Nova assessoria jurídica afirma que Gean sempre foi o sucessor

Para nossos leitores entenderem melhor, vamos simplificar.

Hoje (03) pela manhã o Blog informou que Paulo César Beju era o presidente da Câmara Municipal, mas este foi entendimento da assessoria jurídica da casa naquele momento, que era comandada pelo advogado Dr. Thiago Jofre.

Paulo César abriu mão para que Gean assumisse, e este último decidiu tomar os atos de exonerar a Diretora Geral e a Assessoria Jurídica. Gean então efetivou então novos atos administrativos na casa, orientados pelos seus advogados.

O que aconteceu agora à tarde?

Todos os atos anteriores tomados pela manhã foram invalidados, e passa a ser registrado e ser válido as decisões do novo presidente interino, Gean Paraibano. Em conversa com o Blog, os advogados afirmaram que nunca existiu outro presidente ou determinação, Gean é o sucessor natural e pode tomar posse como prefeito em uma reunião com três vereadores (Gean, Paulo César e João Victor).