Arena das Dunas

Prefeitura abre drive de testagem para Covid-19 na Arena das Dunas

Foto: Divulgação/Arena das Dunas

A Prefeitura do Natal abriu nesta sexta-feira (28), na Arena das Dunas, por 10 dias ininterruptos até o dia 06 de fevereiro, um drive de testagem para Covid-19. O funcionamento será das 8h às 15h, com entrada pelo acesso da avenida Prudente de Morais.

Os exames utilizados são testes rápidos para Covid/antígeno com coleta swab nasofaríngeo, no qual o resultado sai em até 24h. Para fazer o teste é necessário que a população leve impresso e preenchido o formulário com dados da pessoa a ser testada, disponível no site da https://vacina.natal.rn.gov.br/ .

“Mesmo com ativação do drive de testagem vamos manter em funcionamento os Centros de Síndromes Gripais do Cemure e Nélio Dias”, afirma o secretário Municipal de Saúde, George Antunes.

Centros de Enfrentamento

A Prefeitura de Natal tem investido nas últimas semanas em ações voltadas para atender a população com sintomas de Covid e gripe, com a abertura de dois Centros de Enfrentamento às Síndromes Gripais, no ginásio Nélio Dias e no Cemure.

Esses dois locais são referência para atendimento de pessoas com sintomas leves, desafogando o atendimento das UPAs da cidade. Nos Centros, a população tem consulta médica, dispensação de medicação e testagem para Covid.

Além dos Centros, a Prefeitura mantém os pontos de vacinação de toda a população adulta e infantil. Neste último caso, existem pontos exclusivos de vacinação de público infantil a partir dos cinco anos de idade, nos shoppings Midway e Partage, além de duas unidades de saúde por Distrito Sanitário.


contex

Custos de construção são questionados na CPI da Arena das Dunas

Custos administrativos, valor total da obra e comparações com outros estádios edificados no Rio Grande do Sul e no Nordeste – em Pernambuco, Ceará e Bahia- marcaram os depoimentos de duas testemunhas ouvidas nesta terça-feira (21) em mais uma reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, instalada na Assembleia Legislativa para apurar possíveis irregularidades no contrato para construção e administração da Arena das Dunas.

O primeiro a ser ouvido foi o auditor do Tribunal de Consta do Estado (TCE), Vladimir Sérgio de Aquino Souto, que antes de ser submetido à oitiva apresentou um documentário em vídeo sobre os pontos contidos no relatório elaborado por uma equipe do Tribunal.

Ele disse aos integrantes da CPI que sempre teve dificuldades de obter os documentos requisitados pela equipe, desde 2011 quando o Ministério Público Federal solicitou informações sobre o contrato com a empresa construtora, a OAS.

A questão principal era como a empresa tinha chegado a um orçamento de R$ 400 milhões para a demolição do Machadão e do ginásio Machadinho e construção da Arena das Dunas, para a Copa do Mundo der 2014.

“Era uma proposta muito alta para a gente entender como chegaram àquela quantia, para a construção em três anos e um prazo de mais 17 anos de concessão. A única coisa era uma planilha que não dava a entender que tinham vários valores quebrados e no final dava um total de R$ 400 milhões. Isso era muito misterioso para nós”, disse o auditor Vladimir Sérgio.

Ele disse ainda que na comparação feita com a Arena Grêmio, em Porto Alegre, construída pela mesma empresa, o preço do metro quadrado na Arena da Dunas foi 54,9% mais caro. Já em relação as Arenas do Nordeste que foram comparadas, o custo em Natal foi 40,9 % mais elevado.

O depoimento do auditor José Rosenilton seguiu na mesma linha e acrescentou que no caso da Arena do Grêmio é mais confortável e de qualidade maior, inclusive é toda coberta o que não acontece com a de Natal. “A Arena do Grêmio é a única na América do Sul que recebeu nota 5 da UEFA, que é mais exigente do que a Fifa”, afirmou Rosenilton.

Os depoimentos tiveram avaliações diferentes na CPI. Para a relatora, deputada Isolda Dantas (PT) foram muito esclarecedores. “A falta de entrega de documentos deixa sinais evidentes de que houve sobrepreços. Estamos chegando ao ponto final. O importante é defender o Estado”, disse a deputada Isolda.

Já o deputado Tomba Farias (PSDB) que presidiu a reunião disse que o encontro foi muito bom, mas não ficou satisfeito com o método de fazer comparações. “Comparações em construções são muito perigosas quando não se tem memória de cálculos. Conheço a Arena Pernambuco. Lá o piso é todo rachado. Preço de metro quadrado existe para todos os gostos. Você pode fazer uma construção numa mesma área, numa usando material mais barato e noutra material de primeira qualidade”, afirmou Tomba.

