CDL Santa Cruz orienta para expediente normal na sexta-feira da Greve

A greve geral convocada pelos principais sindicatos do país, protestando contra reforma da previdência, deverá afetar o funcionamento da maioria dos serviços do Brasil. Em Santa Cruz, parece que nem tanto.

Em contato com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz, Marcelino Dantas, o mesmo informou que a recomendação é para um expediente normal, sem qualquer liberação de funcionários para aderir à greve.

Os estabelecimentos escolares já emitiram nota de apoio à Greve Geral, bem como o Fórum da Comarca, os bancos e a maioria dos servidores públicos.

Outras instituições não emitiram notas ou qualquer aviso de apoio à greve.

Marcações:

Deixe uma resposta


r87 500px