Nina Souza

Presidente da Abracrim/RN declara apoio à pré-candidatura de Nina Souza

A vereadora Nina Souza (PDT), pré-candidata a deputada estadual, ganhou um importante reforço para o seu projeto político. Após receber a adesão de líderes regionais no Agreste potiguar no último fim de semana, a parlamentar conquistou mais uma base de fortalecimento à sua pré-campanha. Desta vez quem declarou apoio a pré-candidatura de Nina Souza foi o advogado Aquiles Perazzo Paz de Melo, presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas no Rio Grande do Norte (Abracrim/RN).

Advogada militante, Nina Souza tem uma relação profissional estreita com a advocacia do Estado. É dela a autoria de um projeto de lei recentemente aprovado pela Câmara Municipal, que simplifica e dinamiza o trabalho advocatício. Trata-se da Lei Nº 085/2018, que altera a legislação vigente e confere fé pública aos advogados para autenticação de documentos em processos administrativos no município de Natal.

A pré-candidata comemorou a adesão do presidente da Abracrim/RN. “É salutar essa união de esforços de pessoas que acreditam no trabalho que venho fazendo e que sabem que essa atuação pode ser multiplicada para todo o Estado”, disse Nina.


alrn-hoz

Beto Rosado destina R$ 745 mil para a saúde pública de Natal

Natal deve receber em breve uma nova ambulância de simples remoção (R$80 mil) e R$665 mil para serem investidos na saúde pública do município. Os recursos foram obtidos a partir de emendas parlamentares destinadas pelo deputado federal Beto Rosado (Progressistas) e já foram empenhados pelo Ministério da Saúde. O pagamento deve ser realizado ainda no primeiro semestre deste ano.

“Investir na saúde dos municípios é garantir qualidade de vida para a população. Por isso, nosso mandato tem destinado recursos, principalmente, para este setor, que precisa ser tratado com prioridade pela gestão pública. Ainda em 2016, destinei R$900 mil para custeio do Hospital Walfredo Gurgel”, lembrou Beto.

Os recursos destinados à capital foram resultado de parceria entre o mandato do deputado Beto e a vereadora Nina Souza (PEN). Além da aquisição de uma ambulância, Beto colocou no Orçamento R$ 300 mil para equipamentos e material permanente da atenção básica, R$ 175 mil para a aquisição de sete gabinetes odontológicos e R$ 190 mil para um veículo de transporte sanitário (VAN).


r87

Nina Souza é a primeira mulher na liderança do executivo na Câmara do Natal

A vereadora Nina Souza (PEN) é a primeira mulher na história da Câmara Municipal de Natal a assumir a liderança de um prefeito no Legislativo. A parlamentar foi convidada pelo prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) nesta segunda-feira (31) e aceitou o desafio de comandar a bancada.

“É com muita honra que aceito a tarefa de atuar na liderança do prefeito, sempre com o compromisso de lutar pelas melhorias da cidade a favor dos natalenses. O fato de ser a primeira mulher nessa função só me dá mais responsabilidade para honrar e fazer o melhor possível nesta nova função”, disse Nina.

A parlamentar já atuava como vice-líder do prefeito na Casa desde o início do ano. Este é o primeiro mandato da vereadora, que se destacou no primeiro semestre com a aprovação do projeto Saúde Digital, que tem como objetivo permitir a marcação de consultas e exames pela internet.


contex

Câmara Municipal de Natal aprova projeto que cria o Programa Saúde Digital

Nesta terça-feira (18), o plenário da Câmara Municipal de Natal aprovou um projeto de lei apresentado pela vereadora Nina Souza (PEN) que institui o Programa Saúde Digital. Trata-se do agendamento, em formato online, de consultas, exames e demais procedimentos médicos no âmbito do município. De acordo com a autora da matéria, este tipo de marcação deve estar disponível para todos os cidadãos, com direito à escolha de melhor data, horário e especialidade, respeitada a ordem cronológica das requisições e as prioridades previstas em lei.

“Atualmente o usuário quando necessita de atendimento médico deve se dirigir a uma unidade básica de saúde, ou manter contato com seu respectivo agente de saúde da sua área. Nesse movimento a consulta inicial é marcada, e muitas vezes a partir daí se faz necessário que o mesmo tenha acesso a médicos especialistas ou a exames”, explicou Nina Souza. “O que ocorre são cidadãos pernoitando em busca das fichas para atendimento: são, em média, de 15 a 20 fichas ofertadas por unidade de saúde. A consequência torna-se uma verdadeira concorrência para a tão esperada ficha, caso se consiga”, completou.

Segundo ela, o principal objetivo do projeto é facilitar a marcação de consultas sem que o morador tenha que ir até uma unidade de saúde. “A proposta tem condições de ser implantada na capital potiguar. A maior reclamação da população é na área da saúde, acredito que com a implantação da matéria as pessoas tenham um atendimento mais adequado”. A proposta deve ser analisada em segunda votação na sessão desta quarta-feira (19).


senhoritta