PROS

PROS/RN realiza reunião executiva com presença do presidente nacional do partido

Em um evento com público limitado e seguindo as orientações sanitárias, em função das restrições de distanciamento social, o diretório do Partido Republicano da Ordem Social – PROS/RN realizou reunião executiva com possíveis pré-candidatos a deputado estadual e federal, na tarde desta sexta-feira (16), em Natal, com a presença do presidente estadual da legenda, Jaime Calado e do presidente do PROS Nacional, Eurípedes Júnior.

Também estiveram presentes a senadora Zenaide Maia, os deputados estadual e federal, Albert Dickson e Carla Dickson, respectivamente, além de prefeitos eleitos pelo partido Jussara Sales (Extremoz), Edi Carlos (Edinho – Poço Branco), Pedro Filho (Touros) e alguns vereadores.

Atualmente, em nível nacional, o PROS conta com 11 deputados federais e três senadores. De acordo com o anfitrião, Jaime Calado, a meta do partido é dobrar esse número nas eleições de 2022. “Estamos aqui com muito entusiasmo e muita alegria, recebendo as principais lideranças do partido no Estado e nos organizando para que em 2022 a gente possa dobrar essa votação aqui”, afirmou.

“É um prazer estar aqui no Rio Grande do Norte, onde a gente vem buscar a construção da chapa de deputado federal do Brasil. Então, junto com nosso presidente Jaime, trazemos a nossa proposta aos nossos prováveis pré-candidatos para poder sair da posição de décimo quinto e estar entre os 10 maiores partidos do Brasil”, enfatizou Eurípedes Júnior, presidente nacional do PROS.


senhoritta

Mapa do Trairi alterna do MDB para o PSDB

Em 2016, o antigo PMDB, hoje MDB, viveu o ápice político com a chegada de Michel Temer ao Palácio do Planalto, após o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. No Trairi, a maioria das filiações eram para o partido, que tinha cadeiras na Câmara e Senado Federal.

Naquela eleição municipal, quatro prefeitos foram eleitos pelo MDB (Santa Cruz, Japi, Cel. Ezequiel e Lajes Pintadas). O PSD de Robinson Faria, na época governador em desgaste, elegeu prefeitos em São Bento do Trairi e Serra Caiada.

O PSOL “quebrou a banca” dos políticos tradicional e elegeu o primeiro prefeito na região, no município de Jaçanã. PSB chegou ao poder em Sítio Novo e PL em Tangará. O PROS inaugurou no Trairi com a eleição em Campo Redondo, uma reeleição, a primeira do município.

MUDANÇAS

O xadrez dos partidos no Trairi mudou o cenário, tendo cassação em Santa Cruz, reduzindo o MDB para três prefeitos. O PSDB não tinha nenhum prefeito, mas Ivanildinho Ferreira, eleito em pleito suplementar, pelo PSB, migrou para a legenda em crescimento no RN. Em Tangará, Jorginho Bezerra saiu do PL e foi para o PSDB também.

Com a saída de Jorginho, o PL não tem nenhum prefeito na região.

PROJEÇÕES

As pesquisas e projeções já apontam um caminho sobre o novo cenário, obviamente que será definido neste domingo e muitas vezes a vontade do surpreende aqueles que analisam a política.

As pesquisas mostram que o PSDB tem chances de conquistar três cidades. São elas Santa Cruz, Jaçanã e Serra Caiada. Nessas três cidades, os candidatos dessa legenda lideram com ampla maioria, e são favoritos até o “abrir das urnas”.

O PROS pode manter sua única prefeitura, Campo Redondo, segundo as pesquisas o cenário é favorável.

O MDB pode conquistar apenas Coronel Ezequiel, com a reeleição de Cláudio Marques, conhecido como Boba.

O Republicanos pode inaugurar sua primeira prefeitura na região, conforme as pesquisas que apontam a vitória de Luciano em Lajes Pintadas. Mas o cenário é de uma disputa acirrada com a prefeita Preta Furtado, do MDB.

O PL pode reconquistar uma prefeitura na região, chegando ao poder em Japi. O município mostra uma forte mobilização de Simone Silva contra Jodoval Pontes, do MDB.

As pesquisas mostram em Sítio Novo continuando com o PSB, de Edilson Júnior, que seria reeleito. No entanto, fontes seguras afirmam que o cenário é de muita disputa entre as principais lideranças locais: Wanira Brasil x Coronel Edilson.

São Bento do Trairi teve a publicação de duas pesquisas que mostram a permanência de Keka Araújo no poder, com o PSD mantendo uma prefeitura no placar.

O PDT pode chegar a conquistar a sua primeira vitória na região com o Dr. Airton Bezerra, na reedição do duelo com Jorginho Bezerra, do PSDB. Em 2016, a eleição foi decidida nas duas últimas urnas da apuração.

O único partido a sair de cena seria o PSOL, perdendo em Jaçanã, conforme pesquisas divulgas.

Ao final da apuração saberemos como será o novo mapa partidário da região Trairi.


senhoritta