[IBOPE] Índice de Haddad aumenta cinco vezes

REUTERS/Rodolfo Buhrer

O candidato do PT, Fernando Haddad, foi o nome mais forte nas últimas pesquisas, principalmente após a confirmação de que o ex-presidente Lula não pode ser candidato. Enquanto Bolsonaro (PSL) cresceu oito pontos, o petista saiu de quatro pontos para 19%.

O Ciro Gomes, que vinha crescendo nas pesquisas, amarga uma estagnação da expectativa de votos. Segue para a mesma vala de queda de Marina Silva.

Eis os dados de Haddad:

A “linha vermelha” de Haddad inicia a “subida” no início de setembro, e após anúncio oficial de Lula (de ser o candidato do PT) o índice chega ao nível dos demais candidatos que estavam há meses em campanha eleitoral.

Em agosto, a diferença entre Bolsonaro e Haddad era de 16 pontos, agora é de apenas 9%. No melhor cenário para o petista, usando a margem de erro de 2%, Bolsonaro pode ter 26% e Haddad 21%.

Em resumo, a transferência de votos de Lula para Fernando Haddad é muito alta e aparentemente eficiente. Vamos aguardar os debates e as próximas pesquisas.