Falecimento

Morre o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulinho Emídio

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio de Medeiros, morreu na madrugada desta segunda-feira (9), aos 59 anos, em Natal. Paulinho, como era conhecido, lutava contra um linfoma não Hodgkin (LNH) e estava internado desde 20 de abril na Policlinica, no Alecrim, quando se licenciou da prefeitura.

Paulinho deixa a mulher, Terezinha Maia, duas filhas, Emília Caroline e Natália Candice, e três netos, Davi Vinícius, Theo Henrique e Thomas Carlos.

O velório acontecerá às 11h30 no ginásio de esportes do bairro Amarante, em São Gonçalo, onde haverá missa aberta ao público. À tarde, o cortejo seguirá para São Fernando, no Seridó, para ser velado no ginásio de esportes Paulo Emídio de Medeiros, no bairro Vital Galdino, e sepultado às 8h da terça-feira (10) no cemitério municipal.

Com informações da Tribuna do Norte


senhoritta

Morre Garibaldi Alves, pai do ex-senador Garibaldi Filho

Faleceu nesta quinta-feira (07) o ex-senador Garibaldi Alves, aos 98 anos, um dos fundadores do MDB no Rio Grande do Norte, e pai do ex-governado e ex-senador Garibaldi Filho.

Confira a nota emitida pelo partido:

Nota de falecimento

É com profundo pesar que a direção do Movimento Democrático Brasileiro no Rio Grande do Norte (MDB-RN) comunica o falecimento de Garibaldi Alves, aos 98 anos, ocorrido por volta das 4h30 desta quinta-feira, dia 7 de abril.

Garibaldi estava em casa, em Natal, e faleceu por causas naturais.

O velório acontece hoje (7), no cemitério Morada da Paz, em Emaús, a partir das 12h, missa às 17h e sepultamento previsto para às 18h no mesmo local.

Garibaldi Alves foi um dos fundadores do MDB no Rio Grande do Norte. Assumiu os cargos de deputado estadual (três mandatos), vice-governador e senador.

Era filho de Manuel Alves Filho e Maria Fernandes Alves, viúvo de Vanice Chaves Alves e pai do ex-senador Garibaldi Alves Filho, Paulo Roberto Chaves Alves, Maria Auxiliadora Alves dos Santos e Maria das Graças Alves Emerenciano. Além dos 4 filhos, ele deixa 10 netos, 15 bisnetos e uma trineta.


alrn-hoz

Morre Dona Cleonice Dias, mãe do prefeito Álvaro Dias

Faleceu na noite deste sábado (26), em Natal, Dona Cleonice Costa Dias, mãe do prefeito Álvaro Dias.

Dona Cléa, como é mais conhecida, estava internada na UTI do Hospital Memorial São Francisco, com pneumonia e complicações da idade.

Viúva do ex-deputado Adjuto Dias, Dona Cléa deixa de filhos: Álvaro, o conselheiro do TCE, Renato Dias; a médica Débora Dias, Anselmo, Beto, Andréa e Adriana.

Do Blog do Heitor Gregório


senhoritta

Morre Luci Morais, esposa do vereador Paulo César Beju

Uma triste notícia tomou conta das ruas e redes sociais na manhã desta sexta-feira (23). O falecimento da esposa do vereador Paulo César Beju (PL).

Luci lutava contra um câncer de mama, que teve agravamento nos últimos dias. Ela faleceu em Natal, e deixa o marido, Paulo César, e três filhos, Layane, Elane e Cesinha.

A missa de corpo presente de Luci Morais acontecerá às 18:00h, na Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia. Após a celebração, o cortejo segue para Rodelas, na Bahia, terra natal dela.


alrn-hoz

Faleceu Nathan Rocha

O adolescente Nathan Rocha da Silva, de 17 anos, filho de Elidiane e Ivan, moradores da rua Manoel Moreira Gato, no bairro Maracujá, em Santa Cruz, que mobilizou uma grande campanha pelas redes sociais por doação de sangue, faleceu no início desta noite. O adolescente estava na UTI do Hospital do Coração, em Natal.

Ele foi diagnosticado com Leucemia e estava precisando de doadores de sangue com urgência, mobilizando amigos e parentes para doações urgentes, inclusive já na manhã desta terça-feira (6).

Nossas condolências à família pelo falecimento do jovem.


r87

Morre, aos 86 anos, o poeta Ferreira Gullar,

O Acadêmico, poeta e teatrólogo Ferreira Gullar morreu no dia 4 de dezembro, domingo, às 10 horas, aos 86 anos, na UTI do Hospital Copa D’Or, no bairro de Copacabana, Rio de Janeiro, onde estava internado há 20 dias, vítima de pneumonia.

O corpo foi trasladado para prédio da Biblioteca Nacional, na Avenida Rio Branco, Centro, às 17 horas. No dia 5, segunda-feira, seguiu para a Academia Brasileira de Letras, local do velório, de onde saiu às 15 horas, para o mausoléu da ABL, no Cemitério São João Batista, no bairro de Botafogo.

Ferreira Gullar deixa dois filhos, Luciana e Paulo, e oito netos, e a companheira Cláudia, com quem vivia atualmente. Seu último livro foi Autobiografia poética e outros textos, lançado este ano pela Editora Autêntica.

Sétimo ocupante da cadeira nº 37, eleito em 9 de outubro de 2014, na sucessão de Ivan Junqueira, e recebido em 5 de dezembro de 2014, pelo Acadêmico Antonio Carlos Secchin.

Ferreira Gullar, cujo nome verdadeiro é José de Ribamar Ferreira, nasceu em São Luís do Maranhão, em 10 de setembro de 1930, numa família de classe média pobre. Gullar afirmava que a poesia é sua atividade fundamental.


alrn-hoz