Jornalismo

Blog do Wallace é o mais lembrado em votação no Instagram

Pausa nas notícias para comemorar mais uma premiação do nosso Blog!

O Blog do Wallace foi o mais lembrado em votação pelo instagram e venceu na votação Melhores do Ano 2021, promovida pelo escritório Kler Carvalho MKT.

Nossa gratidão a todos os internautas que votaram!

Agora vamos seguir o bondinho com as notícias.


alrn-hoz

Morre a jornalista Cristiana Lôbo

O Brasil perdeu nesta quinta-feira (11) uma das mais importantes e influentes jornalistas de política do país. Cristiana Lôbo completou uma carreira de mais de 40 anos de jornalismo e tinha 64 anos.

Ela nasceu em Goiânia. Ainda na faculdade, começou cobrindo a política do estado, até se mudar para Brasília. No jornal O Globo, acompanhou os ministérios da Saúde e da Educação e trabalhou na coluna Panorama Político. Depois de 13 anos foi para o jornal O Estado de S.Paulo, onde assumiu a coluna política. Aí, veio a transição, do impresso para a televisão.

A estreia de Cristiana Lôbo foi na GloboNews, em 1997.

O enterro vai ser nesta sexta-feira (12), em Brasília, restrito à família.

Com informações do Portal G1


r87

Circulação de conteúdo na internet é tema de live no dia (28)

Na próxima terça-feira, dia 28 de julho, a coordenação dos cursos de Pós-Graduação da UnP, integrante da rede Laureate, realiza uma live aberta a todo o público externo para falar sobre a circulação de conteúdo na internet.

Segundo a coordenadora da Pós-Graduação do Campus Mossoró, Profa. Kelly Kercy, o evento on-line também tem como objetivo divulgar o curso de especialização em Gestão da Comunicação e Mídias Digitais. “A nossa expectativa com as lives é proporcionar atualização na área e além disso, oferecer propostas de descontos diferenciados nos cursos de pós-graduação para todos os presentes”, disse a professora Kelly.

Antes da pandemia do coronavírus, a coordenação realizava palestras e outros eventos presenciais para divulgar os cursos, mas diante das orientações de distanciamento social, vem realizando uma série de lives com temas voltados para todas as áreas de atuação dos cursos ofertados.

Na terça-feira, dia 28, a live será comandada pela Professora Convidada Érika Zuza, que é jornalista, mestra em TV digital, criadora do Papo de Mídias, e já lecionou alguns módulos na turma atual da Pós em Comunicação.

A live será transmitida a partir das 17h via Teams e é aberta ao público externo. As inscrições para participar já estão abertas no site www.unp.br/eventos e os inscritos receberão link de acesso para assistir a live.

“Os participantes receberão uma oferta especial, caso tenham interesse em ingressar na Pós-Graduação em Gestão da Comunicação e Mídias Sociais do Campus Mossoró, por isso será imperdível, além do tema que é super atual”, finalizou a Profa. Kelly Kercy, coordenadora da Pós-Graduação em Mossoró.


senhoritta

Em tempos de mentiras é preciso o bom jornalismo

O tempo é de opiniões se tornando verdades e distorcendo fatos. São tempos bem difíceis, quando colocamos nossas “vontades” e crenças pessoais acima da verdade dos fatos.

Tive o prazer de passar pelos oito semestres do curso de Jornalismo, na oportunidade aprendi muito com professores, profissionais e colegas de turma. Uma experiência que traz saudade e me inspirar a fazer o que mais sei: COMUNICAR!

Seja qual for a plataforma, a comunicação é minha vida. Com este tempo de pandemia, o jornalismo precisa ficar mais vigilante do que nunca, não sendo um quarto ou quinto poder, mas fazendo o seu papel de analisar e checar as informações, levar a verdade para você.

Em tempos de mentiras, “fake news”, pós-verdade ou qualquer outra sombra é preciso que o bom jornalismo se destaque para salvar a sociedade da lama das inverdades.

Voltamos! Aguarde carta…


m4net

Departamento de Comunicação da UFRN recebe inscrições para Semana de Jornalismo

O Departamento de Comunicação (Decom) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebe até o dia 20 de Maio, as inscrições para a Semana de Jornalismo 2018. O evento é aberto para todos os públicos.

A Semana de Jornalismo acontece entre os dias 23, 24 e 25 de Maio, o tema da edição deste ano é Fake News e a Era da Pós-Verdade. A temática em questão abre uma discussão sobre as noticias falsas que circulam na rede, dentro de uma conjuntura em que a sua proliferação se torna uma ameaça ao ofício jornalístico, tornado responsabilidade de toda uma comunidade refletir, educar e combater tal prática de criação e divulgação das chamadas fake news.

O evento é uma experiência de aprendizado e interação que reúne profissionais, docentes e estudantes do Jornalismo para discutir um tema em destaque na área. A conferência principal da programação contará com a presença da jornalista Cynara Menezes e acontece no auditório do Departamento de Educação Física, às 19h. Mais detalhes da programação podem acessados no link bit.ly/2Kkro7n.

