Tomba agradece votação e lamenta derrota de Agripino e Garibaldi

O deputado Tomba Farias (PSDB) agradeceu durante sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (9), a sua reeleição e disse que a Eleições 2018 foi uma luta grande e exaustiva. Para ele, foi uma eleição diferente das outras.

“A luta valeu à pena e por isso agradeço a Deus, à minha família e ao povo do Rio Grande do Norte que acreditou no meu trabalho e me deu uma votação consagradora. Reafirmo aqui que nesse novo mandato continuarei incansavelmente a luta pelo fortalecimento dos municípios e o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, disse Tomba.

O parlamentar obteve 41.249 votos, se posicionando como o terceiro deputado mais votado de sua coligação e o quarto do estado. Tomba ressaltou que sempre priorizou as ações voltadas para o desenvolvimento dos municípios potiguares. “Agradeço aos meus amigos do Seridó, do Agreste, do litoral e de todas as regiões que acreditaram no nosso trabalho”, disse.

O deputado reeleito fez ainda um agradecimento especial para os eleitores do Trairi e da cidade de Santa Cruz, sua principal base política. “Ao povo querido da minha cidade de Santa Cruz, o meu abraço especial de agradecimento. Santa Cruz me proporcionou uma votação expressiva”, destaca Tomba.

Tomba Farias ainda dedicou algumas palavras aos parlamentares José Agripino (DEM) e Garibaldi Alves Filho (MDB) que não foram reeleitos. “O Rio Grande do Norte teve uma perda irreparável e só o tempo dirá. Vamos receber o resultado das urnas que o povo quis”.

Wanira Brasil surpreende com a votação de Vivaldo Costa em Sítio Novo

A ex-prefeita de Sítio Novo, Wanira Brasil (MDB), surpreendeu o cenário político local com uma votação expressiva para o seu deputado estadual, Vivaldo Costa. Em um cenário de polarização entre Wanira e Edilson Júnior, Tomba Farias teve 1.388 contra 1.106 de Vivaldo Costa.

No comparativo de 2014, Vivaldo Costa teve 521 votos, enquanto Tomba chegou aos 1.048. Quem saiu de cena foi o deputado Gustavo Carvalho, que teve sua base política desmontada naquela cidade. O vereador Hélio Fitas que decidiu seguir um projeto próprio, apoiando Adjunto Dias, que teve 223 votos.

Para Federal, o prefeito Edilson Júnior deu 1.129 votos para Rafael Motta, que foi o candidato de Wanira Brasil em 2014. Agora, em 2018, a ex-prefeita apoiou o tradicional aliado, José Agripino, que teve 723. Hélio Fitas conseguiu 380 votos para Benes Leocário, em seu projeto isolado.

No senado, Zenaide Maia, candidata de Edilson, alcançou 1.685 votos, e Geraldo Melo 1.309. Wanira somou para Garibaldi 988 e Jácome 971 votos, praticamente casando os votos dos seus senadores.

Para Governador, o prefeito atual conseguiu 1.929 votos para Fátima Bezerra, enquanto Wanira apoiando Carlos Eduardo viu seu aliado chegar a 1.136 votos.

Com essa panorama, Wanira Brasil continua viva na disputa local, com o foco voltado para uma possível candidatura de Andrezza Brasil, sua filha, que desde 2016 conquistou a simpatia do grupo para uma possível candidatura majoritária.

Grupo de Tomba vence oposição de Santa Cruz com maioria de 5 mil votos

O Blog do Wallace fez uma análise dos votos de 2014 e 2018, para deputado estadual, onde ocorre a maior corrida eleitoral dos grupos de situação e oposição, em Santa Cruz.

Separamos os deputados apoiados pelo grupo da situação, o grupo de deputados apoiados pela oposição (Gilcelly, Josemar, Dr. Marcos, Péricles, PT e outros) e um grupo de outros deputados (são nomes que recebem apoios de centro, nem apoiam Tomba ou Oposição).

