Japi

Prefeitos do Seridó e Trairi se reúnem em Currais Novos

A reunião mensal dos prefeitos que compõem a Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Oriental aconteceu, nesta quinta-feira (18), na sede da entidade em Currais Novos, e contou com a participação do Trairi.

O presidente da AMSO, Fernando Bezerra, que é prefeito de Acari, abriu a assembleia desejando boas vindas e colocando os assuntos em debate. Estiveram presentes os prefeitos: Odon Júnior de Currais Novos, Samuel Oliveira de Ouro Branco, Professor Cletson de Equador, Gilson Dantas de Carnaúba dos Dantas, Hudson Brito de Santana do Seridó, Amazan de Jardim do Seridó, Dr. Tiago de Parelhas, Luciano Santos de Lagoa Nova, Novinho de Cerro Corá, Dr. Renam de Campo Redondo, Inácio Macedo de Tenente Laurentino, Joaquim de Medeirinho de Cruzeta, Galo de Florânia, Jane Maria de São Vicente,

A prefeita de Japi, Simone Silva, além do prefeito de Santa Cruz, Ivanildinho Ferreira, acompanharam o encontro para conhecer mais sobre a AMSO. De acordo com Fernando Bezerra existe a possibilidade da associação receber novos prefeitos e fortalecer as lutas municipalistas. “A cada mês reunimos os municípios filiados, hoje em especial estamos recebendo alguns prefeitos do Trairi, na perspectiva que eles passem a ser filiados a AMSO, inclusive se isso for efetivado deveremos ter a mudança de sigla, que assim passará de municípios da microrregião do Seridó Oriental para do Seridó-Trairi”, contou.

Ivanildinho destacou no encontro o interesse de Santa Cruz em fortalecer a pauta municipalista e a importância da integração das duas regiões para trazer benefícios para a população de cada município. Novos encontros entre os prefeitos das duas regiões devem continuar ocorrendo para que a parceria seja fortalecida, visando atender as demandas municipais.


r87

Criado o brasão do município de Japi

O município de Japi/RN terá pela primeira vez em sua história um símbolo desenvolvido seguindo as regras heráldicas, que é a ciência, ou a arte, de descrever os Brasões de Armas e Escudos.

O Brasão do Município conta minuciosamente em cada detalhe, desde os pioneiros que desbravaram essas terras, as crenças, até à crescente e próspera economia do agronegócio.

Nele encontramos trechos do Hino Municipal, as belíssimas serras dos três irmãos, o rio Jacú, o pássaro Japi, as pinturas rupestres deixadas pelos nossos ancestrais e muitos outros elementos que caracterizam nossa história.

Um trabalho de criação primoroso realizado pela empresa Bizzu – Ideias Criativas, com a pesquisa em livro e ajuda de informações dos especialistas na história local: Professores João Edilson, Roberto César, Maciel Souza, e dos calaboradores Enos Miguel, Pedro Victor. Fonte: (Relatos testemunhal com moradores e historiadores do município. IBGE; Terras Potiguares / Marcus César Cavalcanti de Moraes. – Natal (RN): Editora Foco, 2007. – 3° Ed. 342 p).

O Brasão municipal teve a importante iniciativa da prefeita SIMONE FERNANDES DA SILVA, que idealizou um símbolo que pudesse ser utilizado pelas próximas gerações e tivesse sido desenvolvido com profissionalismo, zelo e o mais importante, com a ajuda de militantes culturais Japienses, que tanto amam a cidade.

O trabalho desenvolvido pela Procuradoria Geral do município conduzidos pela Dra. Ana Paula Dantas Jofily foram fundamentais para que fosse possível a criação do projeto de lei (N° 391/2021), o envio para a câmara municipal e aprovação por unanimidade.

O Brasão municipal passa pelas mais finas malhas de referências históricas.

O PÁSSARO: A representação do pássaro Japi que dá origem ao nome da cidade.

O RIO: Jacu uma das belezas naturais que marca nossa história e faz travessia em nossa cidade.

A SERRA: Beleza imponente que através do seu formato homenage e simboliza os TRÊS IRMÃOS, um de nossos cartões postais mais marcantes.

O MILHO, FEIJÃO E ALGODÃO: Fontes históricas de nossa economia e desenvolvimento inicial.

AS PINTURAS RUPESTRES: Retrata a história dos nossos ancestrais escritos a milhares de anos, destacando-se em meio a vegetação seca a sua beleza e riqueza histórica.

