Carlos Alberto

Fátima Bezerra lidera pesquisa AgoraRN/Perfil

Do Portal Agora RN

A cinco dias da votação, a senadora Fátima Bezerra (PT) lidera a corrida para o Governo do Estado, segundo levantamento da Perfil Pesquisas contratado pelo jornal Agora RN. Na estimulada, a senadora aparece com 33,71% das intenções de voto e, de acordo com a sondagem, enfrentaria no segundo turno o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) – que tem 23,43%.

O terceiro colocado é o governador e candidato à reeleição Robinson Faria (PSD), que surge com 8,64% na pesquisa. Na sequência, vêm Brenno Queiroga (Solidariedade), com 1,29%; Carlos Alberto Medeiros (PSOL), com 1,07%; Freitas Júnior (Rede), com 0,36%; Dário Barbosa (PSTU), com 0,21%; e Heró Bezerra (PRTB), com 0,07%.

A soma dos adversários de Fátima totaliza 35,07%, apenas 1,36% a mais do que as intenções de voto na petista. Logo, segundo a pesquisa, há chances de a senadora vencer o pleito ainda no primeiro turno. A margem de erro do levantamento é de 2,61%.

Segundo o levantamento Agora RN/Perfil, 14,36% dos eleitores estão indecisos, enquanto 16,86% pretendem anular ou votar em branco.

Na pesquisa espontânea, quando os entrevistados podem citar qualquer nome, Fátima tem 28,29%, contra 18,36% de Carlos Eduardo e 7,14% de Robinson Faria. Brenno tem 1,07%; Carlos Alberto, 0,29%; Freitas, 0,21%; e Dário, 0,07%. Heró Bezerra não pontuou e outros nomes foram lembrados por 0,29%.

A pesquisa ouviu 1,4 mil eleitores entre os dias 28 e 30 de setembro em 57 municípios de 12 regiões do Estado. A margem de erro é de 2,61% para mais ou menos, com intervalo de confiança de 95%. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo RN-05433/2018.


contex

Professor Carlos Alberto percorre o Oeste do RN

O candidato do PSOL ao Governo do RN, Professor Carlos Alberto, passou o fim de semana no Oeste Potiguar. De quinta-feira, dia 20, até esse domingo, 23, foram cerca de 10 municípios visitados.

A viagem começou com o debate da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) na noite da última quinta, 20. Na sexta-feira, 21, fez campanha em Mossoró, concedendo entrevistas à imprensa local e em mobilização com Sandro Pimentel, candidato a deputado estadual pelo PSOL. “Eu e Sandro levamos as ideias da nossa candidatura para os servidores, técnicos e estudantes de outra das principais instituições de ensino do RN, que é a UFERSA (Universidade Federal Rural do Semi-Árido)”, comentou.

Com Sandro Pimentel e com Danniel Morais, candidato do PSOL a deputado federal, o professor foi a Baraúna se encontrar com protetores de animais. “A causa animal faz parte do nosso plano de governo”, citou.

Veio o sábado, 22, e as visitas foram às cidades de Caraúbas, Governador Dix-Sept Rosado e Janduís, município que tem Zé Bezerra como prefeito. Ele é do PSOL. Em todo o país, apenas duas cidades contam com gestores do partido. A outra é Jaçanã, do prefeito Oton Mário, e que também está encravada no Rio Grande do Norte.

No sábado, Salomão Gurgel, candidato a deputado estadual do PSOL, participou das atividades. A visita ao Oeste se encerrou no domingo, 23, com a visita a Campo Grande.


m4net

“Vamos tirar os jabutis do Governo”, declara professor Carlos Alberto

O candidato do PSOL ao Governo do Rio Grande do Norte, Professor Carlos Alberto, foi o entrevistado da Inter TV Cabugi e também da TV U nessa quinta-feira (13). Nas conversas, ele apresentou as propostas para o estado.

O professor prometeu “tirar todos esses jabutis do governo, que são pessoas que ganham sem trabalhar, porque têm apadrinhados políticos”.

Confira outros pontos das entrevistas:

Consórcios

“Nós vamos fazer uma política de alianças diferente, da seguinte forma: cada microrregião do estado vai fazer um pacto pelo seu desenvolvimento social e econômico. Naqueles municípios que formam a microrregião, nós vamos fazer consórcios, que observarão os problemas daquela determinada área para que se busque uma solução”, disse.

Compromisso

“Vou assumir um compromisso com você, cidadão. Não nomearemos para a máquina pública do estado pessoas que não forem concursadas. Nós trabalharemos com os concursados. Meu compromisso é com o cidadão e com o servidor público de carreira. Nós vamos recompor a máquina pública”, afirmou.

Recuperação da economia

“Nós vamos recuperar a economia. Primeiro baixando os impostos porque, para a economia voltar a girar, nós precisamos baixar os impostos. Nós cobramos as mais altas alíquotas de imposto. Então nós vamos reduzir gradativamente, para que a economia volte a girar. Nós precisamos retomar o poder de consumo porque você cidadão está pagando os mais altos impostos do Brasil. Talvez não saiba, mas paga. Todos nós pagamos. Então, essa indignação tem que existir nas pessoas. Nós temos que mudar isso, dar um basta nessa gestão completamente louca que existe no Rio Grande do Norte com a eleição contaminando a política. Uma medida que nós iremos tomar que vai resolver o problema do estado, da gestão estadual, é implantar em todas as licitações públicas a presença de observadores sociais. Essas pessoas vão conferir essas licitações”, comentou.

Retomada da Arena das Dunas

“A OAS veio aqui, para um estádio que custa R$ 330 milhões, porque existiu um superfaturamento financiado pelo BNDES – 330, 340 milhões de reais, e nos vendeu por R$ 1 bilhão e 200 milhões. Nós já pagamos. Nos últimos cinco anos, até o final deste ano, nós já vamos ter pago R$ 500 milhões por uma coisa que custou R$ 330 milhões. Já tá pago”, defendeu o professor.


r87

Professor Carlos Alberto apresenta propostas para fazer o RN crescer a empresários

O candidato a governador pelo PSOL, Professor Carlos Alberto, apresentou nesta terça-feira (21), as propostas do Plano de Governo para empresários potiguares com o objetivo de reverter o atual cenário de crise em vários setores do Rio Grande do Norte.

O evento, realizado na Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern), serviria para receber a Agenda 2019-2022 alinhada ao Mais RN, contudo, o candidato se antecipou, estudou o documento e apresentou as propostas.

“Sou professor e aproveitei para estudar ponto a ponto as reivindicações da categoria para todos os setores. Nosso Plano de Governo contempla muitos dos pontos reivindicados. Está na hora de dizer ‘chega’, de realmente arregaçarmos as mangas e trabalharmos de forma responsável para fazer o RN voltar a crescer”, disse.

Entre as propostas para o setor econômico, Carlos Alberto defendeu a revisão do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio Grande do Norte (Proadi) para estimular os pequenos e médios produtores e industriais, o fortalecimento da economia regional, implantação de novos modais de transporte e escoamento, conclusão de projetos logísticos e incentivar a criação de mais postos de trabalho.

O encontro contou com a presença de representantes de representantes de vários setores da economia potiguar.


r87