Em 2014, o grupo de Tomba somou 11.106, a oposição 4.835 e demais deputados 1.541. O saldo de Tomba foi 4.730 votos de maioria, em um cenário com 115 candidatos sendo votados em Santa Cruz.

Nas eleições de 2018, o grupo de Tomba somou 9.695, a oposição 4.531 e os demais deputados 2.912. O saldo de Tomba Farias foi de 2.252, em um cenário com 153 candidatos sendo votados.

No confronto direto de Tomba e oposição, no ano de 2014, o grupo contra o sistema governista teve uma maioria de 6.271 votos, bem próximo do resultado das eleições municipais de 2016. Agora, 2018, a maioria de Tomba sobre a oposição foi de 5.164 votos.

Será que o cenário de 2020 vai seguir o que as eleições gerais de 2018 apontaram?

Aguardemos!

Tomba alcançou mais de 18 mil votos na região Trairi

Quando lançou seu nome para o eleitorado do Trairi, considerando 10 cidades em torno de Santa Cruz, Tomba Farias (PSDB) era o único nome forte e com muitas bases pelos municípios. De 2010, ano da sua primeira eleição, até hoje, 2018, a disputa para deputado estadual ganhou fôlego e tem sempre uma ansiedade na apuração dos votos.

Em 2014, Tomba Farias somou 21.984 votos em toda a região. Agora, em 2018, o total foi de 18.290 votos. Apesar de uma redução de 2.141 votos, entra no cálculo a redução do eleitorado da região Trairi, caindo de 86.290 para 77.615.

A redução de mais de 8 mil votos e a grande quantidade de candidatos nestas eleições foram alguns fatores para a mudança do panorama. Mesmo com a diminuição na votação, Tomba Farias é a maior liderança regional em votos absolutos ou proporcional.

Nem Alves, nem Maias, muito menos Rosados…

O Blog analisava semanas atrás a possibilidade dos Alves e Maias ficarem sem seus mandatos em diversos cargos, principalmente para o Senado Federal, quando apenas Garibaldi Filho mostrava condições de disputar uma vaga.

Final da Apuração, eis a lista de nomes das oligarquias tradicionais que foram afastados de um mandato para os próximos quatro anos:

Garibaldi Filho, candidato a reeleição para o senado
José Agripino, senador que tentava disputar uma vaga para deputado federal
Beto Rosado, candidato a reeleição para deputado federal
Larissa Rosado, candidata a reeleição para deputada estadual
Márcia Maia, candidata a reeleição para deputada estadual
Adjunto Dias, filho do prefeito de Natal, candidato a deputado estadual

Outros nomes ligados às oligarquias tradicionais também ficaram fora do cenário político, ou quase foram exterminados com votações abaixo do esperado.

Os sobreviventes das oligarquias

Depois da “limpeza” que a população potiguar fez em nomes das oligarquias do estado, o saldo saiu negativo para os políticos tradicionais, após a apuração do primeiro turno das eleições 2018.

Na Câmara Federal, ainda teremos Walter Alves, Rafael Motta e Fábio Farias, que são filhos de velhas figuras da política. Ligado às oligarquias temos ainda João Maia.

Na Assembleia Legislativa, nenhum nome Alves, Maia, Motta e Rosado, ainda temos velhas figuras ligadas às oligarquias, mas renovação foi altíssima.

Para o Senado, não temos nenhum dos nome tradicionais, apenas Zenaide Maia, que foi ligada às oligarquias tradicionais, após o impeachment assumiu um discurso contra seus “ex-aliados”.

A eleição de 2018 foi histórica e será recontada muitas vezes para as próximas gerações.

Votação de Senador em Santa Cruz

A votação do Senado em Santa Cruz revelou a transferência de votos que a candidata ao governo, Fátima Bezerra (PT), tem no cenário político. A sua senadora, Zenaide Maia (PHS), foi a mais votada na cidade.

Geraldo Melo e Garibaldi ficaram na casa dos 6 mil votos, e amargaram uma dupla derrota que o sepultam da vida política do estado.