A CAPELA: No século XIX, nascia a povoação que daria origem a cidade, consolidada com a criação da primeira capela, dedicada ao Santo São Sebastião, que posteriormente tornou-se patrono da cidade.

O LISTEL: Data em que foi elevado a município com a denominação JAPI, pela lei estadual N° 2.399 de 18 de maio de 1959.

O objetivo do brasão desde sua criação foi trazer elementos que representam a nossa história e fortalecessem as raizes da nossa terra, dando ao serviço público tom de impessoalidade e acolhimento para com todos os munícipes.


senhoritta

Prefeita de Japi decreta estado de calamidade administrativa e financeira

A prefeita de Japi, Simone Silva (PL), decretou estado de calamidade administrativa e financeira no município. O decreto nº 078 foi publicado nesta terça-feira (12) com o detalhamento de justificativas para este ato, além de novas medidas.

Simone Silva alega que a atual gestão herdou muitas pendências da administração de Jodoval Pontes (MDB), como “FGTS, previdenciárias e outras dívidas fiscais deixadas pela gestão anterior, o que causou forte impacto negativo nas receitas da fazenda municipal”, conforme consta no decreto.

Ainda de acordo com a Prefeitura de Japi, a gestão anterior não fez o repasse dos empréstimos consignados para as instituições financeiras, mesmo retendo os valores dos salários dos servidores.

ACIMA DO LIMITE

O que chama atenção também foi uma justificativa sobre o orçamento para o exercício 2021, que segundo a Prefeitura de Japi, “apresenta expectativa de despesas com pessoal que viola o limite prudencial, comprometendo a manutenção dos serviços públicos. Ou seja, o gasto com os salários supera o recomendável.

O decreto também explica que existem atraso no pagamento de parcelas salariais dos servidores públicos municipais relativas ao ano de 2020, o que deve impactar ainda mais as contas da Prefeitura de Japi, neste ano de 2021.

Confira o decreto na íntegra:


alrn-hoz

Simone Silva já tem parte da equipe da gestão

As nomeações em Japi devem começar em breve, e o primeiro escalão da gestão Simone Silva já deve ser anunciado esta semana.

O blog teve acesso a alguns nomes cogitados para parte do primeiro escalão, confira:

Saúde – George Pinheiro

Assistência Social – Andrea Mesquita

Finanças – Júnior Câmara

Controladoria-Geral – Ana Paula Dantas

Contabilidade – Rejane Dantas

Esporte – Júnior de Vital

Assessoria – Guilherme Medeiros


alrn-hoz

Guilherme Medeiros assume assessoria da Prefeita de Japi

Um dos coordenadores da campanha de Simone Silva (PL), em Japi, será assessor da nova gestão.

Guilherme Medeiros assume a função de chefe da junta militar e assessor da prefeita, como um dos nomes de confiança da nova gestora.

Ele já foi um dos nomes do PSL na corrida eleitoral em Santa Cruz, como também teve o nome cogitado para o legislativo de Japi.

A gestão de Simone Silva ainda não divulgou a lista completa de auxiliares.

Simone venceu Jodoval no dia 15 de novembro de 2020, com uma maioria de 793 votos.


alrn-hoz

Dida Felix é eleito Presidente da Câmara Municipal de Japi para 1º biênio

O vereador Dida Felix (PL) foi eleito Presidente da Câmara Municipal de Japi, nesta sexta-feira (1⁰). Junto com ele na mesa diretora, foram eleitos:

Vice-presidente: Valéria Thaiane (PL)

1º Secretário: Zome de Cristino (PL)

2º Secretário: Flávio Claudino (PL)

Após a definição do legislativo, com a liderança do grupo governista, a prefeita Simone Silva foi empossada.


m4net

Simone Silva coloca os Medeiros no comando de Japi novamente

Depois de uma pausa da Família Medeiros na Prefeitura de Japi, foi Simone Silva que trouxe o grupo político de volta ao poder. Esposa do ex-prefeito Tarcísio Medeiros, ela disputou as eleições em 2016, mas foi derrotada pelo atual prefeito Jodoval Pontes.

Como o mundo gira, Simone derrotou seu algoz de 2016 e com uma maioria que referenda a preferência do eleitorado por ela, o que reforça também o desgaste da gestão de Jodoval.

A maioria da prefeita eleita sobre Jodoval foi de 793 votos, e somando os votos de Sânzia na disputa, a maioria geral foi de 383.

Confira os números da eleição para prefeito:


alrn-hoz

Qual foi a serpente que teve a cabeça esmagada em Japi?