Ao final da reunião, o deputado Getúlio Rêgo (DEM) solicitou que seja convocado o perito Erick Caldas para ir à Comissão falar sobre cálculos e interpretação sobre receita líquida. Participaram também da reunião os deputados Kleber Rodrigues (PL) e Subtenente Eliabe (SDD).


alrn-hoz

Auditora do TCE é ouvida pelos membros da CPI da Arena das Dunas

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Arena das Dunas, instalada na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizou a oitava reunião nesta quarta-feira (08). Os parlamentares ouviram como testemunha Iana Silva Gomes de Lima, auditora do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e responsável por coordenar uma auditoria que apura possíveis irregularidades na parte da parcela variável do contrato entre o Consórcio Arena das Dunas Concessão e Eventos S.A e o Governo do RN. Em seu depoimento, a servidora pública representou as auditoras Fladjane Raquel Soares de Souza e Indira Celli Xavier da Silva Gomes, componentes da auditoria, que também seriam ouvidas pela CPI, mas foram dispensadas em virtude dos esclarecimentos da coordenadora dos trabalhos.

“Como ouvimos a coordenadora, consideramos que seria repetitivo ouvir as outras auditoras, ponderando que esta supriu as informações necessárias para ser inserido no relatório da CPI”, explicou a relatora da Comissão, deputada Isolda Dantas (PT).

Durante seu depoimento, Iana Silva Gomes de Lima foi interrogada, na condição de convidada, e trouxe à CPI detalhes sobre a auditoria. “O que podemos afirmar é que em algumas situações os itens estão interferindo no resultado do desempenho do controle da Arena das Dunas. Outro ponto destacado é o descumprimento das cláusulas contratuais”, revelou a auditora.

Iana Silva Gomes de Lima ressaltou ainda a negativa do Consórcio Arena das Dunas Concessão e Eventos S.A sobre a entrega de documentos. “Em vários momentos o órgão solicitou documentos ao Consórcio sem sucesso, o que acabou comprometendo o resultado de alguns pontos da auditoria”, disse Iana.

No final da reunião o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Arena das Dunas, deputado Coronel Azevedo (PSC), destacou a importância da CPI para apuração dos fatos. Lembrou que depois da instalação da Comissão na Casa Legislativa, o assunto voltou a pauta. “O trabalho da Casa Legislativa colocou esse assunto em pauta, na agenda política e vem sofrendo efeitos positivos para a população potiguar”, ressaltou.

A CPI da Arena das Dunas foi criada para apurar possíveis irregularidades na contratação da construção e manutenção da Arena de Futebol.
Participaram da oitava reunião desta quarta-feira (08) os deputados Isolda Dantas (PT), Coronel Azevedo (PSC), Kleber Rodrigues (PL), Subtenente Eliabe (SDD), Tomba Farias (PSDB) e Getúlio Rêgo (DEM).


contex

Arena das Dunas terá primeiro jogo com uso do VAR

Palco da Copa do Mundo de 2014, a Arena das Dunas volta a receber um jogo importante da Copa do Brasil. O ABC enfrenta o Flamengo, nesta quinta-feira (5), às 21h30, pelo jogo da volta das oitavas de final do torneio nacional. Será a primeira vez do VAR em Natal.

O Alvinegro tem uma missão considerada quase impossível pela crônica esportiva e pelos torcedores: reverter um placar elástico construído pelo rubro-negro carioca no jogo de ida, no Maracanã, semana passada: 6 x 0.

Para se classificar às quartas de final da Copa do Brasil, o ABC tem que vencer com uma uma diferença de sete gols ou seis gols para provocar a decisão nos pênaltis. Quem passar desta fase recebe como premiação, além da vaga, R$ 2,7 milhões.

Árbitro de Vídeo

A Arena das Dunas sedia pela primeira vez um jogo com o uso do VAR (Video Assistant Referee), sistema eletrônico de apoio à arbitragem. O já famoso e ainda polêmico árbitro de vídeo’ vai auxiliar o árbitro catarinense Ramon Abatti Abel, que terá como auxiliares em campo os também catarinenses: Helton Nunes (assistente 1) e Éder Alexandre (assistente 2). No total, contando com os profissionais da sala do VAR, são nove árbitros.


senhoritta

CPI da Arena das Dunas é retomada e indica deputada Isolda Dantas para relatoria

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga contrato firmado entre o Governo do Rio Grande do Norte e a empresa Arena das Dunas Concessões e Eventos S/A, que gerencia a Arena das Dunas, retomou os trabalhos na tarde desta terça-feira (6). Os parlamentares membros indicaram a relatoria do grupo, que ficará a cargo da deputada Isolda Dantas (PT). Os parlamentares garantiram que a investigação será técnica e afastaram a possibilidade de utilização da CPI da Arena das Dunas de maneira política.

Presidente da CPI, o deputado Coronel Azevedo (PSC) enalteceu a importância da comissão e a necessidade de que uma resposta seja dada à sociedade. Ressaltando que os apontamentos realizados pela Controladoria Geral do Estado estimaram a possibilidade de prejuízos de até R$ 421 milhões no contrato, o presidente da CPI disse que os deputados vão trabalhar para buscar o esclarecimento sobre as dúvidas.

“Hoje é um dia de grande dimensão. A abertura dos trabalhos para apurar possíveis irregularidades a construção e aplicação de recursos na Arena das Dunas é um marco para a sociedade potiguar. Uma série de porquês de interesse da sociedade não foram respondidos. A iniciativa do Poder Legislativo já gerou importantes desdobramentos, como a abertura por parte do Ministério Público, após a abertura da CPI, de inquérito civil público para apurar o contrato da Arena com o Governo. Faremos nosso trabalho com rigor, não estaremos fazendo política, mas sim a atividade parlamentar em sua plenitude”, disse Coronel Azevedo.

