Pirangi

Cajueiro de Pirangi será interditado para manutenção

O Maior Cajueiro do Mundo, o Cajueiro de Pirangi, estará em manutenção entre os dias 8 e 12 de novembro para reforma no mirante e na passarela, sendo necessário suspender a visitação durante esse período.

A obra de manutenção deve se estender ao longo do mês de novembro. Após essa primeira fase de serviços no mirante a na passarela serão feitos pequenos reparos em demais instalações, porém, não afetará o funcionamento.

Segundo a gestora do Cajueiro, Marígia Madge, as obras são de grande relevância para a manutenção do ponto turístico. “O verão se aproxima, então estamos nos preparando para que o Cajueiro esteja pronto para receber visitantes de todo o mundo. Apesar do pequeno transtorno, a obra é necessária para ampliar a segurança e o conforto dos usuários. No veraneio, o fluxo de turistas se intensifica, por isso realizamos os reparos nesse mês que antecede a alta estação”, comentou Marígia.

A administração do Cajueiro ressalta que continua seguindo as regras de uso obrigatório de máscaras, álcool disponível em totens, respeito ao distanciamento social, banheiros limpos com maior frequência e bebedouros disponíveis para quem portar garrafas de uso pessoal.

O Cajueiro de Pirangi funciona no horário das 07h30 às 17h30, todos os dias da semana. A entrada, que custa R$8,00, pode ser paga também com cartão de crédito, débito e PIX. Crianças de sete a 12 anos pagam meia-entrada, assim como estudantes, professores e idosos, portando carteira comprobatória.

Cajueiro de Pirangi

O Cajueiro de Pirangi, localizado na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, cobre uma área de aproximadamente 9.00m², com perímetro de aproximadamente 500 metros. Em virtude da sua extensão, a árvore gigante entrou para o Guinness Book “O Livro dos Recordes”, em 1994, como o Maior Cajueiro do Mundo.


contex