Caixa Econômica Federal

Calendário do abono salarial PIS/Pasep é aprovado; confira datas do pagamento

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou nesta sexta-feira, 7, o calendário de pagamentos do Abono Salarial (PIS/Pasep) referente ao ano-base 2020, que foi proposto pelo governo e divulgado na quinta-feira, 6. Os depósitos devem começar no próximo dia 8 de fevereiro.

Em votação, conselheiros concordaram com as datas propostas pelo governo federal e novo formato de pagamento do benefício. Em anos anteriores, os depósitos começavam no segundo semestre de um ano e terminavam no primeiro semestre do ano subsequente. Agora, os pagamentos vão acontecer sempre no primeiro semestre do exercício fiscal seguinte.

Para quem tem direito ao PIS, os depósitos começam a partir de 8 de fevereiro e vão até o dia 31 de março. Já quem recebe o Pasep terá o dinheiro em conta a partir de 15 de fevereiro até 24 de março. Como de costume, a ordem de pagamento segue o mês de nascimento e o numero final de inscrição do beneficiário, a depender do programa. A data limite para saque vai até o dia 29 de dezembro para ambos abono.

Cerca de 23 milhões de brasileiros devem receber o Abono Salarial este ano. Para isso, é necessário ter trabalhado, no mínimo, 30 dias com carteira assinada nos 12 meses de 2020 (no ano-base o abono paga até 5 anos para trás, havendo envio ou ajuste na Relação Anual de Informações Sociais – RAIS). Com o reajuste do salário mínimo, que aumentou para R$ 1.212 no dia 1º de janeiro, o valor do abono poderá variar de R$ 101 a R$ 1.212. A quantia vai depender da quantidade de meses trabalhados e só receberá o valor total quem trabalhou todos os meses.


Os pagamentos deverão ser feitos nas seguintes datas:

Calendário do PIS

Nascido em / Data de liberação do saque

Janeiro – 8 de fevereiro
Fevereiro – 10 de fevereiro
Março – 15 de fevereiro
Abril – 17 de fevereiro
Maio – 22 de fevereiro
Junho – 24 de fevereiro
Julho – 15 de março
Agosto – 17 de março
Setembro – 22 de março
Outubro – 24 de março
Novembro – 29 de março
Dezembro – 31 de março

Calendário do Pasep

Final da Inscrição / Data de liberação do saque

0 e 1 – 15 de fevereiro
2 e 3 – 17 de fevereiro
4 – 22 de fevereiro
5 – 24 de fevereiro
6 – 15 de março
7 – 17 de março
8 – 22 de março
9 – 24 de março


alrn-hoz

Clientes da Caixa poderão acessar serviços digitais do Governo Federal

Os clientes da CAIXA já podem acessar os serviços digitais dos Governos Federal, Estaduais e Municipais utilizando seus dados bancários. O acesso se dá pelo portal gov.br, que reúne informações de mais de 4 mil serviços do Governo Federal, sendo 2,7 mil deles (66%) totalmente digitais. Mais de 47 milhões de correntistas do banco que utilizam o Internet Banking ou o Gerenciador Financeiro terão acesso a serviços como Meu INSS, Receita Federal, Seguro Desemprego, Carteira de Trabalho, Abono Salarial, passaporte e outros, de forma simplificada.

A plataforma é gerida pela Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, que aplica controles de segurança e respeita a privacidade e a proteção dos dados do cidadão no site. Quando o cliente da CAIXA acessa um serviço público com suas credenciais bancárias, o Governo Federal tem acesso apenas aos dados básicos, como o nome completo e o CPF, já que este último é a chave para acesso aos serviços no portal.

No portal gov.br o cidadão pode escolher a forma para se identificar: utilizar as credenciais do banco, utilizar certificado digital (caso possua), validação facial ou até mesmo usuário e senha cadastrados no próprio portal. Não é obrigatório utilizar a senha da CAIXA – o cliente poderá escolher a opção que lhe parecer mais conveniente.

Para os correntistas que optarem por utilizar o usuário e a senha da CAIXA, não haverá necessidade de efetuar um novo cadastro no portal do governo. O acesso se dá ao clicar no botão ‘Entrar’. Em seguida, basta escolher a opção ‘Bancos Credenciados’. Então, o usuário seleciona o ícone da CAIXA e, na sequência, será aberta a tela para digitar o usuário e a senha do banco.

