Bolsonaro é do PL

O Partido Liberal, o PL, será o destino político do presidente Jair Bolsonaro, que está há dois anos sem partido.

O PL é presidido pelo ex-deputado Valdemar da Costa Neto, um dos nomes envolvidos no caso do Mensalão, que resultou na renúncia do então deputado e na condenação a sete anos de cadeia. Mesmo preso, Valdemar nunca abriu mão de controlar o partido.

Bolsonaro estava em dúvida entre o PP e o PL, mas sentiu a resistência do PP em alguns estados.

Com esse cenário, abre a possibilidade do PP indicar o vice na chapa de Bolsonaro.

Deputados apoiadores de Bolsonaro devem migrar para a legenda, cerca de 15 deputados federais.

Deixe uma resposta


m4net rodapé