Passadas as eleições em Japi, não falta quem “tire onda” com aqueles que perderam.

Se referindo ao discurso de Jodoval Pontes, nos últimos comícios, algumas pessoas perguntam: Qual foi a serpente que teve a cabeça esmagada em Japi?

Fica o mistério!


m4net

Juíza eleitoral decide que Tarcísio Medeiros pode figurar na propaganda eleitoral de Simone Silva

Um dos últimos capítulos da campanha eleitoral de Japi é a decisão sobre uma representação que o partido do prefeito Jodoval Pontes, MDB, fez contra a candidata Simone Silva, do PL, a respeito da participação do ex-prefeito Tarcísio Medeiros na propaganda eleitoral da opositora.

A juíza eleitoral da 16ª Zona, Natália Modesto Torres de Paiva, decidiu que Simone Silva pode utilizar a imagem do ex-prefeito. O que fundamentou a representação da coligação de Jodoval foi a decisão do “caso emblemático do Presidente Lula, que foi considerado inelegível, nas eleições de 2018 e nos autos da Representação Nº 0601050-76.2018.6.00.0000, o TSE determinou a não veiculação da sua imagem na propaganda eleitoral”.

Na publicação que o Blog teve acesso, é citada uma decisão da corte do TRE/RN. “Estar com os direitos políticos suspensos não implica ser excluído do livro da vida, numa injustificável morte civil que interditaria a participação do cidadão em eventos democráticos por excelência, como é o caso das reuniões que se verificam mais intensas durante o período que precede o pleito eleitoral. Aí é que se realiza o pluralismo político, postulado em que se funda, dentre outros de igual grandeza, a República Federativa do Brasil, constituída em Estado Democrático de Direito, a partir de outubro de 1988 (CF, art. 1º, inciso V)”.

A decisão sobre o ex-presidente Lula, em 2018, foi ocasionada pelo fato dele ter sido o candidato ao pleito e depois substituído, o que ocasionaria uma situação de dúvida para o eleitor, o que é atestado na decisão. “É fato, portanto, que a condição do candidato Luiz Inácio Lula da Silva não possui qualquer semelhança com o caso ora sob análise, visto que a pessoa de Tarcísio Araújo de Medeiros não concorre a nenhum cargo público nestas eleições municipais, nem mesmo resta demonstrada na documentação acostada aos autos qualquer violação ao dever de protagonismo, não havendo, entretanto, respaldo aos pedidos formulados na exordial. Diante do exposto, confirmo o indeferimento do pleito liminar formulado e JULGO IMPROCEDENTE o pedido.”, decidiu a juíza eleitoral.

A representação foi feita pelo MDB de Japi contra o PL e a candidata Simone Silva, com número de 0600229-95.2020.6.20.0016.


m4net

Adutora Monsenhor Expedito registrou parada do sistema nesta quarta-feira (11)

A região do Trairi foi afetada com o abastecimento de água suspenso por causa de um desligamento programado para manutenção da rede elétrica feita pela Cosern na tarde da quarta-feira (11), concluída às 15h30. As cidades afetadas foram Tangará, Santa Cruz, Japi, Lages Pintadas, São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo.

De acordo com a assessoria da CAERN, há três dias vinham sendo registrados desligamentos momentâneos em diferentes Estações de Bombeamento, ao longo da Adutora Monsenhor Expedito, gerando interrupções no abastecimento destas cidades.


contex

De prefeito a profeta, Jodoval critica adversária dizendo em “pisar na cabeça da serpente”

O clima político em Japi esquentou na reta final, com os boatos de união entre alguns dos candidatos a prefeito e também com supostas atividades de ocultismo e magia negra. Sim! O WhatsApp não me deixa mentir.

Mas o que chamou atenção foi o discurso do candidato a reeleição, Jodoval Pontes (MDB), quando invocou a proteção divida para o município de Japi, ajoelhado no palanque eleitoral, e falou em “pisar na cabeça da serpente”. A referência na cidade foi compreendida como uma crítica à candidata Simone Silva (PL), principal adversária política de Jodoval.

O Blog um trecho que viralizou nas redes sociais:

 


alrn-hoz

Sânzia não abre mão da campanha para Jodoval

Os assessores da candidata Sânzia Medeiros (PSDB) já confirmaram que não votariam em Jodoval, numa suposta união dos grupos políticos.

Como é o cenário político?

Jodoval sendo a cabeça da chapa: Parte dos eleitores de Sânzia migrariam para Simone, o que não seria vantajoso. Os assessores afirmam que o atual prefeito apresenta uma grande rejeição.

