PCdoB não quer mudança na chapa de Fátima Bezerra

A costura para fechar as alianças da reeleição de Fátima Bezerra não são as melhores. Se em 2018 foi fácil fechar uma aliança no primeiro turno alinhada com a esquerda, em 2022 não é bem assim.

O PT já conversou com Walter Alves, Garibaldi Filho e agora é a vez de Carlos Eduardo Alves. O ex-presidente Lula apoia a possibilidade do palanque trazer mais aliados, mesmo com dificuldades internas no panorama local.

Em declarações recentes, o PCdoB, que tem a vaga de vice-governador, com Antenor Roberto, não gostou da possibilidade de ter um Alves na linha sucessória da Governadoria.

Antenor Roberto esteve reunido com a deputada federal Natália Bonavides (PT), junto com dirigentes do PCdoB e PT, e o assunto é a entrada dos Alves na aliança para 2022.

Antenor quer continuar vice, o PCdoB não quer perder espaço para o MDB.

Deixe uma resposta


paroquia