Oxford

RN receberá mais de 140 mil vacinas contra Covid-19

A campanha de vacinação contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte será reforçada nos próximos dias. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) deverá receber 143.340 doses de três imunizantes diferentes.

De acordo com a indicação do Ministério da Saúde, o RN deverá receber 93.050 vacinas da Astrazeneca/Fiocruz, 30.400 da Coronavac/Butantan e 19.890 da Pfizer. No fim da manhã desta segunda-feira (19), o órgão confirmou a entrega de dois lotes, com a totalidade de doses previstas da Coronavac/Butantan e 18.300 unidades da Astrazeneca/Fiocruz, ao meio-dia de terça-feira (20).

A maior parte deste lote será utilizado para a vacinação por faixa de idade. E 47.680 vacinas são para segunda dose, com vistas a completar o esquema de imunização dos potiguares.

A Sesap aguarda a indicação do ministério com relação às datas e horários de entrega das demais vacinas, para montar o esquema de distribuição e agilizar o despacho das cargas aos municípios o mais rápido possível.


alrn-hoz

RN recebe mais 35 mil doses de vacina

Em meio à crescente taxa de ocupação de leitos de UTI e implementação de medidas restritivas para conter o avanço da doença por parte dos gestores públicos, o Rio Grande do Norte recebeu, nesta quarta-feira (24), 35.000 doses da vacina contra a Covid-19 no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. As vacinas são da fabricante Astrazeneca/Oxford – Fiocruz. A perspectiva é de que amanhã (25) cheguem mais 19.400 doses da CoronaVac, totalizando 54.400 doses nesta semana.

Nesta quinta etapa da vacinação no país, a campanha avança para dar cobertura à população indígena, idosos e trabalhadores da saúde – grupos prioritários desta nova etapa.

Das 35.000 doses da Astrazeneca, 21.927 serão destinadas aos idosos com idade de 85 a 89 anos. Com essas doses, será possível vacinar 100% dos idosos dessa faixa etária. Já 8.996 serão destinadas a trabalhadores da saúde e 2.920 aos indígenas do nosso estado.

O Estado segue a estratégia do Ministério da Saúde, que é aplicar todas as doses que chegarem para ampliar o número de vacinados, e a medida que for chegando novas doses, o esquema vacinal será complementado.

A vacinação dos indígenas está sendo fruto da insistência do governo estadual, já que o RN tinha sido o único estado brasileiro a não ser contemplado pelo governo federal com relação aos indígenas. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública, o Rio Grande do Norte possui 6.067 indígenas em nosso território – das etnias potiguara, tapuia e tapuia paiacú – distribuíidos em 15 comunidades nos municípios de Bahia Formosa, Canguaretama, Goianinha, Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Natal, Jardim de Angicos, João Câmara, Assu e Apodi.


m4net

Santa Cruz recebe 430 doses da Oxford e 30 Coronavac. Veja a distribuição na V URSAP

O município de Santa Cruz recebeu no final da tarde desta segunda-feira (25) doses para a segunda etapa de vacinação na V URSAP, com regiões Potengi e Trairi.

Em Santa Cruz, as doses estão divididas em 430 para Oxford e 30 para Coronavac.

Apenas Bom Jesus, Boa Saúde, Santa Cruz, São Paulo do Potengi e São Tomé receberam as vacinas Oxford/AstraZeneca.

Confira a distribuição por município:


senhoritta

5ª regional de Santa Cruz recebe 690 doses da vacina Oxford

Os dados do Governo do Estado mostram que a 5ª Regional de Santa Cruz, com as regiões do Potengi e Trairi.

A nova carga de vacinas traz 897 doses da Coronavac e 690 doses da Oxford/AstraZeneca.

As doses já estão no almoxarifado da V URSAP e serão distribuídas para os municípios nesta terça-feira (26).


contex

Todas as doses da Oxford serão aplicadas nesta etapa

O Ministério da Saúde e a FioCruz esperam receber em tempo hábil um novo carregamento de vacinas dentro do período necessário para a aplicação da 2ª dose da AstraZeneca/Oxford. A vacinação no RN deve começar na terça (26), e vai utilizar 100% do carregamento recebido.

IMUNIDADE

A imunidade depende de cada vacina. De acordo com os especialistas, pode demorar de duas a três semanas para fazer efeito.

A eficácia das vacinas Coronavac e Oxford/AstraZeneca, que estão em andamento no Brasil, precisam de duas doses.

A Coronavac devem ter aplicação com intervalo de 28 dias. A vacina de Oxford são 21 dias a 3 meses entre as aplicações da primeira e segunda dose.


m4net

Mais 10 milhões de doses da Vacina de Oxford chegam em fevereiro ao Brasil

As novas 10 milhões de doses da vacina de Oxford e da AstraZeneca contra a Covid-19, que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) negocia com o Instituto Serum, da Índia, devem chegar ao país em fevereiro.

A informação foi confirmada por Suresh Jadhav, um dos diretores-executivo do Instituto, ao enviado da CNN à Índia, Mathias Brotero.

Foto: CASSIANO ROSÁRIO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO


senhoritta

RN recebe mais de 30 mil doses da AstraZeneca/Oxford

O estado do Rio Grande do Norte vai receber 31.500 doses neste domingo (24), conforme informações do Ministério da Saúde.

A previsão é que essas doses sejam distribuídas para todas as regiões do RN até a próxima segunda-feira (25).

Ao contrário da primeira etapa, em que foram reservados lotes para segunda dose, com a vacina da Coronavac, nesta nova etapa serão usados 100% das mais de 30 mil vacinas da AstraZeneca/Oxford, direcionadas para a vacinação dos profissionais de saúde.

A aeronave tem horário de pouso previsto para às 16h, no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, no município de São Gonçalo do Amarante.


senhoritta

Ministério da Saúde espera iniciar vacinação em 19 de janeiro

O começo da vacinação contra a COVID-19 no Brasil deve começar no dia 19 de janeiro, próxima terça-feira. A confirmação foi feita pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O slogan planejado é “Brasil imunizado, somos uma só nação”.

O avião que vai buscar as doses na Índia começa sua rota hoje (14), às 13h, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). O voo é da companhia aérea Azul, um Airbus A330neo, equipada para garantir as condições necessárias para transporte da vacina AZD1222, da farmacêutica AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford.

As vacinas estão previstas para chegar ao Brasil no próximo sábado (16), no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ), depois de uma viagem de cerca de 15 mil quilômetros.

De acordo com o MS, o objetivo é “dar início à imunização em todo o país, de forma simultânea e gratuita”.


contex