Estelionato

Golpe no WhatsApp: Nome do Padre Aerton é usado para captar dinheiro

O nome do Padre Aerton Sales, ex-pároco de Santa Cruz, foi usado numa tentativa de golpe pelo WhatsApp. Algumas pessoas confirmaram em grupos de WhatsApp as tentativas de golpe, e que ao procurar contato direto com o Padre identificaram que se tratava de um golpe.

Um suposto pai de uma criança pedia uma ajuda de R$ 1.300,00 para uma criança, que necessitaria de medicação. Após verificação que se tratava de um golpe, as informações foram reunidas e divulgadas nas redes sociais, alertando do possível golpe.

Em contato com Nova Cruz, onde o Padre Aerton é o atual pároco daquela Paróquia, foi informado de que já foram tomadas as medidas para resguardar os direitos do sacerdote, e que não foi a primeira vez que estão usando o nome dele. As autoridades policiais já foram informada da situação.


alrn-hoz

Estelionatários usam nome do deputado Benes Leocádio para aplicar golpe via WhatsApp

Criminosos estão utilizando o nome do deputado federal Benes Leocádio (PRB-RN) para aplicar golpes pelo telefone. A ação consiste no envio de mensagens por meio de aplicativo WhatsApp, com pedidos de favores bancários como depósitos e ajuda assistencial financeira. O caso já está sendo oficialmente denunciado pelo parlamentar para investigação policial.

Os golpistas entram em contato com as vítimas se passando pelo deputado Benes e pedem ajuda financeira. Em um dos casos, foi solicitado auxílio financeiro para compra de remédios, com urgência, para atender às necessidades de uma determinada criança que seria transplantada. As mensagens estão sendo enviadas pelos números: (84) 99213-7043 e (61) 98112-1000.

Benes alerta que qualquer exigência telefônica que objetive transferência de dinheiro não é verdadeira. “Peço aos amigos para ficarem atentos e não caírem no golpe. Reitero que não façam depósitos bancários em meu nome, sejam quais forem as circunstâncias. Avisem imediatamente à Polícia quando forem contatados para este fim”.


m4net

Tribunal de Contas reforça alerta para golpe de estelionatários

O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte reforça o alerta para que prefeituras municipais e demais órgãos e gestores públicos fiquem atentos a ligações telefônicas de pessoas desconhecidas solicitando depósitos bancários por suposto pedido de membros desta Corte ou mesmo se passando por eles

O alerta se dá especialmente pela reincidência desse tipo de golpe que, apesar das recentes prisões e condenações de estelionatários, continua registrando ocorrências e, consequentemente, sendo alvo de investigação policial.


alrn-hoz