APAMI

Benes destina verba de R$ 1 milhão e garante aquisição de Raio X digital para APAMI Lajes

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) destinou, mais uma vez, recursos para a saúde do município de Lajes. Dessa vez, o montante no valor de R$1 milhão foi revertido para a Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância (APAMI), mantenedora do Hospital Maternidade Aluízio Alves.

Os recursos foram divididos em duas emendas, sendo uma no valor R$ 600 mil repassados por meio do Fundo Municipal de Saúde, para incremento temporário ao custeio dos serviços de Assistência Hospitalar e Ambulatorial. A outra emenda no valor de R$ 400 mil foi destinada para a aquisição de um aparelho Raio X digital e equipamentos.

O hospital atende uma alta demanda da população da região Central, servindo também municípios vizinhos como Caiçara do Rio do Vento, Pedra Preta, Angicos, entre outros, funcionando praticamente como um Hospital Regional com serviços de atendimento ambulatorial, cirurgias e internações.


contex

Prefeitura de Campo Redondo arremata prédio onde funcionava a APAMI

O prefeito de Campo Redondo, Alessandru Alves (PROS), anunciou em suas redes sociais a suspensão do leilão do antigo prédio da APAMI, onde funciona o Hospital Municipal. Nesta quarta-feira (16) o espaço seria leiloado com avaliação inicial de R$ 95 mil reais para pagamento de dívidas trabalhistas deixadas em gestão passada. “Com muito esforço conseguimos impedir o leilão do prédio da APAMI na Justiça do Trabalho”.

O prefeito disse ainda que conseguiu negociar e adquirir o imóvel para prefeitura e que a população está aliviada pois os serviços de saúde pública estão garantidos. “Na Negociação o valor do imóvel foi adquirido pela Prefeitura de Campo Redondo pelo valor estimado inicialmente no leilão. Desta forma manteremos o atendimento à população e garantimos aos ex-funcionários da APAMI o recebimento do que é seu por direito”.

E finalizou lembrando que essa situação é herança do passado e que sua gestão tem tentado resolver para que a população não sofra as consequências. “Somos cientes que chegamos nesta situação devido a uma gestão desastrosa no passado, mas estamos aliviados e felizes por termos conseguido reverter esta decisão judicial o prédio agora deverá fazer parte do patrimônio do município.”


r87

Prefeitura de Campo Redondo estuda desapropriação da ex-sede da APAMI

O Blog apurou a situação da ex-sede da APAMI, em Campo Redondo, que hoje abriga um Posto de Atendimento (PA). A antiga sede da APAMI está indo a leilão por dívidas trabalhistas. Após o fechamento da APAMI, no final da gestão do ex-prefeito Carlinhos da APAMI, a Prefeitura passou a ocupar o imóvel para benefício da população, segundo assessoria.

Ainda existe a possibilidade da Prefeitura desapropriar o imóvel, com objetivo de que ele pertença ao patrimônio municipal, e continue servindo à população de Campo Redondo.

 


m4net

Prédio da APAMI em Campo Redondo vai a leilão pelo TRT/RN

Mais um dos frutos negativos que restam para Campo Redondo, da passagem pela Associação de Proteção à Maternidade e Infância, APAMI, chegou a ser publicado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), com o leilão do imóvel onde funcionou a sede da instituição. Segundo o TRT, o valor arrecadado será destinado ao pagamento de dívidas trabalhistas.

No site Lance Certo Leilões, o imóvel tem a seguinte descrição:

Endereço: Campo Redondo/RN

Cidade: CAMPO REDONDO (Interior)

Estado: RIO GRANDE DO NORTE

Situação: – Descrição: 01(um) imóvel urbano de característica não residencial, de com instalações hospitalares (funciona o hospital do município de Campo Redondo/RN – anteriormente a APAMI), com medidas aproximadas de 34 metros de frente, por 12,5 metros de comprimento, área total de aproximadamente 425m² (quatrocentos e vinte e cinco metros quadrados), localizada entre as ruas Cipriano Pacheco da Silva e Otacílio dos Santos, no centro de Campo Redondo, cuja área construída de 12 salas, das quais se destacam duas maiores que são a enfermaria e centro cirúrgico, além de 05 banheiros. O prédio é forrado de laje, coberto por telhas e o piso é todo de granito, paredes azulejadas e equipado com várias janelas de alumínio e vidro. O estado de conservação é apenas regular, avaliado em R$ 95.000,00 (noventa e cinco mil reais). Observação: Processo: 0032300-94.2013.5.21.0019 Avaliação: R$ 95.000,00
0% DA AVALIAÇÃO – LANCE MÍNIMO: R$ 47.500,00

Exequente: MARIA DE FÁTIMA DA ROCHA E OUTROS

Executado: APAMI – ASSOCIAÇÃO DE PROTEÇÃO E ASSISTÊNCIA A MATERNIDADE E A INFÂNCIA DE CAMPO REDONDO

O leilão será presidido pelo juiz Décio Teixeira de Carvalho Junior, da Central de Apoio à Execução do TRT-RN.


m4net