Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte recebeu mais de 260 mil visitantes em 2016

Foto: Youtube/Rodolfo Rodrigues

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte consolida-se como um espaço de conhecimento, de lazer e de qualidade de vida e vem superando, a cada ano, a expectativa de público. É um espaço que oferece, num só lugar, oportunidades de fazer pesquisa científica, de educação ambiental e de leitura; de contemplar a natureza, fazer recreação infantil e adulto e de praticar esportes.

Os números são apresentados nos relatórios de entrada e saída de visitantes, feitos nas duas portarias. De janeiro a dezembro de 2016, o Parque da Cidade recebeu mais de 260 mil visitantes, superando as previsões feitas no início do ano de receber algo em torno de 240 mil visitantes. Em comparativo ao ano de 2015 o aumento do número de visitantes foi superior aos 35 mil. “Até nas segundas-feiras, dia em que as equipes fazem o planejamento semanal e não agendamos visitas das escolas, recebemos um bom número de visitantes. A biblioteca do parque é a única do RN que abre todos os dias, inclusive aos sábados, domingos e feriados”, comemora Samya Maia, chefe da biblioteca.

Para conquistar e fidelizar os visitantes, a equipe do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte planeja e recebe novos projetos semanalmente. Neste mês de janeiro serão inauguradas a lanchonete e o bicicletário. A lanchonete está sob nova administração e com alimentos bem saudáveis para quem for cuidar da saúde ou apenas à passeio, em lazer.

Outro projeto em andamento é o bicicletário, que será inaugurado na segunda quinzena de janeiro e tem o objetivo de atrair os visitantes com aluguel de bicicletas para adultos e crianças. Com uma bike vai ser possível caminhar ao longo das trilhas pavimentadas e desfrutar da beleza natural que o Parque da Cidade proporciona. “O parque vem com um número crescente de visitantes e ganhando o reconhecimento da população por causa do trabalho desempenhado pela equipe, que é comprometida com o serviço público. A média diária de visitantes é superior a 700 pessoas e nós fazemos o possível para atender a demanda”, comenta o gestor, Carlos da Hora.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNivaldo Alves e seu gesto de humildade
Artigo seguinteA Era das denúncias
Wallace Maxsuel de Azevedo, 31 anos, graduado em Jornalismo pela Universidade Potiguar (UnP), atua na comunicação desde 2006. Além dos veículos de imprensa também foi diretor de órgãos públicos e Secretário Municipal. Integrante da Pastoral da Comunicação (PASCOM) de Santa Cruz, e membro dedicado da comunicação Católica no RN. Criou o Blog do Wallace em junho de 2009, possibilitando para a região do Trairi um espaço virtual de qualidade e credibilidade. Fotógrafo amador, flamenguista e casado.