RN tem 61 municípios em zona de risco. Santa Cruz está na zona segura com 0,76

Foto: Adriano Neto/Drone

O Rio Grande do Norte tem 61 municípios em zona de perigo ou em risco, com taxa de transmissibilidade do coronavírus acima de 1,03. Os dados são da plataforma de monitoramento da pandemia desenvolvida pelo Laboratório de Inovação tecnológica em Saúde (LAIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

De acordo com os números, 8 municípios do estado estão em zona de perigo, com taxa de transmissibilidade do vírus acima de 2,0. Isso significa dizer que, estatisticamente falando, 100 pessoas doente contaminarão 200 saudáveis. O nível é o mais alto na escala apontada pelo Lais. A população do RN dentro dessa zona é de 39.053. O município com a maior taxa é Boa Saúde, na V região de Saúde de Santa Cruz, com 5,00.

De acordo com o Lais, a taxa de transmissibilidade é um indicador importante para analisar a pandemia do coronavírus. No entanto, o laboratório destaca que os dados não podem ser utilizados separadamente. ” É preciso considerar outros indicadores nas avaliações dos contextos epidemiológicos” , apontou.

Em Santa Cruz, a taxa é de 0,76, sendo o 117º no ranking da escala entre todos os municípios do RN. Na região Trairi, Jaçanã e Lajes Pintadas apresentam as maiores taxas de transmissibilidade, com 1,07 e 1,06. Veja a tabela:

Município Taxa R(t)  População 
Jaçanã 1.07                9.133
Lajes Pintadas 1.06                4.759
Coronel Ezequiel 0.95                5.506
Japi 0.95                5.055
Serra Caiada 0.91              10.395
São Bento do Trairí 0.80                4.449
Santa Cruz 0.76              39.674
Tangará 0.76              15.727
Sítio Novo 0.66                5.522
Campo Redondo 0.57              11.217

Confira os dados por município, de acordo com dados do LAIS/UFRN:

Mais informações no site: https://covid.lais.ufrn.br/#taxa-rt-1