Atualmente, 93 milhões de pessoas têm cadastro no gov.br, que também permite o acesso a serviços digitais do Distrito Federal, de 11 estados e de 74 municípios. Os estados já integrados são: Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins. As 27 Juntas Comerciais do país também estão interligadas ao gov.br.

Além de resolver pendências com a União, o usuário pode ter o acesso, por exemplo, ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), arrecadado pelos estados, ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e taxas de limpeza e de iluminação pública, administrados pelos municípios que já tenham aderido ao gov.br.

A CAIXA faz parte do Acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e o Ministério da Economia, por intermédio da Secretaria de Governo Digital. No acordo, constam ações para a melhoria da experiência do usuário no acesso a serviços públicos digitais, como a integração entre os autenticadores dos bancos e o gov.br.

Confira no canal da CAIXA no YouTube o tutorial de como se cadastrar: https://youtu.be/kR5sGuJ7cvo.


contex

Trabalhadores receberão abono salarial em conta poupança social digital a partir da próxima terça (08)

A CAIXA inicia na próxima terça-feira (08/12) o pagamento do Abono Salarial 2020/2021 pela Conta Poupança Social Digital para os trabalhadores que não possuem nenhum outro tipo de conta corrente ou poupança na CAIXA.

As contas digitais serão abertas de forma automática e gratuita pela CAIXA para o recebimento do benefício, sem a necessidade de apresentação de documentos e comparecimento à agência, permitindo a movimentação por meio do aplicativo CAIXA Tem.

Para quem já tem conta na CAIXA, nada muda. Os créditos serão realizados nas contas existentes e os valores poderão ser movimentados com a utilização do cartão da conta ou ainda pelo Internet Banking CAIXA e pelo APP da CAIXA.

Nos casos em que o valor do Abono Salarial não possa ser creditado em conta existente ou em Conta Poupança Social Digital, o trabalhador poderá realizar o saque com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos Correspondentes CAIXA Aqui, bem como nas agências.


alrn-hoz

Mega-Sena acumulada pode pagar 40 milhões

Acumulada, a Mega-Sena pode pagar neste sábado (14/11) prêmio estimado em R$ 40 milhões. O sorteio do concurso 2.318 será realizado às 20h no Espaço Loterias CAIXA, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h do dia do sorteio nas lotéricas de todo o país, pelo portal Loterias CAIXA (www.loteriasonline.caixa.gov.br) e pelo app Loterias CAIXA, disponível para usuários da plataforma iOS. Para jogar na Mega-Sena, os clientes da CAIXA também podem fazer as apostas pelo Internet Banking CAIXA.

Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega e aplique todo o valor na Poupança da CAIXA, receberá R$ 46,3 mil no primeiro mês de aplicação. Se o ganhador optar por investir no transporte de cargas, poderá adquirir 130 caminhões zero quilômetro a um custo de R$ 307,6 mil, cada. O valor de uma aposta simples na Mega-Sena é de R$ 4,50.


r87

Mega segue acumulada em 29 milhões

A Mega-Sena acumulou e pode pagar um prêmio estimado em R$ 29 milhões nesta quarta-feira (22), para quem acertar as seis dezenas do concurso 2.282. O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias CAIXA, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h nas lotéricas de todo o país, pelo portal Loterias CAIXA (www.loteriasonline.caixa.gov.br) e pelo app Loterias CAIXA, disponível para usuários da plataforma iOS.

Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega-Sena e aplique todo o valor na Poupança da CAIXA, receberá mais de R$ 50 mil apenas em rendimentos mensais. O valor de uma aposta simples da Mega, com seis números, é de R$ 4,50.


senhoritta

Caixa anuncia novo horário de atendimento das agências

A partir desta terça-feira (24), as agências da CAIXA passarão a funcionar em horário diferenciado, das 10h às 14h, e restrito apenas aos casos que não podem ser tratados pelo atendimento telefônico ou pelos aplicativos do banco para celular e demais serviços digitais. A medida reforça as ações para melhorar a segurança de todos os clientes, colaboradores e parceiros da CAIXA no contexto da pandemia de COVID-19.