O vice-presidente da CPI, deputado Tomba Farias (PSDB), e os membros Kléber Rodrigues (PL) e Subtenente Eliabe (Solidariedade), também enalteceram a importância da investigação, mas garantiram o foco na investigação de maneira objetiva e técnica.

“É um momento importantíssimo para se apurar e investigar os gastos com a obra que foi alvo de polêmicas. A população precisa de esclarecimentos, de uma resposta. Não pode passar despercebida uma situação como essa e queremos que os responsáveis, se confirmadas as irregularidades, sejam punidos”, disse Eliabe. “Quero desejar um bom trabalho, empenho, dedicação, e principalmente seriedade e cuidado com o trabalho que será realizado. O trabalho é de prestar sempre um esclarecimento e dar um retorno à população, e não tratar de questões políticas. Estou aqui para tratar as coisas com responsabilidade. Estamos aqui para trabalhar em busca da verdade, que é um resultado claro e objetivo com relação ao que for averiguado”, disse Kléber Rodrigues, enquanto o vice-presidente Tomba Farias solicitou acesso aos demais documentos já colhidos pela CPI.

Relatora da comissão, Isolda Dantas também garantiu que não haverá foco em disputa política, seja com políticos que têm ou tiveram mandatos. Segundo ela, ainda pairam muitas dúvidas de todo o Rio Grande do Norte sobre o contrato e é necessário que as respostas sejam dadas.

“A CPI é um instrumento muito importante para a democracia, para o Parlamento. É uma ferramenta das minorias e por isso precisa ser feita com muito zelo e cautela. Não é um tribunal. Não vamos julgar. Vamos investigar e remeter aos órgãos competentes. Agradeço pela confiança e podem esperar de mim lisura e qualidade no trabalho. Não vamos transformar esse espaço em eleitoreiro ou de política vingativa. Vamos buscar as respostas que a sociedade norte-riograndense precisa”, garantiu.

A CPI

O pedido para instalação da CPI da Arena das Dunas foi aprovado em maio do ano passado e retomado após requerimento do deputado Kelps Lima, em 23 de junho deste ano. A CPI, que foi proposta pelo ex-deputado Sandro Pimentel, vai se debruçar sobre um relatório da Controladoria Geral do Estado que apontou que o governo potiguar teria desembolsado quase R$ 110 milhões a mais do que deveria ter sido pago ao Consórcio Arena das Dunas até maio de 2020, no contrato para gestão do estádio. O Consórcio Arena das Dunas Concessão e Eventos S/A tem contestado o relatório da Controladoria e apontou entendimentos controversos ao estabelecido no regramento da Parceria Público Privada (PPP). O prejuízo total até o fim do contrato pode chegar as R$ 421 milhões, ainda de acordo com o relatório da Control.

As reuniões da CPI vão ocorrer, inicialmente, às terças-feiras, de maneira híbrida. Ainda não há a confirmação sobre depoimentos e o primeiro passo a ser dado, de acordo com a relatora Isolda Dantas, é a composição do corpo técnico que auxiliará os trabalhos da comissão.


alrn-hoz

Nota do MPF sobre investigações na construção do estádio Arena das Dunas

O Ministério Público Federal (MPF) informa que as investigações sobre desvios na construção do estádio Arena das Dunas já resultaram em 11 denunciados, incluindo a ex-governadora Rosalba Ciarlini e o ex-senador José Agripino.

Ao contrário do que foi divulgado por alguns blogs, a não inclusão do ex-senador na denúncia apresentada na última semana não representa que o MPF tenha deixado de considerá-lo responsável por parte dos desvios.

José Agripino Maia responde a uma ação penal e a uma ação de improbidade administrativa, na 2ª Vara da Justiça Federal no RN, pelo recebimento de quase R$ 1 milhão em propina em troca de auxílio à empreiteira OAS, responsável pela construção do estádio Arena das Dunas, conforme veiculado em 2018 (http://www.mpf.mp.br/rn/sala-de-imprensa/noticias-rn/mpf-apresenta-acao-contra-jose-agripino-por-propina-em-construcao-de-estadio).

Paralelo – Em razão do foro por prerrogativa de função, a denúncia contra o então senador sobre o mesmo esquema teve de ser apresentada pela Procuradoria-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal (STF), que em dezembro de 2017 decidiu pelo seu recebimento (tornando-o réu sob acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro). Somente então os autos foram remetidos à Procuradoria da República no RN.

Por esse motivo, as ações em face do ex-senador tramitam em paralelo a outros procedimentos sobre irregularidades na construção da Arena, como a denúncia contra a ex-governadora do RN, Rosalba Ciarlini, e ox-presidente da OAS, Léo Pinheiro, divulgada na última semana (http://www.mpf.mp.br/rn/sala-de-imprensa/noticias-rn/arena-das-dunas-mpf-denuncia-ex-governadora-do-rn-e-ex-presidente-da-oas-por-desvio-de-r-16-mi).

