Paróquia de Santa Rita de Cássia adota protocolo de segurança para reabertura da Igreja Matriz

De acordo com o decreto da Província Eclesiástica de Natal, emitido pelos três Bispos do Rio Grande do Norte, um calendário gradual será implementado para reabertura dos templos católicos no estado. A partir do próximo dia 15 de agosto, sábado, as igrejas matrizes estão aptas para receber público com capacidade reduzida conforme as regras de distanciamento social.

Em Santa Cruz, a Paróquia de Santa Rita de Cássia irá implementar um protocolo especial para e retomada de celebrações com público neste sábado, na tradicional Missa do Agricultor, às 10h.

Todos os espaços têm marcação de asseto permitindo apenas duas pessoas por banco na nave central e uma pessoa nas naves laterais. Os assentos estão em alinhamento separado mantendo uma distância segura entre os fiéis. Haverá marcação para filas da comunhão, com uma em cada nave lateral, e duas no corredor principal.

Ainda sobre a comunhão, a Paróquia confeccionou estruturas de proteção entre o sacerdote ou ministro, tendo assim mais segurança no único momento em que é permitido os fiéis retirarem a máscara durante a celebração.

Além destas medidas, tapetes, totens com álcool em gel e muitas outras medidas fazem parte do protocolo que começa a ser executado na Igreja Matriz, neste sábado, com a Missa do Agricultor, às 10h.

A Missa da Coroa de Santa Rita, por se tratar de uma romaria mensal, ainda não terá a permissão para participação dos fiéis, assim como o Santuário de Santa Rita de Cássia, que permanece fechado por tempo.