PSL

Partidos governistas tiveram mais de 8 mil votos de maioria sobre a oposição

Com uma mudança na legislação, as coligações foram extintas e os partidos passaram a ser de fato a forma de ingresso nas conquistas das vagas. Na primeira rodada era aplicado o cálculo com o quociente eleitoral (votos válidos dividido pela quantidade de vagas), depois a média de votação de cada partido para completar as vagas (sobra das vagas).

A oposição se dividiu e não aplicou o voto útil, quando PT (425), PP (256), PSL (368) e PSOL (60) somaram 1.109 votos. Votação essa que fez falta ao PCdoB para conseguir uma segunda, por exemplo.

A proporção entre situação e oposição foi descomunal, com os partidos de situação somando 13.985, contra 5.098, com uma maioria de 8.887 votos, ainda maior que a vantagem do Prefeito Ivanildinho para o segundo colocado, Gean Paraibano.

PROPORÇÃO DE SITUAÇÃO E OPOSIÇÃO

O cenário no ambiente legislativo vai ser interessante de acompanhar pelas posições e histórico dos eleitos. A proporção entre governistas e oposicionistas praticamente retornou ao ponto de 2016.

Em 2016, Fernanda Costa contava com 78% da bancada, tendo os 2/3 de bancada legislativa necessária para votações importantes. Ivanildinho Ferreira encontrou uma bancada menos governistas, com placar de 2/3, mas sendo de 6 a 3, mas com a cassação do Edmilson Silva, a bancada ficou 5 a 4, sendo 56% do total das cadeiras.

Com as eleições de 2020, Ivanildinho tem uma renovação da bancada e encontra 77% de apoio, superando os 2/3 da casa legislativa. Isso apresenta um cenário de tranquilidade para o prefeito colocar matérias em tramitação quando for preciso aprovar temas mais polêmicos.

O “passeio” do grupo de Tomba não foi apenas no executivo, mas também no legislativo.


alrn-hoz

PSL realiza sua convenção nesta sexta-feira (11)

Nesta sexta-feira, dia 11 de setembro, o PSL realiza sua convenção partidária, às 09h.

O evento será na Rua Jair Lourenço, 109, no centro da cidade. O evento receberá filiados e pré-candidatos, e convidados, obdecendo todas as normas e restrições de prevenção ao novo coronavírus.


contex

Deputado General Girão cumpre agenda em Santa Cruz nesta quinta-feira (15)

Com uma boa notícia de liberação de recursos federais para a saúde municipal de Santa Cruz, o deputado federal General Girão cumpre agenda no município com uma visita à Prefeitura Municipal, às 8h, sede do poder executivo.

O recurso foi um pleito do PSL de Santa Cruz ao deputado Girão, que totaliza R$ 300 mil para reforçar o orçamento da saúde pública.


r87

PSL/RN discute situação do Porto de Natal com Governo Federal

Cumprindo agenda institucional em Brasília/DF, os representantes do Partido Social Liberal do Rio Grande do Norte (PSL/RN) estiveram reunidos com o Ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, General Santos Cruz, para tratar de assuntos relacionados à gestão estratégica no Estado. Na pauta, a crise gerada após a apreensão de toneladas de cocaína no Porto de Natal.

A situação é, segundo eles, resultado de uma ação efetiva da Polícia Federal que visa eliminar o tráfico de drogas na região portuária. “Este não é um problema que surgiu a partir da assunção do Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas. É justamente o contrário, agora inicia-se a solução. Quando ele [Ministro Tarcísio] assumiu o cargo, ele foi alertado sobre a sistemática de ações em nossos portos e desencadeou investigações, com o apoio e parceria da Polícia Federal, nas quais foram identificados vários focos de contrabando e tráfico de drogas. Em seguida, ele iniciou a substituição de cargos de direção destes locais. Há uma necessidade evidente de uma parada momentânea e rápida para que se tomem todas as medidas para uma interrupção dessa vazão ou desse liberalismo que há nos nossos portos, adotando sistemáticas mais modernas e eficazes”, pontuou o General Araújo Lima, secretário-geral do PSL/RN.

Para ele, as medidas que estão sendo tomadas desde a primeira apreensão de drogas no Porto de Natal resultarão positivamente. “Não podemos aceitar que os nossos portos continuem sendo vias de acesso de ações criminais. Nós precisamos e vamos evitar que os nossos portos sejam utilizados como porta de entrada e/ou saída de drogas e contrabando, por exemplo. O problema das drogas está acabando com a nossa juventude e várias mudanças vão ocorrer justamente para que tenhamos uma gestão mais rígida e de maior combate ao crime”, concluiu Araújo Lima.

Na última sexta-feira (22), o novo Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), Almirante de Esquadra Elis Treidler Öberg, foi empossado. A Codern é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Infraestrutura, que gerencia o Porto de Natal.

Por Assessoria


senhoritta

“A governadora precisa respeitar os servidores e pagar os salários atrasados”, diz o presidente do PSL

O presidente estadual do Partido Social Liberal (PSL), Coronel Hélio Oliveira, juntamente com o secretário-geral do partido, General Araújo Lima, concedeu entrevista ao programa Cidade Notícias, da 94FM, nesta quinta-feira (7). Na ocasião, o presidente da legenda no Rio Grande do Norte abordou o atraso dos salários dos servidores do Estado e criticou a não-utilização do saldo financeiro obtido pelo Governo Estadual para o pagamento dos débitos com o funcionalismo.

O presidente lembrou que há um desencontro entre os números divulgados pelo governo e exibidos no Portal da Transparência. “A governadora tem que entender que ela governa para toda a população e representa o Estado. Os débitos da gestão passada são da responsabilidade dela e precisam ser colocados em dia da forma que for possível. O que não dá é para fazer caixa com o dinheiro devido do funcionalismo e pagar os meses atuais como se os anteriores fossem deixados para lá. A governadora precisa respeitar os servidores e pagar os salários atrasados”, pontuou Coronel Hélio.

Questionado sobre a relação dos governos Federal e Estadual, no caso do Rio Grande do Norte, uma vez que as ideias pregadas por ambos são nitidamente opostas. “Ao longo do Governo Bolsonaro vai ficar muito claro que ele é um homem de Estado e, não, de Governo ou de partido. Recentemente nós tivemos em Brasília e levamos, junto conosco, algumas pessoas responsáveis por áreas de excelência no nosso Estado e, muitas vezes, pouco reconhecidas. O Professor Ricardo Valentim, do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), foi um deles. Percorremos vários Ministérios e, em nenhum momento, foi perguntado qual o partido destas pessoas ou a ideologia que seguiam porque o que interessava era o que ele estava trazendo de bom para o Governo Bolsonaro”, recordou o secretário-geral do PSL, que também abordou a expansão do Partido no Rio Grande do Norte e a preparação para as eleições de 2020.

Assista ao programa na íntegra:


m4net