Luiz Almir

Luiz Almir chama Ivete Sangalo de vagabunda

O ex-vereador e comunicador Luiz Almir, da Rádio 96 FM de Natal e Band RN, criticou a cantora baiana Ivete Sangalo após show em Natal, quando o público gritou: “Ei Bolsonaro, vai tomar no cu”. O evento aconteceu na noite de 29 de dezembro, a plateia começou a campanha contra o político. “Não ouvi, está baixinho”, disse Ivete. Após a fala de Ivete, os fãs passaram a repetir a frase com um tom de voz mais alto. Enquanto isso, ela dançou no palco e comemorou o coro.

Em seu programa de rádio, na 96FM, Luiz Almir ofendeu repetidamente a cantora e a chamou de “vagabunda” e “decadente”. “Uma cantora que já tá em decadência, que envergonha o nome das mulheres. Eu gostava, não escuto. Em uma televisão, se ela tiver cantando eu mudo de canal. E queria que todo mundo fizesse isso, o Rio Grande do Norte fizesse isso”, disse ele.

“A vagabunda da Ivete ‘Sangala’ vem fazer um show pra ganhar dinheiro do povo besta do Rio Grande do Norte, em um hotel cinco estrelas cujo dono deve ser irresponsável também, pois se fosse no meu hotel eu tinha botado ela pra fora. E ela ficou cantando e gritando ‘manda Bolsonaro tomar no cu, não tô ouvindo não’… E o povo gritando, os esquerdistas doentes gritando”, continuou ele.

Na gravação ele ainda diz: “Ela foi paga pra cantar. E não é porque é Bolsonaro não. Podia ser Lula, Antônio, Pedro, Manoel… Não importa quem fosse. Ninguém tem o direito de ir cantar, juntar o povo que paga pra ver o show de uma mulher que já está em decadência, velha, feia, frouxa, e a vagabunda fica mandando a maior autoridade do país tomar no cu em pleno microfone em um hotel cinco estrelas”.

Confira o áudio:


r87