O Capitão manteve uma votação satisfatória, quando não tinha nenhuma grande liderança em atividade e mandato para lhe apoiar. O principal nome que fazia campanha para Styvenson foi o ex-vereador Pedro Dério.

Eis os dados:

DRª ZENAIDE MAIA 7.665 25,09%
GERALDO MELO 6.269 20,52%
GARIBALDI FILHO 6.026 19,73%
CAPITÃO STYVENSON 4.919 16,10%
ALEXANDRE MOTTA 3.060 10,02%
JÁCOME 1.660 5,43%
MAGNÓLIA 326 1,07%
DR JOANILSON 318 1,04%
LEVI COSTA 112 0,37%
TELMA GURGEL 107 0,35%
PROFESSOR LAILSON 34 0,11%
ANA CELIA 27 0,09%
NAPOLEÃO 23 0,08%
JOÃO MORAIS 2 0,01%
JURANDIR MARINHO 0 0,00%

 

Comparecimento: 20.403 (86,04%)
Votos para o Senado: 40.806
Branco: 2.584 (6,33%)
Nulos: 7.632 (18,70%)
Votos Válidos: 30.548 (74,86%)

Os nomes mais votados em Santa Cruz

Fátima Bezerra conseguiu colar sua votação com Fernando Haddad e Zenaide Maia. A senadora Fátima teve 9.996 votos para o Governo do RN, em Santa Cruz, e viu Haddad ter 9.058 para Presidente e Zenaide 7.665 para o Senado Federal.

O deputado Tomba Farias continua sendo a maior liderança regional, com a votação de 9.695. O resultado de hoje o credenciou para o terceiro mandato de deputado estadual, na Assembleia Legislativa.

Votação de Deputado Estadual em Santa Cruz

Todos os candidatos tiveram suas votações reduzidas em relação a 2014. O PT pode comemorar porque Petrônio Spinelli conseguiu 998 votos, ficando na 3ª colocação, em Santa Cruz.

O duelo Tomba e Gustavo ficou reduzido a uma queda na votação, no entanto Tomba reduziu 800 votos, enquanto o seu rival teve mais de 1.000 votos de diferença.

Destaques para Ivan Ferreira, agente de saúde da comunidade, ex-candidato a vereador, que conseguiu uma boa votação na cidade.

Gean Paraibano só conseguiu transferir 773 votos para Nelter Queiroz, ficando distante do sonho de viabilizar um cenário favorável para candidatura à Prefeitura, em 2020.

Pedro Dério, de maneira modesta, deu a Ubaldo Fernandes 382 votos, superando até a campanha robusta de Ezequiel Ferreira na cidade.

Eis os números.

