Padre Paulo Henrique

Jodoval e Keka confirmam apoio para nova área pastoral

Em seus discursos, os prefeitos de Japi e São Bento do Trairi confirmaram e reiteraram apoio ao projeto da nova Área Pastoral que delimita uma futura Paróquia na região do Trairi. Isso ocorreu durante a apresentação do novo vigário paroquial para estas comunidades.

Jodoval Pontes, prefeito de Japi, reforçou que a comunidade tem dado apoio a diversas campanhas, e que a Prefeitura tem feito esforço para contribuir também com a Igreja de São Sebastião. O gestor lembrou das parcerias nas atividades religiosas, culturais e sociais.

Japi será a sede da área pastoral, em caso de se tornar Paróquia (provavelmente Paróquia de São Sebastião), a Igreja será a Matriz do novo setor de evangelização dentro do IX Zonal da Arquidiocese de Natal, que engloba a região do Trairi.

Keka Araújo, prefeito de São Bento, destacou que seu município não vai se distanciar de participar desse processo, e informou que estará disponível para auxiliar o novo vigário nas atividades que a comunidade necessitar.

Os prefeitos se preocuparam principalmente com o transporte do novo padre da área pastoral, quando vai precisar se deslocar pelas rodoviais estaduais que se conectam por Santa Cruz, enquanto um trajeto bem mais curto poderia ser construído entre as duas cidades.

Diante disso, o Padre Vicente não perdeu oportunidade para cobrar das autoridades uma posição importante para essa questão do acesso rodoviário. “Temos um caminho bem mais curto entre Japi e São Bento, são territórios vizinhos, mas as autoridades podem cobrar alguma solução para desenvolver essa ideia”, questionou.

O Padre Paulo Henrique, vigário-geral da Arquidiocese de Natal, lembrou do turismo-religioso, concentrado com o Santuário de Santa Rita de Cássia, que a construção de mais uma rodovia seria atrativo para essa logística dos visitantes na região. “Temos o turismo em questão nesse contexto, um novo acesso entre os dois municípios seria importante para essa articulação das duas comunidades e para aqueles que vierem visitar nossa região”, disse.

O clima de otimismo dominou a Missa Solene e as conversas após a celebração. A nova área pastoral deve inaugurar um momento de desenvolvimento de atividades de evangelização nas duas comunidades, ainda mais com a jovialidade e cordialidade do Padre João Maria Dias.


r87

Japi e São Bento do Trairi recebem novo Vigário Paroquial

Uma Missa Solene de apresentação do novo Vigário Paroquial, Padre João Maria Dias, foi celebrada pelo Vigário Geral da Arquidiocese de Natal, Padre Paulo Henrique, e marcou o início de um processo de criação da Área Pastoral de São Sebastião, com sede em Japi e envolvendo o município de São Bento do Trairi. A Igreja dedicada ao mártir, em Japi, recebeu as duas comunidades para essa nova etapa.

O Padre Vicente Fernandes, pároco de Santa Cruz, que junto aos municípios de Japi e São Bento formavam a Paróquia de Santa Rita, lembrou que parte da administração e finanças que envolvem essa área serão geridas na principal cidade da região, mas que gradativamente o Padre João Maria irá assumir todas as demandas locais, assim como deve ocorrer no processo.

O pároco de Santa Rita ainda lembrou da história da comunidade católica de Japi, que pertencia à Paróquia de São José do Campestre, mas dentro da reorganização do IX Zonal, passou a pertencer à Paróquia de Santa Rita. Lembrou das construções e das ações de padres que passaram pela região e da nova etapa que Japi e São Bento vivenciarão a partir desta área pastoral.

O vigário geral da Arquidiocese, Padre Paulo, lembrou do envolvimento da comunidade, em contribuir e fazer crescer a Santa Igreja. “Nós somos fundamentais nesse processo de criação. Precisamos nos unir”, disse. Inclusive, coube a ele e ao Padre Vicente sugerir a criação de um acesso entre os dois municípios, para facilitar o translado do Padre João Maria entre as comunidades.

Os prefeitos de Japi, Jodoval Pontes, e de São Bento do Trairi, Aracleide Araújo (Kêka), estiveram presentes neste momento histórico e garantiram apoio na implantação dessa área pastoral. Todos falaram em união para crescimento das duas comunidades.

Ao final dos discursos de agradecimento, a população saudou o novo vigário paroquial e com muitas fotos e votos de sucesso no trabalho pastoral, um jantar foi servido para todos que participaram da Missa Solene, marcando a história dessa duas cidades.

Por PASCOM Santa Cruz


senhoritta