O ex-senador também responde a outros processos de iniciativa do MPF/RN, como na Operação Sinal Fechado, sobre esquema de corrupção no Detran/RN (http://www.mpf.mp.br/rn/sala-de-imprensa/noticias-rn/sinal-fechado-mpf-ingressa-com-acao-de-improbidade-por-esquema-de-inspecao-veicular-no-detran-rn) e em caso de nomeação de “funcionário fantasma” (http://www.mpf.mp.br/rn/sala-de-imprensa/noticias-rn/mpf-ingressa-com-acao-de-improbidade-contra-ex-senador-jose-agripino).

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no RN

m4net

Sandro Pimentel diz que auditoria em contrato da Arena das Dunas rendeu economia para o RN

Em sessão ordinária por Sistema de Deliberação Remota (SDR), o deputado Sandro Pimentel (PSOL) destacou a realização de auditoria no contrato da Arena das Dunas. De acordo com o parlamentar, o trabalho de auditoria já rendeu economia para o Estado e o resultado final, que será apresentado na próxima quinta-feira (7) em entrevista coletiva, vai demonstrar muito além do que se esperava.

“No início do nosso mandato, solicitamos ao Governo do RN a realização de uma auditoria no contrato da Arena das Dunas. Com os primeiros resultados, obtidos ainda em agosto do ano passado, o governo conseguiu uma economia de R$ 720 mil aos cofres públicos. Ontem, fizemos uma reunião e decidimos que vamos apresentar o resultado final na próxima quinta-feira, por meio de uma coletiva. Antecipo que virão muitas novidades em relação ao contrato. O que vamos mostrar é mais do que o esperado”, afirmou o parlamentar.

Sandro Pimentel também aproveitou o pronunciamento para anunciar uma campanha em benefício das entidades de proteção animal. “As instituições de proteção animal estão passando por uma situação periclitante. Elas sobrevivem de doações e com essa pandemia muitas pessoas reduziram e até deixaram de doar. Têm animais passando fome. Essa campanha já começou, está nas nossas mídias sociais e a cantora Swellen Pimentel, que está fazendo parte dela, vai fazer uma live, no dia 15 desse mês, às 19h, para ajudar essas instituições”, destacou Sandro.


r87

Sábado de Carnaval com América x Sport na Arena das Dunas

América e Sport se enfrentam neste sábado (22) de Carnaval, às 18h, na Arena das Dunas, pela 5ª rodada da Copa do Nordeste. Os portões do complexo multiuso abrem às 16h e os ingressos já estão à venda no site www.arenadunas.com.br e nos pontos conveniados.

As vendas antecipadas seguem até a sexta-feira (21) com valores promocionais: R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira). No dia do jogo, os ingressos de arquibancada voltam ao valor real: R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira). Os ingressos antecipados para as cadeiras premium (área mista) também têm valores promocionais até o dia 21 (sexta-feira): R$ 35 (meia) e R$ 70 (inteira). No dia do jogo (sábado), voltam ao valor real: R$ 40 (meia) e R$ 80 (inteira).

Além do site da Arena das Dunas, os ingressos para América x Sport podem ser comprados nos seguintes pontos: Gol Mania Store (Avenida Prudente de Moraes e Partage Norte Shopping), ERK (Tirol) e Sede do América.

No dia do jogo (22), a Bilheteria 2 do Portão L abre para a venda de ingressos da torcida do América, a partir das 13h. Já a Bilheteria 1, Portão T, é reservada para a torcida do visitante.

O torcedor do América que apresentar dois cartões da Timemania, marcando o América como time de coração na aposta, tem direito ao benefício da meia entrada.

Torcedores do América entram pelos Portões M, N e Q. O sócio-torcedor entra exclusivamente pelo Portão P. O Portão A está reservado para a entrada da torcida do Sport, que ficará no 1º Anel Noroeste. O Portão D dá acesso à torcida mista – cadeiras premium.

E de acordo com recomendação da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, é proibido o acesso de torcedor trajando camisas de times rivais e com histórico de violência, que não esteja envolvido no jogo.

Gratuidade Crianças

O benefício da gratuidade é destinado a CRIANÇAS com até (12) doze anos de idade. Estas devem estar acompanhadas pelos pais ou responsáveis legais, que devem apresentar documento comprobatório da idade da criança ao ORIENTADOR, na entrada das catracas.

Pessoa portadora de deficiência que possua carteira emitida pela FENAT, SECOPA Municipal ou SEEL tem direito à gratuidade. Seu acesso será liberado diretamente nas catracas, desde que esteja com o documento com foto e a carteira. Acompanhante de cadeirante possui gratuidade e não necessita adquirir ingresso. Seu acesso será liberado diretamente nas catracas, desde que esteja acompanhando pessoa em cadeira de rodas com ingresso válido para o evento.


m4net

Arena das Dunas emite nota sobre operação da PF

A assessoria do estádio da Arena das Dunas emitiu uma nota sobre a operação da Polícia Federal, nesta terça-feira (15), que visitou uma empresa que opera dentro do complexo do espaço esportivo, confira na íntegra:

Nota

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta terça-feira (15), diligência em uma das empresas instaladas no Arena Office, espaço corporativo criado pela Arena das Dunas, onde estão instalados escritórios e salas comerciais. A diligência não envolve a instituição Arena das Dunas.


r87

PF cumpre mandados da operação Caviloso

Informações do G1/RN

Policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (15) no escritório de uma empresa que fica localizado na Arena das Dunas, em Natal. Segundo a PF, a operação faz parte de um desdobramento da Operação Caviloso, realizada em dezembro do ano passado, e que investiga crimes financeiros por parte de um empreendimento em Ceará-Mirim, na Grande Natal.