Sânzia liderando a chapa: Pode conquistar boa parte dos apoiadores, e ainda ganha o apoio dos cargos comissionados, que teriam interesse em continuar num governo Sânzia-Jodoval.

Resumindo… Jodoval leva o seu eleitorado para Sânzia, mas os eleitores de Sânzia não seriam tão simpáticos para votar em Jodoval.

Qual o impasse?

Jodoval é prefeito, tem a máquina pública na mão, e seria vergonhoso desistir da sua candidatura para o grupo do seu vice-prefeito, dissidente que originou e apoiou a candidatura de Sânzia, e era considerada nas análises políticas como a possível terceira colocada.

Em Japi, o cenário político esquenta a cada dia, mas o prazo de validade para a união Sânzia-Jodoval tá chegando.


m4net

Assessores não descartam união entre Jodoval e Sânzia

Os candidatos a prefeito de Japi, Jodoval Pontes, do MDB, e Sânzia Medeiros, do PSDB, tem iniciado um diálogo sobre uma possível união.

Fontes ligadas aos dois candidatos confirmaram ao blog que os assessores dos candidatos já estiveram reunidos, inclusive uma conversa aconteceu em Santa Cruz, na Panificadora Seridó. Outra reunião que chegou ao nosso conhecimento aconteceu em Natal.

O combinado teria sido através de análise de uma pesquisa interna, contratada pelos dois candidatos. Intenção de voto e rejeição seria o principal fator para definir essa união.

Vamos aguardar os próximos capítulos dessa novela.


m4net

Justiça define datas de movimentações dos candidatos a prefeito em Japi

Depois de muitas turbulências na “esquentada” campanha eleitoral de 2020, em Japi, a juíza da 16ª Zona Eleitoral, dos municípios de Santa Cruz e Japi, definiu junto aos representantes partidários um cronograma de movimentações dos candidatos à Prefeitura Municipal.

No acordo firmado, as visitas pontuais, o famoso corpo a corpo, acontece todos os dias, mas sem carro de som. Eventos como passeata, carreata e grandes mobilizações só em datas combinadas na reunião.

Vamos conferir a agenda?


alrn-hoz

Candidatos a prefeito de Japi são convocados para reunião com a Juíza Eleitoral

Os representantes dos partidos políticos que lançaram candidatos para prefeito e vice-prefeito, em Japi, foram convocados para uma reunião com a Juíza da 16ª Zona Eleitoral, Natália Modesto Torres de Paiva.

O motivo da reunião são as “coincidências” dos eventos das coligações dos três candidatos à prefeitura de Japi. A reunião será às 14h, na sede do novo Fórum da Comarca de Santa Cruz, no cartório eleitoral.

Os últimos fatos ocorridos provocaram esse encontro para definir um cronograma dos eventos de Jodoval Pontes (MDB – reeleição), Simone Silva (PL) e Sânzia Medeiros (PSDB).

A campanha em Japi segue em temperatura altíssima.


contex

Sânzia e Adriana realizam mobilização na sexta (02) e domingo (04)

A candidata do PSDB de Japi, Sânzia, realiza junto com sua vice, Adriana, mobilizações para largada da campanha.

Nós últimos dias, as candidatas realizaram visitas por Japi. Na próxima sexta (02), às 8h, na rua Manoel Medeiros, na Praça Central, inauguram o comitê de campanha.

No domingo (04) tem adesivação dos veículos e distribuição de material, às 8h. Carreata e passeata às 16h.


senhoritta

[VÍDEO] Discurso de Rafael Motta alfinetou movimentação da oposição de Japi

O deputado Rafael Motta (PSB) não tem economizado nas palavras nos últimos anos de sua atuação política, e em Japi seguiu a mesma linha. O deputado criticou o movimento da candidata da oposição, Simone Silva (PL), que realizou uma passeata quase no mesmo horário do prefeito Jodoval.

Rafael apoia Jodoval Pontes (MDB), candidato à reeleição em Japi. Confira o vídeo:


alrn-hoz

Domingo de Duelo entre Jodoval e Simone, em Japi

A eleição em Japi vai esquentando mais a cada dia. O domingo de largada da campanha tem movimentação de Simone Silva e Jodoval Pontes.

Jodoval, do MDB, realizou a carreata e tem comício com deputado Tomba Farias.

Simone Silva também tem movimentação, com o arrastão do vermelhão, saindo do Alto de São Sebastião, em andamento neste momento.


alrn-hoz