Os interessados em participar no evento devem se inscrever no site da Semana de Jornalismo que pode ser acessado no link bit.ly/2Gc6vsK e posteriormente preencher os dados nos formulários em cada oficina que queria participar. Outras informações sobre as inscrições podem ser obtidas pelo e-mail semanadejornalismoufrn@gmail.com ou pelas redes sociais do evento no Facebook bit.ly/2jYSWUB.


contex

Mídia, Democracia e Direitos Humanos serão debatidos em seminário da UFRN

O Grupo de Pesquisa Ecomsul (Epstemologias e Práticas Emergentes e Transformadoras em Comunicação) realiza o 1º Seminário Nacional de Observatórios de Mídia, Democracia e Direitos Humanos, que ocorrerá no Departamento de Comunicação – Decom (ao qual é vinculado) no dia 28 de novembro. O objetivo e exibir a primeira mostra de Mídias e Direitos Humanos do Decom.

O seminário é um evento de extensão vinculado a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e, além de trazer a Mostra do material midiático observado, também apresentará os resultados do MOM Brasil (Media Ownership Monitor), realizado pelo Coletivo Intervozes e Repórteres sem Fronteiras. Na ocasião também será lançado o Amaru (Observatório Latino Americano de Comunicação, Mídias e Direitos Humanos) e será apresentado resultados do monitoramento das violações aos direitos humanos do programa de tv Patrulha da Cidade (em 2017.2 e anual). O encontro vai expor as experiências dos Observatórios de Mídia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Para o professor Hélcio Pacheco, “o Seminário propõe discutir o poder da mídia que às vezes ultrapassa os limites da lei. Então, a gente traz essa questão para dentro da Universidade, para que as pessoas possam ter uma reflexão acerca da violação dos direitos humanos”, declara.

O evento, que será aberto ao público, laçará o primeiro Observatório de Mídia do Decom, e o MOM Brasil no RN. A ideia é que os trabalhos, monitorias e pesquisas, contribuam com a democratização das informações a respeito de quem são os donos da mídia brasileira (MOM Brasil).

O objetivo é expor trabalhos dos estudantes de comunicação (através da Mostra de Mídia e Direitos Humanos) e promover um diálogo entre os Observatórios de Mídia da UFRN, UFPE e UFES.

Programação:

Dia 28 de novembro
Local: Auditório I – DECOM/UFRN
13h às 22h – Mostra de Mídia e Direitos Humanos
15h – Quem controla a mídia no Brasil? Jonas Valente, MediaOwnership Monitor – MOM Brasil (Intervozes e Repórter Sem Fronteiras);
17h – Lançamento do Amaru – Observatório Latino Americano de Comunicação, Mídias e Direitos Humanos (Grupo de pesquisa ECOMSUL – Epistemologias e Práticas Emergentes e Transformadoras em Comunicação, Mídias e Cultura);
18h30 – Conferências:
1 – Observatórios de Mídia, Democracia e Direitos Humanos – Profº. Dr. Edgard Rebouças (Observatório da Mídia/UFES)
2 – Observatórios de Mídia, Gênero, Classe e Raça – Profª Dra. Ana Veloso (OBMídia/UFPE)

As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 27 (também para público externo à UFRN) via e-mail seminario.obmddh@gmail.com). O evento é uma realização do Grupo de pesquisa Ecomsul . Contando com apoio da Adurn, CCHLA (Centro de Ciências Humanas Letras e Artes) e Decom; e tendo por parceiros o Grupo de Pesquisa Eduardo Galeano, a Agência Fotec de Comunicação Experimental Multimídia, Rádio Jamboo, Projeto Tela Livre, e o Projeto de Monitoria Comunicação, Democracia e Direitos Humanos.


r87

Departamento de Comunicação realiza Semana de Jornalismo da UFRN

O Departamento de Comunicação Social (Decom) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza a 1ª Semana de Jornalismo da UFRN entre os dias 8 e 12 de maio. O evento debate os novos formatos e as novas linguagens do jornalismo.

A solenidade oficial de abertura acontece terça-feira, 9, a partir das 18h30, no auditório do Departamento de Educação Física, com a conferência As práticas jornalísticas no cenário da comunicação em rede, ministrada pelo jornalista Leandro Fortes (Agência Cobra Criada, Brasília).

O evento conta com minicursos com os temas Um outro jornalismo é possível; A cobertura jornalística de ciências; A reportagem no telejornalismo; Jornalismo e o Público LGBT. Haverá também as oficinas Videorreportagem; Fotojornalismo de conflito; Jornalismo de dados; Ser youtuber; Jornalismo e o público LGBT e mesas-redondas sobre Desafios e perspectivas do jornalismo esportivo no RN e Condições de trabalho do jornalista potiguar, além de mostras de fotojornalismo e documentários.

A inscrição para a Semana é gratuita e feita via Sistema Integrado de Gestão de Atividades (Sigaa). As vagas para as oficinas e minicursos são limitadas e serão feitas no local da realização. Para obter mais informações e ver a programação completa, acesse a página do evento no Facebook.


contex