Segundo as investigações, o empreendimento teve algumas de suas unidades vendidas no exterior, sem a consequente internalização dos recursos no Brasil, fato que poderia importar crime de evasão de divisas.

Além disso, foi noticiado que as aquisições das unidades imobiliárias seriam, na verdade, investimento com percentual de retorno garantido, consistindo em captação de recursos, atividade típica de instituição financeira para a qual não existia autorização.

O nome da operação faz alusão àquele que emprega cavilação, isto é, ‘proposta traiçoeira’.


alrn-hoz

Tiaguinho é uma das atrações do Arena das Dunas Experience

A primeira experiência oferecida pela Arena das Dunas e Clap Entretenimento foi um sucesso, apesar do indigesto empate em 1 a 1 diante da Suíça. E a movimentação para o segundo desafio da Seleção Brasileira, sexta-feira (22), às 9h, diante da Costa Rica, promete ser ainda melhor. A torcida, que já aprovou o diferencial de vivenciar o Mundial da Rússia dentro de uma arena de Copa do Mundo, terá uma nova oportunidade no Arena das Dunas Experience. Serão, praticamente, 12 horas de festa, com os portões abrindo às 8h, uma hora antes da partida, seguindo com atrações musicais até próximo das 20h – o show do cantor Thiaguinho, último do dia, está previsto para começar às 17h.

O Espaço Kids, gerenciado pela TimTim por TimTim Buffet, um dos ambientes mais elogiados no primeiro jogo, vai estar novamente oferecendo um serviço diferenciado para as crianças com até 10 anos de idade. Os super telões de LED, a área de hospitalidade com uma série de serviços de marcas parceiras, espaço de shows, dentro do campo, e setor de camarotes vão estar preparados para receber a corrente positiva da torcida natalense para mais um dia de festa, de preferência, com vitória da Seleção Brasileira, rumo ao hexa.

Depois de Bell Marques, Luan Estilizado, Ralk e Pedro Luccas, escalados para comandar a festa no primeiro jogo, domingo (17), chegou a vez de Thiaguinho, Gabriel Diniz, Sax In The House, Mesa Doze e Pedro e Erick entrarem em campo. Os portões abrem às 8h, o jogo do Brasil começa às 9h; às 11h, Pedro e Erick, Mesa 12 e Sax In The House dá o ponta pé inicial a festa. Na sequência, às 15h, Gabriel Diniz entra em campo e, às 17h, será a vez de Thiaguinho assumir a braçadeira de capitão e soltar a voz no ritmo do pagode.

Na quarta-feira (27), a partir das 15h, fechando a primeira fase da Copa, Atitude 67, Avine Vinny, Jopin e Banda Dubê foram os convocados para agitar a galera depois de o árbitro apitar o fim do jogo Sérvia x Brasil. Neste dia, os portões vão abrir às 13h.

Para os dias de jogos no Arena das Dunas Experience será disponibilizada apenas uma entrada, pelo Portão 3 (estrada projetada, do lado da Avenida Prudente de Morais), onde geralmente se entra para curtir os shows produzidos pela arena multiuso. O acesso ao estádio será pela Entrada D, que fica em frente ao Portal 3. Uma recepção especial, com direito a simulação de um túnel semelhante ao que leva o jogador ao campo de jogo, está sendo preparada pela Arena das Dunas e Clap Entretenimento. Imprensa e pessoal de camarote, que receberam os vouchers para o estacionamento interno, entram pelo Portão E1, do lado da BR-101, na entrada comum do cotidiano da Arena das Dunas.

 


senhoritta

Arena das Dunas recebe eventos especiais durante a Copa da Rússia

Uma extensão da Rússia no Brasil. É o que promete a Arena das Dunas, que em parceria com a Clap Entretenimento criou o Arena das Dunas Experience, um ambiente repleto de atrações para toda a família torcer pela Seleção Brasileira durante a Copa do Mundo. Para o primeiro jogo, domingo, dia 17, às 15h, diante da Suíça, estão sendo esperados 4 mil torcedores, que vão vivenciar experiências semelhantes à quem for assistir ao Mundial em terras russas. O cantor Bell Marques comanda a festa, depois do jogo.

Além do clima de Copa, o torcedor terá à sua disposição serviços de bar, ações de marcas parceiras, um espaço kids para a criançada, organizado pela TimTim por TimTim Buffet, e super telões de LED virado para a arquibancada – o torcedor vai poder assistir aos jogos sentado nas cadeiras da arquibancada do setor oeste, que fica do mesmo lado dos camarotes. “Mais do que a transmissão dos esperados jogos do Brasil, o Arena das Dunas Experience será uma verdadeira experiência para aqueles que vierem assistir aos jogos”, reafirma Adilson Silva, gerente de conteúdo da Arena das Dunas.

