“Santa Cruz, terra querida.” Por Ileane Cavalcante

Foto: Adriano Neto

Santa Cruz, terra querida
Dos meus sonhos de criança
Tu não me sais da lembrança
Nenhum minuto sequer
Do parque de Everaldo
Dos mamulengos de Heraldo
Na praça do Coronel
Girávamos em carrossel
Do Paraíso de Pedro Severino
De Wilson, Ericleisson e Birino

Santa Cruz, terra querida
Dos meus primeiros amores
E também dos dissabores
Que o tempo já levou
Tinha o colégio do Padre
E as fofocas de comadre
Tinha o Professor Ribeiro
E a esperança a cada janeiro
De ser uma terra livre
Das ordens dos coronéis

Santa Cruz, terra querida
Dos meus sonhos de criança
Sua gente é sua riqueza
E também o seu orgulho
Tinha Monsenhor Raimundo
O seu Padre mais amado
Que nos ampliou o mundo
Deixando-nos seu legado

Santa Cruz, terra querida
Recheada de artistas
De saudades, de conquistas
Gilberto com seus cordéis
Talento descomunal
E o Marcos Cavalcanti
Poetizando a vida
De sua terra natal

E como se não bastasse
Tanto dom em um só lugar
Os bons ventos lhe trouxeram
Outros nobres moradores
Vindos de outras cidades
Carregando outros amores

Theo Alves, poeta imenso
Colorindo nossos dias
Com a grandeza de sua poesia
O Seridoense Jair Elói
Que fez da justiça seu ofício
Do escrever sua arte
E também seu artifício

E o saudoso Hugo Tavares
Que agradeceu lindamente
À terra que o acolheu
Fez do verso sua luta
Comprometido com a vida
Do menos favorecido
Em qualquer das homenagens
Jamais seria esquecido

Escreveria todo o dia
E conta eu não daria
Da grandeza dessa gente
E da minha alegria
De poder citar alguns
Tendo a certeza é claro
Que a memória me trairia

Poeta Antônio Borges
Saudoso e encantador
José Luz, o trovador
Iluminando os dias
Nailson Costa, eterno Mestre
E suas impagáveis crônicas
Fátima Cavalcante
Escrevendo sua fé
Com seu verso elegante
E Adriano Bezerra
Recitando o Trairi
Rosemilton, Jornalista
Com sua grande memória
Descreve como ninguém
De Santa a sua história
Lindonete, amiga querida
Vive versejando a vida
Hélio Crisanto, nem te conto
Um maestro das palavras
Aplausos por tanto, tanto!

Santa Cruz, terra querida
Dos meus sonhos mais felizes
Tu não me sais da lembrança ..

(Ileane Cavalcante)

Deixe uma resposta


santa cruz cell