TOMBA FARIAS 9.695 52,81%
GUSTAVO CARVALHO 1.591 8,67%
PETRONIO SPINELLI 998 5,44%
NELTER QUEIROZ 773 4,21%
IVAN FERREIRA 476 2,59%
UBALDO FERNANDES 382 2,08%
EZEQUIEL 370 2,02%
CICERO MARTINS 294 1,60%
ALBERT DICKSON OFTALMOLOGISTA 157 0,86%
SUBTENENTE ELIABE 139 0,76%
ELAINE NEVES 129 0,70%
CORONEL AZEVEDO 114 0,62%
KELPS 109 0,59%
MARCIA MAIA 106 0,58%
PROF ROBERIO 101 0,55%
ISOLDA DANTAS 97 0,53%
BISPO FRANCISCO DE ASSIS 96 0,52%
JACÓ JÁCOME 75 0,41%
ERALDO 63 0,34%
KATIA PIRES 61 0,33%
KLEBER RODRIGUES 59 0,32%
ANA LUÍSA 58 0,32%
LARA BIANCK 52 0,28%
CARLOS AUGUSTO MAIA 47 0,26%
CRISTIANE DANTAS 46 0,25%
CAPITÃO GONDIN 44 0,24%
FRANCISCO DO PT 37 0,20%
VIVALDO COSTA 36 0,20%
MICHAEL DINIZ 36 0,20%
JOSÉ DIAS 34 0,19%
JUNIOR GRAFITH 33 0,18%
SANDRO PIMENTEL 31 0,17%
PRISCILA DANTAS 27 0,15%
HERMANO MORAIS 26 0,14%
TARCISIO JR 25 0,14%
DR. FERNANDO TORRES 22 0,12%
ADJUTO DIAS 21 0,11%
MARCINHO DE VÁRZEA 21 0,11%
ENFERMEIRO LUCIANO 19 0,10%
GETULIO RÊGO 18 0,10%
NINA SOUZA 17 0,09%
ABIDENE 17 0,09%
DR. DANIEL 17 0,09%
MAURICIO GURGEL 17 0,09%
PASTOR ALEX 17 0,09%
EUDIANE MACEDO 15 0,08%
DELEGADO PEIXOTO 15 0,08%
KLAUS 15 0,08%
RAIMUNDO COSTA 15 0,08%
CACÁ MEDEIROS 15 0,08%
DRA. EDERLINDA 13 0,07%
GORETE SILVEIRA 13 0,07%
CAMILA BARBOSA 13 0,07%
JOÃO CABRAL 12 0,07%
CORONEL FERNANDES 12 0,07%
SIDERLEY 12 0,07%
WILLIAMS FORT 12 0,07%
DAGÔ 11 0,06%
DIOCLÉCIO 11 0,06%
GEORGE SOARES 10 0,05%
PROF MIGUEL 10 0,05%
FREIRE 10 0,05%
XANDÃO 10 0,05%
XERIFE SARUÊ 10 0,05%
ALLYSON BEZERRA 9 0,05%
FERNANDO 9 0,05%
DINARTE TORRES 9 0,05%
CLEITON DE PAULA 9 0,05%
JADELSON SALES 9 0,05%
GUSTAVO FERNANDES 8 0,04%
RICARDO MOTTA 8 0,04%
MARCELO MOURA 8 0,04%
GETÚLIO BATISTA 7 0,04%
JORGE DE LIMA 7 0,04%
WILMA 7 0,04%
MARGARIDA DAS DOMESTICAS 7 0,04%
SAMARA FRANCIONE 7 0,04%
ADRIANA 6 0,03%
LEANDRO PALHARINI 6 0,03%
DR. BERNARDO 5 0,03%
SOUZA 5 0,03%
TEREZINHA MAIA 5 0,03%
JORGE DO ROSARIO 5 0,03%
IGOR RAFAEL 5 0,03%
EDILIO LOBO 5 0,03%
FATIMA LAPENDA 5 0,03%
FRED DAS AGRÍCOLAS 5 0,03%
MARQUINHOS SINDSUPER 5 0,03%
JOJÓ 5 0,03%
GALENO TORQUATO 4 0,02%
RAIMUNDO FERNANDES 4 0,02%
GUSTAVO COSTA 4 0,02%
MADA CALADO 4 0,02%
ANA CARLA 4 0,02%
SERGIO HENRIQUE 4 0,02%
RICARDO FREIRE 4 0,02%
CARLOS ALEXANDRE 4 0,02%
JADISMAR 4 0,02%
EGIDIO 4 0,02%
PROFESSOR GERALDO JÚNIOR 4 0,02%
PROFESSOR NARCISO 4 0,02%
IVAN JÚNIOR 3 0,02%
DR. MENDES 3 0,02%
MILKLEI LEITE 3 0,02%
LUIZ GOMES 3 0,02%
ASSIS 3 0,02%
JAIR DANTAS 3 0,02%
DECIO SANTIAGO 3 0,02%
ADAIRTON 3 0,02%
CESAR ARRUDA 3 0,02%
LÚCIO FLÁVIO 3 0,02%
LARISSA ROSADO 2 0,01%
PROF LUIS CARLOS 2 0,01%
GEORGE CÂMARA 2 0,01%
GUTEMBERG DIAS 2 0,01%
DR EDVALDO LEITE 2 0,01%
SARGENTO HENRIQUE 2 0,01%
JOAS ANDRADE 2 0,01%
JOÃO DE DEUS 2 0,01%
TIAGO DIONISIO 2 0,01%
ARAKEN BATISTA 2 0,01%
ASSIS O HOMEM DO JUMENTO 2 0,01%
FELIPPE CARDOSO 2 0,01%
GABRIELA SALERNO 2 0,01%
ELISÂNGELA OLIVEIRA 2 0,01%
ESIEL GALDINO 2 0,01%
DRA. ÂNGELA MACHADO 1 0,01%
BAMBAM 1 0,01%
INGRID LOBATO 1 0,01%
PROF BARRETO 1 0,01%
EDNA MENEZES 1 0,01%
JUSIER VARELA 1 0,01%
GERSONY GOMES 1 0,01%
IRMÃ CEIÇÃO 1 0,01%
WELINGTON SILVESTRE 1 0,01%
CIÇÃO 1 0,01%
FRANCISCO CUNHA 1 0,01%
LENA 1 0,01%
GILMAR COSTA 1 0,01%
DIRETOR GILMAR 1 0,01%
RODRIGO SANTOS 1 0,01%
DR. JORGE GUIMARAES 1 0,01%
NIEDSON ROCHA 1 0,01%
CAROL 1 0,01%
LUCIMAR GOMES 1 0,01%
PAVÃO GOLEIRO 1 0,01%
MARICELMA PEREIRA 1 0,01%
PROFESSOR RENIER 1 0,01%
LAILSON MOTA 1 0,01%
MARIA CUNHA 1 0,01%
PAMMELA DOURADO 1 0,01%
LUCIANA LIMA 1 0,01%
CRISTINA AGUIAR 1 0,01%

