19, o deputado Allyson Bezerra (SDD) fez um alerta ao Governo do Estado para a situação dos Hospitais Regionais.

“Nós Estamos enfrentando uma crise grave. Não é à toa que já ultrapassamos sete dezenas de mortes. Na cidade de Mossoró, já temos dezoito mortes confirmadas, a primeira morte em Apodi e a primeira em Taboleiro Grande. Portanto, peço atenção para o Hospital Regional de Apodi e de Pau dos Ferros. Essas unidades estão em uma situação caótica. Agente sabe que nesse momento de pandemia, as pessoas irão procurar as unidades e infelizmente não irão encontrar a devida atenção, não irão encontrar leitos de UTI, nem respiradores”, alertou o parlamentar.

O deputado também chamou a atenção para o Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró e criticou a demora do governo para equipar a unidade com os leitos de UTI. “Nós tivemos a promessa do governo para montar vinte leitos de UTI no Hospital Tarcísio Maia, mas, até esse exato momento, temos apenas dez leitos graças ao esforço de empresários da sociedade civil organizada da cidade. O governo infelizmente deixou um déficit na saúde que se soma ao déficit da atenção Básica do município”, declarou Allyson.

Deputados aprovam projetos contra violência, insegurança e referendam calamidade

A Assembleia Legislativa do RN aprovou, em votação por Sistema de Deliberação Remota (SDR) no início da tarde desta quarta-feira (06), dois projetos de lei voltados ao combate à violência contra a mulher. O que dispõe sobre a comunicação pelos condomínios residenciais aos órgãos de segurança pública, sobre a ocorrência ou indícios de violência doméstica e familiar contra mulher, criança, adolescente ou idoso, em seus interiores e o que autoriza o projeto “Casa Abrigo” em Natal. As duas iniciativas são de autoria da deputada Cristiane Dantas (SDD).

“É do conhecimento de todos que a violência doméstica e familiar ainda é uma infeliz realidade em nosso país e no Rio Grande do Norte. Certamente, a conscientização da população sobre a importância de denunciar os casos de violência doméstica e familiar está aumentando, porém entendemos que outras medidas, como a ora proposta, também devem ser adotadas para que cada vez mais os agressores sintam-se coibidos em praticar os atos de violência”, justificou Cristiane Dantas, autora da proposta. “Temos que, cada vez mais, responsabilizar a sociedade nos casos de violência contra as mulheres”, completou a relatora da matéria, a deputada Isolda Dantas (PT).

O segundo projeto de lei, que autoriza o projeto “Casa Abrigo” em Natal, com atendimento regional, é amparado pela Lei Maria da Penha. “A violência contra a mulher possui dados preocupantes no Rio Grande do Norte. Nos últimos três anos, cresceu o número de mulheres assassinadas embora se tenha registrado uma queda na quantidade de feminicídios. Nesse contexto, o projeto Casa Abrigo é uma reivindicação que não pode mais ser adiada”, justificou Cristiane Dantas. A iniciativa foi elogiada pelos deputados Isolda Dantas, Sandro Pimentel (Psol) e Coronel Azevedo (PSC).

Também foi aprovado o projeto de lei, de autoria do deputado Coronel Azevedo, que tem como objetivo dar publicidade aos dados relacionados à violência e criminalidade no RN. Além da publicidade, “busca mensurar com penhor os dados da área, demonstrado a proporção das atividades para auxiliar na estrutura estatal diante do desfecho dos crimes a fim de instrumentalizar a formulação de políticas de segurança”, justificou.

Calamidade – Ainda durante a sessão ordinária por videoconferência desta quarta-feira (06), a maioria dos deputados presentes aprovaram oito pedidos de decreto de estado de calamidade pública nos municípios de Equador, Ipanguaçu, Macau, Ouro Branco, Riacho da Cruz, Riachuelo, Ruy Barbosa e Tangará.

Os decretos têm como base as Leis Orgânicas dos Municípios e em consideração ao Estado de Emergência em Saúde Pública (ESPIN), decretado pelo Ministério da Saúde, em virtude da disseminação global da infecção humana pelo novo Coronavírus e a declaração da condição de transmissão pandêmica anunciada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os documentos também levam em consideração que a crise provocada pela na Saúde Pública, impõe o estabelecimento das medidas de enfrentamento da pandemia. Para tramitação dos expedientes a Assembleia Legislativa disponibilizou o e-mail [email protected], através do qual a documentação pode ser remetida pelos municípios.

Ezequiel Ferreira solicita isenção da conta de água para famílias rurais

A crise econômica causada pelo novo Coronavírus tem prejudicado milhões de brasileiros. No Rio Grande do Norte não tem sido diferente. Pensando nisso, o deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa do Estado, apresentou requerimento ao Governo potiguar solicitando que as famílias rurais sejam consideradas isentas do pagamento da conta de água durante o período de pandemia.

“As dificuldades econômicas estão em todos os setores após o surgimento do novo Coronavírus, devido principalmente ao isolamento social imposto no combate à doença. Isso tem deixado o sustento de muitas famílias totalmente comprometido. Os trabalhadores rurais estão enfrentando muitas dificuldades para comercializar seus produtos e é necessário adotar medidas para diminuir os efeitos dessa situação”, disse o parlamentar.

Com a medida, o deputado acredita que seria possível dar mais tranquilidade para essas famílias rurais, permitindo que elas possam continuar em busca do seu sustento, mesmo diante das dificuldades causadas pela pandemia.