STTU

Sem ônibus: Rodoviários entram em greve na próxima quarta-feira (19), em Natal

Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

A greve dos rodoviários terá início na próxima quarta-feira em Natal, segundo o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro/RN). O edital de greve foi publicado nesta sexta-feira (14) jornal de grande circulação, sendo respeitada a lei federal 7.783. O indicativo de paralisação foi aprovado por unanimidade em assembleia geral da categoria na terça-feira (11). Tanto a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) quanto o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Seturn) informam que ainda não foram notificados pelo Sintro/RN e, portanto, não possuem um posicionamento oficial sobre o assunto.

“O secretário geral está com essa pauta e, depois da publicação, o Seturn e a STTU serão notificados. Nossos trabalhadores vão aderir à greve, sendo reservado o percentual da frota de emergência”, explica o diretor de imprensa do Sintro, Rubens Pereira.

Os trabalhadores reclamam de dois anos sem reajuste salarial e cobram, também, retorno do pagamento integral do vale-alimentação. Segundo o Sintro, a integralidade desse valor corresponde a R$ 360 e há dois anos os trabalhadores cedem metade dessa quantia, recebendo só R$ 180. “Estamos tramitando na Justiça e os empresários não chegam em nenhum acordo. Queremos que nosso vale-alimentação volte ao normal e o aumento desses dois anos em que nosso salário foi congelado. Em março, vamos para a terceira data-base da categoria sem revolver as duas passadas. Faz tempo que os empresários vem tendo ajuda com a questão do ICMS e ISS, isenção da folha de pagamento, eles tiveram incentivos. Quem não teve fomos nós, nosso salário foi reduzido”, afirmou Rubens.

A categoria reforça que as negociações não avançaram. “O processo encontra-se na justiça em fase final de conciliação no TRT. No entanto, as negociações não avançaram e os empresários se encontram intransigentes e não apresentaram nenhuma proposta para a categoria”, afirmou o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro/RN).

Os rodoviários de Natal pleiteiam reajuste e justificam que os empresários tiveram isenção de impostos desde o anoretrasado. A categoria se refere aos incentivos fiscais no ISS e ICMS, este último renovado por mais um ano na incidência sobre o óleo diesel, combustível utilizado nos veículos. Com a medida, segundo o Governo do Estado, o valor renunciado é de R$ 1 milhão/mês.

As negociações entre motoristas e empresários do sistema de transporte público da capital potiguar estavam paralisadas desde a metade do mês de dezembro. Existia a expectativa de avanço nas tratativas em janeiro, o que não aconteceu segundo o Sintro/RN. O único encontro entre as partes nos tribunais ocorreu em reunião no último dia 14 de dezembro.

Um dos impasses se reporta ao pagamento do vale-alimentação. Até março do ano passado, as empresas pagavam R$ 360 aos rodoviários como benefício, mas, com a redução das linhas em circulação em decorrência da pandemia da covid-19, o valor do vale-alimentação foi reduzido para R$ 180. A renegociação desse valor faz parte das reivindicações da categoria.

Em uma das audiências, o Sintro sugeriu ao Seturn que o sindicato das empresas pagasse o valor integral do vale-alimentação aos motoristas de ônibus até o 5° dia útil do mês de janeiro. O Seturn preferiu não dar uma resposta na hora. O posicionamento não ocorreu o que, segundo o diretor de comunicações do sindicato, Harley Deyverson, foi uma forma da categoria dizer que não iria pagar, o que se confirmou em janeiro.

Fonte: Tribuna do Norte


senhoritta

Ônibus voltam a operar em Natal às 16h com esquema emergencial

O prefeito Carlos Eduardo e o secretário estadual de segurança pública Caio Bezerra reuniram-se, nesta sexta-feira (20), com a presença dos representantes do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn), Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado (Sintro), Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Polícia Militar e Guarda Municipal, na sede da Prefeitura para determinar o retorno da circulação dos ônibus em Natal. Ficou definido que uma frota emergencial de 30 ônibus, circulando pelas rotas do “Corujão”, que atende a todos os bairros da capital, entrará em operação desde às 16h e estará nas ruas até às 20h.