Os 4 mil torcedores da Arena das Dunas Experience vão desfrutar dos mesmos espaços VIP: lounge (área de relacionamento), arquibancada e campo, onde serão realizados os shows musicais. Alguns camarotes também estão sendo comercializados para empresas, famílias ou grupos de amigos, que queiram ter um espaço mais reservado.

Crianças até 10 anos entram gratuitamente; só pagam para acessar o espaço kid. Os Ingressos podem ser comprados pelo site www.lessclick.com.br ou nos seguintes pontos de venda: Sport Master Shopping Midway Mall e Cidade Jardim; Ônix Semi Jóias Nata Shopping; e TimTim por TimTim Buffet (na Avenida Tropical, Nº 3, San Vale). Crianças até 10 anos têm entrada gratuita. No entanto, o ingresso para o espaço kids, que será montado dentro da festa, custa R$ 40,00. Haverá ainda um espaço baby para crianças com idade entre 2 e 4 anos de idade. Cabe aos pais ou representantes legais encaminhar as crianças até o espaço kid. Lá tanto o responsável quanto a criança recebe uma pulseira de identificação. Tudo organizado e administrado pela TimTim por TimTim.

As atrações musicais serão de primeiro time. Bell Marques Luan Estilizado, Ralk e Pedro Luccas serão as atrações no primeiro jogo da Seleção Brasileira, marcado para o dia 17 de junho (domingo), contra a Suíça. No segundo jogo, contra a Costa Rica, dia 22 de junho (sexta-feira, às 9h), comandam a festa o cantor Thiaguinho, Gabriel Diniz, Sax In The House, Mesa Doze e Pedro e Erick. Fechando a primeira fase da Copa, Atitude 67, Avine Vinny, Jopin e Banda Dubê comandam festa logo depois de o árbitro apitar o fim do jogo Sérvia x Brasil, no dia 27 (quarta-feira).

Regras/informações importantes do espaço:
✓ Vendas Online e PDV;
✓ Espaço baby com estrutura adequada aos cuidados assistenciais para
crianças de 2 (dois) à 04 (quatro) anos de idade. Demais áreas adequadas
para crianças até 10 (dez) anos de idade;
✓ É responsabilidade dos pais ou responsáveis legais encaminhar a criança ao
espaço kids, não sendo permitido à criança acessar e permanecer no espaço
sem o devido encaminhamento;
✓ O cadastro, obrigatório, dos pais ou responsáveis legais e suas respectivas
crianças serão realizados na entrada do espaço kids;
✓ Os pais ou responsáveis legais e suas respectivas crianças serão identificadas
através de pulseiras, não sendo permitido o acesso/permanência no espaço
sem a referida identificação;
✓ Cuidados e brincadeiras específicas de acordo com a idade;
✓ Pula-pula e piscina de bolinhas;
✓ Show infantil, recreadores/animadores e presença de personagens vivos;
✓ Camarim kids com pintura de rosto, maquiagens, penteados e outros;
✓ Pipoca e algodão doce;
✓ Lanche a cada 3h de evento (salgadinhos, mini hambúrguer, mini pizza,
cachorro quente, sucos, refrigerante e água mineral);
✓ Espaço com capacidade limitada;
✓ TimtimWhats: (84) 98621-3665.

PONTOS DE VENDA:
Sport Master Shopping Midway Mall e Cidade Jardim;
Ônix Semi Jóias Nata Shopping;
Timtim por Timtim Buffet (Av. Tropical, 03, San Vale).

VENDAS ONLINE (COM TAXA DE CONVENIÊNCIA):
www.LESSCLICK.com.br | Taxa de conveniência: 15%

FORMAS DE PAGAMENTO:
Dinheiro;
Débito e Crédito;
Cartões ELO, VISA e MASTERCARD.

SERVIÇO GERAL

ARENA DAS DUNAS EXPERIENCE 2018
Datas: Dias 17 (15h), 22 (9h) e 27 (15h) de junho de 2018
Local: Anfiteatro + Hospitalidade + Podium Sul/Sudoeste
Capacidade do local: 4 mil lugares
Portões de entrada: Externo – P3 / Interno – Portão D (Lounge Premium /
Camarotes) e Portão E (Nordestão)
Horário de abertura dos portões: 2 horas antes de cada jogo

ATRAÇÕES CONFIRMADAS
17/06 (DOM) – Brasil x Suíça – 15h: Bell Marques, Luan Estilizado, Ralk e Pedro Luccas;
22/06 (SEX) – Brasil x Costa Rica – 9h: Thiaguinho, Gabriel Diniz, Sax In The House, Mesa Doze e Pedro e Erick;
27/06 (QUA) – Brasil x Sérvia – 15h: Atitude 67, Avine Vinny, José Pinteiro (Jopin) e Banda Dubê.