Robinson Faria teve votação de vereador em Santa Cruz

O governador Robinson Faria tinha o apoio de diversas lideranças da oposição, no entanto, conquistou uma votação de 891 votos. Essa votação é praticamente o que um vereador em Santa Cruz conquista para entrar nas vagas das sobras de votos das coligações, ou uma primeira suplência.

Resultado do total descaso que o governador teve com o Trairi durante seus quatro anos de desgoverno.

O troco foi dado!

Debate idiota… mais ou menos votos!

Tomba caiu a votação…
Gustavo caiu a votação…
Ezequiel caiu a votação…

Mas os três foram eleitos na maior coligação de deputados estaduais dos últimos tempos e estão com mandato renovado.

Depois de eleito o peso de um deputado é mesmo de qualquer outro, o que vale é sentar na cadeira.

O resto é conversa de idiota!

Votação de Governador em Santa Cruz

A senadora Fátima Bezerra conquistou mais de 58% dos votos em Santa Cruz, sua votação caiu em relação aos anos anteriores, mas conquistou quase 10 mil votos. Por outro lado, Carlos Eduardo conquistou uma votação satisfatória, diante do trabalho que Fátima Bezerra desempenhou na região nos últimos anos.

Confira a votação:

Fátima Bezerra (PT) – 58,49% (9.996)
Carlos Eduardo (PDT) – 33,40% (5.707)

Robinson Faria (PSD) – 5,21% (891)
Brenno Queiroga (SD) – 1,80% (308)
Carlos Alberto (PSOL) – 0,61% (104)
Freitas Jr. (REDE) – 0,29% (49)
Heró Bezerra (PRTB) – 0,15% (26)
Dário Barbosa (PSTU) – 0,05% (8)

Eleitorado: 23.714
Comparecimento: 20.403 (86,04%)
Abstenção: 3.311 (13,96%)
Brancos: 796 (3,90%)
Nulos: 2.518 (12,34%)
Votos Válidos: 17.089 (83,76%)

Quem são os deputados federais do RN?