O banco manterá a abertura antecipada em 1 hora de 1.619 agências, exclusivamente para os atendimentos de clientes de grupo de risco. A lista dessas unidades pode ser consultada no seguinte endereço: www.caixa.gov.br/caixacomvoce/Paginas/default.aspx.

Atendimento via WhatsApp e Agência Digital

A CAIXA orienta seus clientes a acessarem os serviços do banco por meio dos canais digitais e de telesserviço. Além de acesso à movimentação bancária através da internet e celular, a CAIXA reforçou o atendimento em canais remotos, como a Agência Digital, Telesserviço e WhatsApp.

A partir desta segunda-feira (23), os clientes da CAIXA podem ser atendidos para serviços selecionados pelo WhatsApp CAIXA, através do número 0800-726-8068. Utilizando o CPF, o cliente poderá contatar a CAIXA para atendimento dos serviços do pacote de medidas disponibilizadas pelo banco, como o pedido de renegociação de dívidas, renovação de contratos de Penhor e solicitação de pausa de até 60 dias nas parcelas de empréstimos comerciais e habitacionais.

A partir de quinta-feira (26), estará disponível também via WhatsApp o atendimento da Agência Digital para todos os clientes correntistas e poupadores da CAIXA. Através da digitação da agência e número da conta o cliente será direcionado para atendimento na sua agência de forma remota.

Informações da assessoria


r87

CAixa reduz taxa de juros e possibilita pausa no pagamento das dívidas

A CAIXA anuncia, nesta quinta-feira (19), novas medidas de apoio à economia do país, com o objetivo de reduzir os impactos frente ao cenário de queda no índice de produtividade e diminuição da atividade econômica causados pelas ações de contenção e temor à propagação do vírus COVID-19. Concomitante à queda da Selic (taxa básica de juros), o banco reduz novamente as taxas de juros de linhas de crédito e oferece pausa por até 60 dias para contratos de pessoa física e jurídica, inclusive contratos habitacionais.

Ações para Pessoas Físicas:

  • Possibilidade de pausa de até 60 dias nas operações parceladas de crédito pessoal
  • Ampliação das linhas de crédito consignado, incluindo as linhas para aposentados e pensionistas do INSS com as melhores taxas do mercado
  • Redução de taxa de juros nas linhas de crédito pessoal (crédito consignado a partir de 0,99% a.m., penhor a partir de 1,99% a.m. e CDC a partir de 2,17% a.m.
  • Disponibilização gratuita do cartão virtual de débito Caixa aos mais de 100 milhões de correntistas e poupadores, que possibilita compras online nos sites de e-commerce de forma prática e segura. O cliente pode habilitar o uso do cartão diretamente no Internet Banking CAIXA
  • Renovação do contrato de penhor diretamente no site da CAIXA e canal Telesserviço, evitando a necessidade de o cliente comparecer à uma agência bancária

Ações para Empresas:

  • A Caixa dará apoio às micro e pequenas empresas, com redução de juros de até 45% nas linhas de capital de giro, com taxas a partir de 0,57% a.m.
  • Disponibilização de carência de até 60 dias nas operações parceladas de capital de giro e renegociação
  • Disponibilização de linhas de crédito especiais, com até seis meses de carência, para empresas que atuam nos setores de comércio e prestação de serviços, mais afetadas pelo momento atual
  • Linhas de aquisição de máquinas e equipamentos, com taxas reduzidas e até 60 meses para pagamento

Habitação:

  • Para contratos habitacionais de pessoa física, os clientes poderão solicitar a pausa estendida de até duas prestações pelo APP Habitação CAIXA, sem a necessidade de comparecimento às agências
  • Empresas poderão solicitar pausa estendida de até duas prestações em seus contratos habitacionais

Caixa Hospitais:

  • Liberação de R$ 3 bilhões em orçamento em linhas destinadas a Santas Casas e Hospitais Filantrópicos que prestam serviço ao SUS, para reestruturação de dívidas e novos recursos
  • Taxa de juros de 0,80% a.m. para prazos de até 60 meses (redução de 14%)
  • Taxa de juros de 0,87% a.m. para prazos de até 120 meses (redução de 23%)
  • Prazo de pagamento de até 120 meses e carência de até seis meses

Para minimizar os riscos de contaminação e exposição dos nossos clientes ao vírus COVID-19, a CAIXA recomenda a utilização dos canais digitais como Internet Banking, App CAIXA e terminais de autoatendimento.


contex

Saque imediato do FGTS para nascidos em fevereiro e março começa nesta sexta-feira (25)

A Caixa inicia, nesta sexta-feira (25), o pagamento do Saque Imediato do FGTS para os trabalhadores nascidos em fevereiro e março. Serão disponibilizados R$ 3,4 bilhões para aproximadamente 8 milhões de pessoas, que poderão sacar até R$ 500 por conta, ativa ou inativa, do FGTS.