CAMAROTES (20 pessoas)
Camarote exclusivo, espaço privativo, climatizado, equipado com mobiliário e TV,
banheiro exclusivo e vista privilegiada.
Inclui (por camarote):
✓ 01 garrafa de Whisky 12 Anos;
✓ 01 garrafa de Vodka Super Premium;
✓ 50 cervejas, 20 refrigerantes + 20 águas;
✓ Buffet (finger foods) para 20 pessoas durante a transmissão de cada jogo;
✓ 05 vagas do estacionamento interno.
Camarotes avulsos (Jogo Individual) – R$ 6.500,00
Casadinha Camarotes (3 Jogos) – R$ 16.000,00
Informações e venda: (84) 3673-6800 (segunda à sexta, das 9h às 18h)
Venda exclusivamente na Arena das Dunas. Aceitamos os cartões ELO, VISA e MASTERCARD em até 4x (exclusivamente Camarotes).
Importante: Combos extras de bebidas serão vendidos a parte.

DESCONTOS PARCEIROS CONVENIADOS
Exclusivamente Ingressos Avulsos e Casadinhas 3 Jogos

TELEPESQUISA
Usuário do aplicativo Telepesquisa têm 50% de desconto em até 02 ingressos
(valor inteiro) dos jogos. É obrigatória a apresentação do voucher de desconto impresso ou na tela do smartphone, na compra e na entrada dos jogos. Desconto não cumulativo com demais benefícios e/ou descontos.

CABO TELECOM
Assinante Cabo Telecom tem 50% de desconto em até 02 (dois) ingressos (valor inteiro) dos jogos. É obrigatória a apresentação da última fatura paga e documento de identidade, na compra e na entrada dos jogos. Desconto não cumulativo com demais benefícios e/ou descontos.

OAB/RN / CAARN
Advogado e/ou estagiário regularmente inscrito na OAB/RN têm 50% de desconto em até 01 ingresso (valor inteiro) dos jogos. É obrigatória a apresentação da carteira funcional, na compra e na entrada dos jogos. O mesmo desconto se aplica para funcionários da OAB/RN e da CAARN mediante apresentação do crachá. Desconto não cumulativo com demais benefícios e/ou descontos.

UNIMED NATAL
Cliente Unimed Natal e médicos cooperados tem 50% de desconto em até 01
ingresso (valor inteiro) dos jogos. É obrigatória a apresentação da carteira do plano UNIMED NATAL e documento de identidade, na compra e na entrada dos jogos. Desconto não cumulativo com demais benefícios e/ou descontos.

VIVA+ SESI
Trabalhador da indústria têm 50% de desconto em até 01 ingresso (valor inteiro) dos jogos. É obrigatória a apresentação do Cartão Viva+ Sesi e documento de identidade, na compra e na entrada dos jogos. Desconto não cumulativo com demais benefícios e/ou descontos.


r87

MPF apresenta ação contra José Agripino por propina em construção de estádio

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou na Justiça Federal no Rio Grande do Norte com uma ação de improbidade administrativa contra o senador José Agripino Maia (DEM) e o empresário José Adelmário Pinheiro Filho, o “Léo Pinheiro”, ex-presidente da OAS. O processo trata do recebimento de quase R$ 1 milhão em propina, pelo parlamentar, em troca de auxílio à empreiteira, responsável pela construção do estádio Arena das Dunas. A obra foi erguida em Natal para a Copa de 2014 por um preço superfaturado em R$ 77 milhões.

Em razão do foro por prerrogativa de função, a denúncia contra o senador sobre o mesmo esquema teve de ser apresentada pela Procuradoria-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal (STF), que em dezembro decidiu pelo seu recebimento (tornando-o réu sob acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro). Somente então os autos foram remetidos à Procuradoria da República no RN para as providências no âmbito civil da improbidade administrativa em primeira instância.

A ação de improbidade impetrada no Rio Grande do Norte pede a condenação dos dois réus por enriquecimento ilícito (artigo 9º, caput e inciso I, da Lei 8.429/1992), com a perda dos bens ou valores envolvidos (no total de R$ 904.224); perda da função pública; suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos; pagamento de multa de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial; e proibição de contratar com o Poder Público, pelo prazo de dez anos.

Entre 2012 e 2014, José Agripino recebeu no mínimo R$ 654.224 por meio de depósitos fracionados em sua conta e, pelo menos, outros R$ 250 mil disfarçados em “doações eleitorais” ao Diretório Nacional do DEM, presidido por ele. Em sua delação, o doleiro Alberto Youssef confirmou ter enviado quantias em dinheiro a Natal (R$ 3 milhões entre 2011 e 2014), para atender a “interesses” da OAS, que na época só possuía o estádio como obra de grande porte no estado. Os depósitos para o senador foram exatamente em datas próximas à vinda dos emissários do doleiro.

Entrave – A principal atuação de Agripino em prol da empreiteira foi a ajuda dada na liberação de parcelas do financiamento do BNDES para a obra, em 2013. Naquele ano, essa liberação dependia de um aval do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) quanto ao projeto executivo da arena. Caso o tribunal apontasse sobrepreço ou superfaturamento, as parcelas seriam suspensas.

A OAS, no entanto, não havia apresentado ao TCE o projeto executivo completo e, dessa forma, não havia como o tribunal atestar a regularidade. Léo Pinheiro, então, solicitou a intervenção do senador e este chegou a reunir, em seu próprio apartamento, o relator do processo no TCE junto com representantes da empresa e do Governo do Estado.

