Gasolina

Taxistas aumentam valor da tarifa. Valor chega a R$ 15,00

A Associação dos Taxistas de Santa Cruz, a ATASC, já anunciou nesta sexta-feira (11) que o valor da tarifa está sendo reajustada.

Com aumento do preço da gasolina, os taxistas disseram que estão repassando o valor, pois já estão abastecendo com o novo preço, após a alta dos combustíveis.

Confira a nota enviada ao blog:

ATASC, associação dos taxistas de Santa Cruz, vem por meio desta nota comunicar a população santa-cruzense o aumento da tarifa de táxi, devido os constantes aumentos de gasolina, que custará R$ 15 reais a partir de hoje.
Já estamos abastecendo com o valor R$ 7.99.
Desde já a ATASC agradece a compreensão de todos.
11 de março de 2022
atenciosamente presidente da ATASC
Sebastião


contex

Santa Cruz tem gasolina a R$ 7,99. Mototáxistas e taxistas reajustam tarifas

A partir desta sexta-feira (11), o preço médio do litro da gasolina da Petrobras para as distribuidoras vai aumentar de R$ 3,25 para R$ 3,86, alta de 18,8%, enquanto o diesel vai de R$ 3,61 para R$ 4,51, alta de 24,9%. “Esses valores refletem parte da elevação dos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente a demanda mundial por energia. Mantemos nosso monitoramento contínuo do mercado nesse momento desafiador e de alta volatilidade”, disse a Petrobras em nota.

Nos postos de combustíveis em Santa Cruz, a gasolina era vendida por R$ 6,59 o litro. Nos últimos dias, o valor chegou a R$ 7,19, e, após novo aumento pela Petrobras, o valor agora é de R$ 7,99. O diesel comum está custando R$ 6,89 e o diesel S10 R$ 6,99 por litro.

Esse aumento no preço dos combustíveis provocou o aumento da tarifa dos mototaxistas, chegando a R$ 5,00, e dos taxistas para R$ 15,00.

REAJUSTE LEGAL OU ILEGAL?

No site do Autoesporte, foi analisada a questão do aumento antecipado, se poderia ser considerado ilegal. “Não é ilegal, já que os preço do combustível é uma liberalidade do posto. Mas se o consumidor entender que o aumento é excessivo, visando prejudicar o consumidor, ele pode acionar o Procon da sua cidade para reclamar do posto e o órgão poderá averiguar se essa é uma prática abusiva”, disse à Autoesporte o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor.

O PROCON tem alertado aos consumidors que fiquem tento aos preços, e em alguns estados ou cidades estão disponibilizando sites para registros de denúncias.


senhoritta