Prefeitura de Santa Cruz vai intensificar ações de combate à dengue

A situação das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti em Santa Cruz tem preocupado as autoridades de saúde do município e do RN. O município já registrou quase 300 casos notificados de dengue, com mais de 30 confirmações.

Na última sexta-feira (03), um encontro entre os técnicos das secretarias municipal e estadual de Saúde foi realizado visando chamar atenção de todos para a união de esforços garantindo que o combate ao mosquito Aedes Aegypti seja ampliado na cidade.

Como encaminhamentos do encontro, o município de Santa Cruz vai elaborar um plano de ações para que, de forma intersetorial, possa agir para combater o mosquito nas residências das pessoas e nos terrenos baldios da cidade.

Além disso, o município já solicitou ao estado a presença do carro fumacê, mas o governo não tem atualmente o larvicida e quando a situação for resolvida, o carro será enviado para ajudar no combate ao mosquito na capital do Trairi.

Mesmo com todo esse trabalho sendo intensificado, a população ainda é peça fundamental no combate ao mosquito Aedes Aegypti. Mais de 10% das residências santa-cruzenses tem focos da dengue, e esse combate precisa ser iniciado em casa para que o problema seja minimizado.

São atitudes simples, especialmente de não deixar água parada, que servem para evitar a presença do mosquito e sua proliferação.