O tribunal potiguar nada comunicou ao banco, nem ao Tribunal de Contas da União (TCU), e os repasses do financiamento continuaram ocorrendo normalmente. Somente em 2016 a área técnica do TCE-RN analisou os elementos apresentados pela OAS e constatou sobrepreço e superfaturamento totalizando R$ 77.532.187,35.

Relação – Durante a Operação Lava Jato, foram resgatadas mensagens trocadas entre o senador e o empresário tratando de encontros, troca de presentes e até mesmo a solicitação de uma aeronave para fins particulares pelo parlamentar. Os dados telefônicos comprovam 124 chamadas entre os dois, de 2012 a 2014. “Os elementos da investigação mostram que se tratava de relacionamento baseado em troca de favores e benefícios espúrios”, reforça o MPF.

Confira a íntegra da ação de improbidade (0800812-23.2018.4.05.8400) clicando AQUI.

Da Assessoria MPF


contex

Depois de 13 anos, Sepultura volta a fazer show em Natal

Ausente dos palcos potiguares há 13 anos, uma das maiores de banda de rock do País, o Sepultura desembarcará em Natal no próximo dia 2 de dezembro para ser a principal atração do Sander Som Rock Festival, na Arena das Dunas, a partir das 15h.

Serão 10 horas de muito Rock Roll com o Sepultura e mais as bandas locais Comando Etílico e o Taxímetro. Son Of A Witch, Sex N Roll, Terrorzone, Side Control, Fullsion0 e Hardwind.

Os ingressos estão sendo vendidos na Zeppelin Rock Store, em frente a UNP da Salgado Filho, Paddys Natal Shopping e Garagem Tatoo. Os valores atuais são de R$ 200,00 inteira e R$ 100 meia. No Sábado, dia do evento, estudante será R$ 120,00 e inteira R$ 240,00.

Por Assessoria


senhoritta

Arena da Propina

De junho a outubro de 2014, mais R$ 400 mil foram repassados pela Carioca Engenharia, através de doações eleitorais oficiais feitas à conta de campanha de Henrique Alves para o Governo do Estado. Eduardo Cunha já vinha agindo em prol dos interesses da Carioca, em especial entre os anos de 2011 e 2013, por meio da obtenção de financiamento perante a Caixa Econômica para obras do Porto Maravilha, no Rio de Janeiro. Em função dessa “ajuda”, os dois ex-deputados receberam propina no exterior, “fato que já é objeto de ação penal própria”.

A Andrade Gutierrez, por sua vez, doou ao Diretório do PMDB no RN R$ 1,25 milhão entre julho e setembro de 2014, dos quais R$ 100 mil foram diretamente para a conta de campanha de Henrique Alves. “Os valores consistiram em contrapartida pela atuação de Eduardo Cunha na alteração da redação da Medida Provisória n. 627/2013, que tratava da tributação do lucro de empresas brasileiras no exterior, de modo que o texto final (…) contemplasse os interesses da empresa, o que acabou de fato ocorrendo.”

Mas não parou por aí, no caso da Arena das Dunas, a OAS necessitava de aval do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) para a liberação de novas parcelas do financiamento do BNDES para a obra. Contudo, o tribunal não teve acesso ao projeto executivo completo e não podia avalizar a liberação. Henrique Alves foi procurado pela empreiteira e se dispôs a agir junto ao TCE e ainda a ir “pra cima do TCU”, o Tribunal de Contas da União.

No Acórdão 1982/2013, o TCU comunicou ao TCE/RN que, “apenas em situações em que fosse constatada irregularidade de gravidade suficiente, o fato fosse comunicado ao BNDES”. Como o tribunal potiguar não tinha as informações necessária para se posicionar sobre o assunto, o banco continuou a liberar as parcelas e a obra foi concluída, com um superfaturamento de R$ 77 milhões.

O conselheiro relator do caso no TCE, Carlos Thompson Fernandes, informou que Paulo Roberto Alves – então presidente do tribunal e primo de Henrique Alves – declarou a ele em um conversa que o ex-deputado “o tinha procurado em busca de informações sobre esse processo”. Em mensagens, Henrique antecipou a Léo Pinheiro que falaria com o primo para buscar o aval do TCE.

“Ele [Henrique Alves], no mínimo, omitiu-se de seu dever funcional, como parlamentar federal, de fiscalizar a regular aplicação de recursos do BNDES, para, em vez disso, favorecer interesses particulares de empreiteira”, reforça o MPF, acrescentando que o ex-parlamentar ainda obteve vantagens indevidas da OAS no contrato de utilização da Arena das Dunas, para as equipes do ABC Futebol Clube e do América de Natal, que receberam, somente a título de “luvas”, o valor de R$ 2 milhões da empreiteira, cada uma.


r87

Arena da Propina

Em uma ação promocional realizada numa universidade em Natal, o estádio Arena das Dunas foi tema para um “game quiz” sobre sua história recente e números monumentais. Os estudantes logo fizeram filas para responder algumas perguntas sobre o estádio da Copa do Mundo Brasil 2014, outros evitaram o game por desconhecer informações sobre a Arena.

Uma frase de uma estudante astuta logo chamou atenção em um grupo pequeno: “Sobre a Arena das Dunas, eu só sei que Henrique Alves pediu propina para ele e o [Eduardo] Cunha.”

Sabe tudo, essa já pode receber o diploma!


contex