Os duelos legislativos

O vereador João Victor entrou em duelo alguns momentos de seu discurso, e os alvos foram o presidente da casa, Monik Melo, a vereadora Ana Fabrícia e o vereador Thiago Fonseca. No final, ainda rolou um clima estranho com Tarcísio Reinaldo.

Tudo começou quando João Victor questionou o trâmite de projetos, marcação de reuniões de comissões, aceitação de projetos ou pareceres, e inclusive relatou que sempre é o primeiro a discursar, e fez referência a acordos internos entre os vereadores da situação. Nessa primeira parte Monik Melo buscou apaziguar João Victor e Aninha de Cleide, que discordavam desse ponto das inscrições para discursar na tribuna da Câmara.

O grande duelo com Thiago Fonseca se estabeleceu na apreciação do projeto de lei complementar 020/2018, sobre identidade de gênero, e quando foi questionado que um projeto de João Victor necessitava de um parecer para chancelar o mesmo. Thiago e Tarcísio defenderam que isso seria o melhor para garantir aprovação e segurança jurídica, João Victor acusou os vereadores de não quererem aprovar projetos seus, e Tarcísio Reinaldo explicou: “Nós queremos aprovar seu projeto, mas infelizmente ele está prejudicado”.

Os duelos continuaram até o final da sessão. Monik Melo respondeu aos questionamentos de João Victor questionando sua participação nas reuniões da casa legislativa, bem como de um estudo melhor do regimento interno.