A expectativa é que na segunda-feira 100% da frota já esteja nas ruas. Os rodoviários asseguraram que, com o apoio das forças de segurança o trabalho será feito normalmente. O compromisso também foi assumido pelo Seturn. No domingo, estuda-se a possibilidade de operação com 50% da frota, como ocorre normalmente.

A PM, Guarda Municipal e os representantes dos órgãos realizaram uma nova reunião para definir a operacionalização que, segundo o secretário Caio Bezerra terá apoio inclusive de um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal, cujo mapeamento prévio de trabalho já inclui os corredores de ônibus e as garagens dos veículos em Natal e na região metropolitana.

“Estamos fazendo um esforço comum para reestabelecer o direito de ir e vir do natalense. Temos 850 mil pessoas na nossa cidade e ao menos 500 mil ficaram em casa. Estou vendo todo o esforço do governo do estado e da secretaria de segurança pública. Sem eles não poderíamos ter de volta o transporte coletivo. Juntos, vamos vencer esse problema e resolver”, comentou o prefeito Carlos Eduardo, que desde ontem determinou a atuação da Guarda Municipal em missões de acompanhamento do transporte público.

“A reunião foi muito importante. Definimos as linhas que as empresas vão trabalhar com a operação da Polícia Militar e Guarda Municipal, trabalhando de forma integrada e também assegurando a segurança das garagens, inclusive com o apoio de uma aeronave. A Polícia vai acompanhar a saída dos veículos, os corredores, terminais e os pontos considerados críticos”, explicou o Caio Bezerra.

O secretário adjunto da secretaria de mobilidade de Natal – STTU, Walter Pedro explicou que toda a cidade será atendida pela frota emergencial, vez que as linhas que serão utilizadas e circularão em comboio percorrerão os itinerários dos “Corujões” acrescidos da Linha 33. Dessa forma, toda a área comercial, de clínicas, terminais rodoviários e CBTU estarão cobertas.

“São cinco linhas, sendo quatro ‘Corujão’ e aquela 24h que passarão a operar nesse período de emergência até as 20h e estamos com o objetivo de colocar 30 ônibus para circular, dependendo do nível de segurança que possa ser oferecido isso pode ser ampliado. A tentativa é que na segunda-feira volte tudo ao normal”, explicou o Walter Pedro.


r87

STTU informa que ônibus serão recolhidos

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade, informa que os ônibus estão sendo recolhidos para as garagens. Agora há pouco, houve uma tentativa de incendiar um veículo da empresa Via Sul.

A secretária da STTU, Elequicina Santos, participa de uma reunião na sede do Comando da Polícia Militar do RN, juntamente com representantes do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn), Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro) e o Comando de Policiamento.

A secretária da STTU autorizou ainda a operação de táxis, transporte escolar e ônibus de fretamento para serviços de lotação, já que os veículos do sistema regular de transporte estão sendo recolhidos. O custo da tarifa é R$ 2,90.


m4net

Obra de saneamento muda itinerário de três linhas na Zona Norte

Nesta quinta-feira (19), a Av. Mar do Sul, no conjunto Parque das Dunas – zona Norte da capital –, será interditada para obras de saneamento básico da Companhia de Águas e Esgotos do RN (CAERN). A informação é da Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU).

Com isso, três linhas de ônibus que atendem o Parque das Dunas sofrerão desvio no itinerário. As linhas 75 (Parque das Dunas/Petrópolis/Ribeira), 76 (Felipe Camarão/Parque das Dunas) e 79 (Parque das Dunas/Mirassol) vão desviar – no sentido Brasil Novo – a partir da Av. Mar do Norte, seguindo direto para a Av. Mar do Oeste e realizando o itinerário normal. Já no sentido Terminal, as linhas 75 e 79 operarão no mesmo trajeto.

Em caso de dúvidas os usuários podem ligar para o Alô STTU, no telefone 156, ou perguntar pelo Twitter oficial – o @156Natal.


senhoritta