Prefeitura consegue vender nove dos 18 terrenos disponibilizados em leilão

A segunda praça do leilão dos terrenos da Prefeitura Municipal conseguiu arrecadar mais de R$ 340 mil. Dos 18 terrenos colocados em leilão foram nove vendidos no processo.

No Miguel Pereira Maia, foram colocados a leilão dez lotes e arrematados sete. Já no Conjunto Cônego Monte, dos oito lotes disponibilizados, dois foram arrematados. A arrecadação final foi de R$ 343.110,00.

Após reavaliações, a Prefeitura fará um novo leilão para venda dos nove lotes restantes nos dois bairros.

ENTENDA MELHOR

A Prefeitura de Santa Cruz tem recursos federais e estaduais empenhados no processo de implantação do primeiro teleférico do Rio Grande do Norte, que irá interligar a Igreja Matriz (centro) ao Santuário de Santa Rita (no Monte Carmelo).

Toda obra federal ou estadual necessita de recursos de contrapartida do município, conforme determina a legislação. A União ou Governo do Estado envia a maior parte dos recursos, e o município, conforme porcentagem dentro do valor global, entra com os recursos de contrapartida.

A venda dos terrenos em leilão se justifica para cobrir o valor da contrapartida de recursos municipais, que a Prefeitura de Santa Cruz ainda não tinha finalizado neste processo.