Coligação Trabalho e Superação I:
Benes Leocádio
João Maia
Rafael Motta
Fábio Faria

Do Lado Certo:
Natália Bonavides
Fernando Mineiro

100% RN:
Walter Alves

Renova RN 1:
General Girão

Confira os 24 deputados estaduais eleitos neste domingo (07)

Coligação Trabalho e Superação II elegeu 9 deputados:

Ezequiel Ferreira
Gustavo Carvalho
Tomba Farias
Galeno Torquato
George Soares
Raimundo Fernandes
Vivaldo Costa
Albert Dickson
José Dias

Coligação 100% RN II elegeu 3 deputados:

Nélter Queiroz
Hermano Morais
Getúlio Rêgo

Coligação do Lado Certo elegeu 3 deputados:

Isolda Dantas
Souza Neto
Francisco do PT

Coligação Avança RN 1 elegeu 2 deputados:

Eudiane Macedo
Ubaldo Fernandes

Coligação Renova RN II elegeu 2 deputados:

Kelps Lima
Allyson Bezerra

Coligação Renova RN III elegeu 2 deputados:

Cristiane Dantas
Coronel Azevedo

Coligação Trabalho e Superação III elegeu 2 deputados:

Doutor Bernardo
Kleber Rodrigues

Partido PSOL elegeu 1 deputado:

Sandro Pimentel

Tomba Faria foi o deputado mais votado em Tangará

TOMBA FARIAS – 1.509
GUSTAVO CARVALHO – 1.062
VIVALDO COSTA – 937
EZEQUIEL – 783
UBALDO FERNANDES – 767
CICERO MARTINS – 522

Eduardo Bolsonaro é o deputado mais votado da História do Brasil

Brasília - O Conselho de Ética da Câmara arquivou duas representações (12/17 e 13/17) contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) por quebra do decoro (Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil)

Do Jornal O Globo

Com 95% dos votos apurados em São Paulo, Eduardo Bolsonaro (PSL) tornou-se o deputado federal mais votado da História do país.

O filho de Jair Bolsonaro, candidato à Presidência pelo PSL, recebeu 1.751.748 votos, superando três campeões de votos em eleições passadas: Enéas Carneio, do PRONA, que teve 1.573.642 votos em 2002.

Logo em seguida vinha Celso Russomanno (PRB), com 1.524.361 votos em 2014, e Tiririca, com 1.353.820.

[PARCIAL] Tomba Farias lidera votação em Santa Cruz

  • TOMBA FARIAS – 55,83% – 6.620
  • GUSTAVO CARVALHO – 6,07% – 720
  • PETRONIO SPINELLI – 5,11% – 606
  • NELTER QUEIROZ – 3,29% – 390
  • IVAN FERREIRA – 2,84% – 337
  • UBALDO FERNANDES – 2,51% – 298
  • EZEQUIEL – 1,80% – 213
  • CICERO MARTINS – 1,51% – 179
  • ALBERT DICKSON OFTALMOLOGISTA – 1,00% – 118
  • SUBTENENTE ELIABE – 0,95% – 113
  • PROF ROBERIO – 0,72% – 85
  • CORONEL AZEVEDO – 0,66% – 78

 

Capitão Styvenson está eleito Senador do RN

Ainda faltam urnas para apurar, mas o capitão Styvenson já está eleito Senador do Rio Grande do Norte, com 26,51%.

A deputada Zenaide Maia tem 22,41%, e segue matematicamente para ser eleita, com 87,05% das urnas apuradas.

Fátima alcança 139 mil votos, Carlos Eduardo tem 115 mil

FATIMA BEZERRA 139.534 43,36%
CARLOS EDUARDO 115.427 35,87%
ROBINSON FARIA 35.820 11,13%
BRENNO QUEIROGA 20.143 6,26%
PROFESSOR CARLOS ALBERTO 7.501 2,33%
FREITAS JR 1.875 0,58%
HERÓ BEZERRA 817 0,25%
DÁRIO BARBOSA 719 0,22%

Nova Parcial para Governador do RN

Fatima Bezerra
42,49%

Carlos Eduardo
36,90%

Robinson Faria
10,57%

Brenno Queiroga
6,43%

Professor Carlos Alberto
2,46%

Freitas Jr
0,65%

Heró Bezerra
0,27%

Dário Barbosa
0,24%