Ataque a estação da Adutora Monsenhor Expedito provoca parada no abastecimento

As 30 cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito estão com o abastecimento suspenso nesta segunda-feira (6), depois que a Estação de Bombeamento 1 (EB-1), localizada na Lagoa do Bonfim, sofreu um atentado. Tiros foram disparados contra os dois transformadores da estação, provocando avaria nos equipamentos e paralisação no funcionamento do sistema de abastecimento.

A Caern já está tomando as providências necessárias na esfera policial, com a comunicação de um boletim de ocorrência, ao mesmo tempo em que técnicos da companhia fazem um levantamento da situação para colocar os equipamentos novamente em funcionamento. A previsão é que o serviço seja restabelecido até esta quarta-feira (8).

Depois da retomada do fornecimento, será necessário aguardar até 48 horas para que o abastecimento esteja completamente normalizado.

As cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito são Rui Barbosa, São Pedro, São Tomé, São Paulo do Potengi, Japi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi, Lajes Pintadas, São José de Campestre, Serrinha, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra Caiada, Lagoa de Velhos, Barcelona, Bom Jesus, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Tangará, Santa Cruz, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa D`anta, Monte Alegre, Ielmo Marinho, Santa Maria, Senador Eloi de Souza e Campo Redondo.

Deixe uma resposta


r87 500px