Plenário tem quórum e votação começa em alguns minutos

O Plenário da Câmara Federal tem quórum suficiente para o processo de votação do parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (SIP 01/17) contrário à autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) abra processo contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de corrupção passiva.

São necessários 342 deputados presentes para votação, e o quórum já supera os 380. Neste momento os partidos e bancadas fazem o encaminhamento, e então será iniciada a votação propriamente dita.

Na votação, com chamada nominal, o deputado vai ao microfone para proclamar seu voto pelo sim (aprovando o relatório da CCJ, contra a denúncia) ou não (rejeitando o relatório da CCJ e aceitando a admissibilidade da denúncia). O relatório aprovado na CCJ foi produzido pelo deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), e é contra a instauração de processo no STF contra Temer.

A ordem da chamada é alternada entre estados do Norte e Sul.

Deixe uma resposta


paroquia