Morre a ex-governadora Wilma de Faria

Faleceu em Natal, a ex-governadora do Rio Grande do Norte, Wilma Maria de Faria, ela vinha lutando contra um câncer, e terminou sua jornada nesta quinta-feira, às 23h40, segundo informações na imprensa.

A carreira do maior símbolo feminino da política potiguar começou em 1979, quando assumiu a pasta da Assistência Social do Estado, quando seu ex-marido, Lavosier Maia foi governador, durante a ditadura militar. Em 1985, disputou a prefeitura de Natal contra Garibaldi Filho, perdeu, mas retornou para vencer em 1986 para deputado federal.

Wilma de Faria marcaria também a história do país, participando da Assembleia Nacional Constituinte de 1988. Outra marca seria sua eleição para Prefeitura de Natal, em 1988. Disputou o governo do RN em 1994, mas dois anos depois seria eleita mais uma vez para a Prefeitura da capital do estado, sendo reeleita em 2000. No ano de 2002 seria eleita a primeira governadora do Rio Grande do Norte, e reeleita em 2006.

Após chegar ao topo da carreira política estadual, Wilma alcançou duas derrotas e duas vitórias na sua história. Disputou o Senado Federal em 2010 e 2014, sendo derrotada em ambos os pleitos, mas obteve sucesso sendo eleita com Carlos Eduardo na majoritária de 2012 para prefeitura do Natal, no cargo de vice-prefeita. Em 2016, Wilma seguiu para campanha de vereadora e conquistou a cadeira.

O seu mandato atual foi vivenciado com a luta contra o câncer, que vitimou a mulher conhecida como “A Guerreira”, considerada o maior ícone da política potiguar. A família ainda não divulgou informações sobre velório e sepultamento, o que deverá ocorrer nas próximas horas.

Marcações:

Deixe uma resposta


r87 500px