Como balanço da ação, a Caixa registrou, até 24 de outubro, o pagamento de mais de R$ 16 bilhões aos trabalhadores, por meio de crédito em conta, pagamentos nas lotéricas, autoatendimento, correspondentes e agências da Caixa, atendendo a mais de 39 milhões de trabalhadores.

No total, cerca de 40% dos mais de 96 milhões de trabalhadores com direito ao Saque Imediato já sacaram o recurso do Fundo de Garantia.

ATENDIMENTO ESPECIAL

Para facilitar o atendimento, as agências da Caixa abrirão em horário estendido na sexta (25) e na segunda (28). As unidades também abrirão no sábado (26), das 09 às 15h (horário local), para realizar o pagamento, solucionar dúvidas, promover acertos de cadastro dos trabalhadores e emitir Senha Cidadão. A lista das agências com horário especial de atendimento está no site fgts.caixa.gov.br.

CANAIS

Os saques de até R$ 500 estarão disponíveis nas casas lotéricas e nos terminais de autoatendimento, para quem possui senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha também pode sacar nos correspondentes CAIXA AQUI. Já os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em unidades lotéricas, mediante apresentação de documento de identificação original com foto. O trabalhador pode apresentar sua Carteira de Trabalho no momento do saque de forma a agilizar o atendimento.

O Saque Imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso seja demitido sem justa causa ou demais hipóteses previstas em lei. O saque de até R$ 500 por conta do FGTS não significa adesão ao Saque- Aniversário ou a perda do direito à multa rescisória, independente do canal de recebimento.

NOVO CRONOGRAMA

Conforme anunciado esta semana, a Caixa antecipou o calendário do Saque Imediato do FGTS. De acordo com o novo cronograma, todos os trabalhadores poderão sacar os recursos do FGTS ainda em 2019.

A data limite para recebimento dos valores continua sendo 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até esta data, os valores retornam para a conta de FGTS do trabalhador, sem qualquer ônus.

Quem tiver dúvidas sobre valores e direito ao saque pode fazer a consulta pelo aplicativo FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site fgts.caixa.gov.br e pelo telefone de atendimento exclusivo, disponível 24 horas: 0800 724 2019.


alrn-hoz

Abono salarial PIS começa a ser pago para nascidos em março e abril

Nesta quinta-feira (21) começa o pagamento do Abono Salarial do PIS, calendário 2018/2019, para os trabalhadores nascidos em março e abril. Os valores variam de R$ 84 a R$ 998, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano base 2017. Titulares de conta individual na CAIXA, com cadastro atualizado e movimentação na conta, recebem o crédito automático antecipado na terça-feira (19). O abono Salarial fica disponível para todos os beneficiários até 28 de junho de 2019.

Para os nascidos em março e abril, estão disponíveis R$ 2.7 bilhões para 3.782.362 trabalhadores. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo CAIXA Trabalhador, no site da CAIXA (www.caixa.gov.br/PIS) ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207. A CAIXA disponibiliza R$ 16,3 bilhões para 22,3 milhões de beneficiários em todo o calendário.

No estado do Rio Grande do Norte, 59.481 pessoas têm direito ao abono salarial do PIS, somando o valor de R$ 44.976.951,00.

Quem tem direito a sacar?

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2017.

Quem possui o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento CAIXA Aqui ou aos terminais de autoatendimento da CAIXA. Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta CAIXA, o valor pode ser retirado em qualquer agência da CAIXA, apresentando o documento de identificação.


alrn-hoz

Abono Salarial do PIS, calendário 2018/2019, começa a ser pago para os nascidos em dezembro

A CAIXA inicia, nesta quinta-feira (13), o pagamento do Abono Salarial do PIS (Programa de Integração Social) calendário 2018/2019, ano-base 2017, para os trabalhadores nascidos no mês de dezembro. Os valores, que variam de R$ 80 a R$ 954, são relacionados ao tempo de trabalho durante o ano base. Trabalhadores com conta na CAIXA, titulares de conta individual com cadastro atualizado e movimentação na conta, recebem o crédito automático nesta terça-feira (11).

Os pagamentos do Abono Salarial do PIS são realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho, com os nascidos naquele mês. Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis para retirada até 28 de junho de 2019. Para os nascidos em dezembro, estão disponíveis mais de R$ 1.3 bilhão para 1.8 milhão de trabalhadores. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo CAIXA Trabalhador, no site da CAIXA (www.caixa.gov.br/PIS) ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

Em todo o calendário 2018/2019, foi disponibilizado R$ 16,3 bilhões para 22,3 milhões de beneficiários. Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2017.

Quem possui o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento CAIXA Aqui ou aos terminais de autoatendimento da CAIXA. Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta CAIXA, o valor pode ser retirado em qualquer agência da CAIXA, apresentando o documento de identificação.

Dados Regionais

No estado do Rio Grande do Norte, 25.575 beneficiários do abono salarial do PIS, nascidos em dezembro, tem direito a receber o montante de R$ 19.429.727,00.

Calendário 2017/2018

Os trabalhadores que não sacaram o Abono Salarial PIS/Pasep calendário 2017/2018, ano-base 2016, que terminou em 29 de junho, têm nova oportunidade para sacar o benefício. Para esses trabalhadores, o valor está disponível para saque até 28 de dezembro de 2018.


alrn-hoz

Eduardo Cunha depõe à Justiça no DF sobre suposto esquema de corrupção na Caixa

Por Fernanda Calgaro, G1/Brasília

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) iniciou depoimento na manhã desta segunda-feira (6) na Justiça Federal em Brasília sobre o suposto esquema de propinas envolvendo financiamentos do Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS), administrado pela Caixa Econômica Federal.

O esquema é investigado pela Operação Sépsis, um desdobramento da Lava Jato. Além de Cunha, também são réus nesse processo Lúcio Funaro, operador do PMDB, Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa, e Henrique Eduardo Alves, ex-presidente da Câmara.

Cunha tem dito que é inocente e que irá “desmentir tudo” e “mostrar as mentiras que estão sendo faladas”.

A fase de interrogatórios dos réus pelo juiz Vallisney Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, começou há quase duas semanas.

Em seu depoimento, Cleto, que fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público, relatou que recebeu propina em dinheiro vivo das mãos de Cunha.

Funaro, que também é delator, confirmou o esquema de corrupção e listou as pessoas que teriam conhecimento do esquema na Caixa, entre elas o presidente Michel Temer.

Condenação

Cunha está preso desde outubro de 2016 no Complexo Médico-Penal de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Por conta da fase de interrogatórios na Operação Sépsis, ele foi transferido temporariamente a Brasília para acompanhar os depoimentos dos demais réus.

O ex-deputado já foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, a 15 anos e 4 meses de reclusão em outra ação.

Nesse processo, Cunha foi acusado de receber propina em contrato da Petrobras para a exploração de petróleo no Benin, na África.


alrn-hoz

Caixa e Interfort realizam seminário para discutir sobre o crime organizado no RN

A Caixa Econômica Federal (CEF) e a Interfort Segurança irá realizar neste sábado, dia 28, o “Seminário de Segurança Bancária”, evento que reunirá, no auditório da Caixa Econômica Federal (CEF), no Praia Shopping, especialistas no assunto, que vão capacitar e treinar agentes privados de segurança bancária, atualizando-os sobre os novos “Modus operandi” utilizados pelo crime organizado para assaltos em instituições financeiras.

O seminário é realizado em regime de parceria entre a Caixa Econômica e a Interfort Segurança, empresa responsável no Rio Grande do Norte pela segurança de agências da própria CEF, Banco do Brasil e Banco do Nordeste.

Já está confirmada a presença do especialista em segurança corporativa e gerente Regional Operacional da Interfort, Reinaldo Santos, que irá detalhar sobre as inovações da segurança preventiva de assalto a bancos. O executivo José Mario das Neves, coordenador de Segurança da Caixa Econômica Federal/PE, também participará do evento, onde destacará a necessidade de reforçar cada vez mais os chamados “ativos de segurança” para situações de riscos.


r87