Acari

Governo do RN apoia missão de avaliação da Unesco no território do Geoparque Aspirante Seridó

Seis cidades unidas do Rio Grande do Norte buscam a chancela para se tornar mais um Geoparque reconhecido mundialmente pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – Unesco. Entre os dias 22 e 26 de novembro de 2021, o Governo do Rio Grande do Norte apoia missão no território do Geoparque Aspirante Seridó, que receberá a visita de dois representantes do Órgão para avaliar o território.

Será um momento de observação da infraestrutura turística, aspectos ambientais, sociais e culturais da região junto aos municípios de Acari, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Lagoa Nova e Parelhas.

“O desenvolvimento turístico do Geoparque Aspirante Seridó o torna um produto inovador para o Estado do Rio Grande do Norte. Um produto que dialoga com a proposta da gestão atual em intensificar a interiorização da atividade turística, assim como com a proposta de segmentação da atividade, destacando-se no território os segmentos de ecoturismo e aventura”, ressalta o presidente da Empresa de Promoção Turística do Estado (Emprotur), Bruno Reis.

Para o Prof. Marcos Nascimento do Departamento de Geologia da UFRN e Coordenador Científico do Geoparque Aspirante Seridó as expectativas com a visita são as melhores possíveis. “Estamos trabalhando nas premissas de um Geoparque Mundial da Unesco com foco na conservação, educação e desenvolvimento sustentável, com destaque para o turismo. Então o que a gente quer agora é mostrar aos avaliadores o quão essas ações já estão promovendo esse desenvolvimento e favorecendo a população local”, explica.

A ação ocorre em parceria com a Setur e Emprotur, com o Consórcio Público Intermunicipal Geoparque Seridó, a UFRN e o Serviço Geológico do Brasil-CPRM, que apoiam e promovem a vinda dos avaliadores com o objetivo de desenvolver e aperfeiçoar o padrão de qualidade de todos os produtos e práticas vinculadas ao território, além de promover os equipamentos turísticos de forma sustentável. A missão também terá o acompanhamento de um técnico do Ministério do Turismo.

Após o período da missão, os avaliadores irão produzir um relatório técnico com informações importantes a cerca do território e cujo resultado será oficializado até abril de 2022. O resultado positivo colocará o Geoparque Aspirante Seridó na seleta lista de Geoparques Mundiais da Unesco, que atualmente conta com 169 geoparques em 44 países de todo o mundo, além de incluí-lo também na Rede de Geoparques Mundiais.

Imagem: Joca Soares


r87

50 anos do falecimento de Monsenhor Walfredo Gurgel

O Rio Grande do Norte lembra hoje os 50 anos do falecimento do ex-governador Walfredo Gurgel, vítima de um câncer aos 62 anos, no dia 04 de novembro de 1971. Seus restos mortais repousam na Catedral de Sant’Ana de Caicó

Walfredo Dantas Gurgel nasceu em 02 de dezembro de 1908, na cidade de Caicó, no Seridó. Fez o Seminário Menor em Natal e cursou Filosofia e Teologia em Roma. Fez doutorado em Direito Canônico. Foi ordenado padre no ano de 1931.

Walfredo desempenhou as funções de professor, vice-reitor e reitor do Seminário de São Pedro (Natal). Passou pelas Paróquias de Nossa Senhora da Guia (Acari) e Sant’Ana (Caicó). Foi Monsenhor e vigário-geral da Diocese de Caicó.

Foi eleito deputado federal pelo PSD em 1945, e participou dos trabalhos da Constituinte de 1946. Em 1960 foi eleito vice-governador, pela coligação “Cruzada da Esperança” na chapa encabeçada por Aluizio Alves, do PSD. Walfredo derrotou o deputado federal mossoroense Vingt Rosado, companheiro da chapa encabeçada pelo deputado federal Djalma Marinho, ambos da UDN. Naquela época, o governador e o vice eram votados e eleitos separadamente.

Walfredo acumulou o cargo de Presidente da Assembleia Legislativa, conforme determinava a Constituição Estadual da época. No ano de 1962, elegeu-se senador da República, pelo PSD. Mas em 1965 foi eleito governador do RN, derrotando o ex-senador Dinarte Mariz (UDN). Ficou no cargo até 1971, em plena ditadura militar (1964-1985).


contex

Ezequiel reúne prefeitos, Caern e Semarh visando abastecimento d’água para Acari e Currais Novos

Diante do risco de um novo colapso no abastecimento d’água ser registrado nas cidades de Acari e Currais Novos, no Seridó potiguar, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), reuniu os prefeitos Fernando Bezerra, (SDD) de Acari, e Odon Júnior (PT), de Currais Novos, além do superintendente da Caern, Roberto Sérgio Linhares, e o secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti. O encontro, que também contou com a presença do deputado Francisco do PT, teve como objetivo buscar uma solução para se antecipar ao problema e amenizar os efeitos que atingirão os cerca de 60 mil habitantes das duas cidades.

“Importante agradecer a presença de todos que estiveram conosco nesse encontro para esta reunião que, na verdade, se antecipa a questão para que não ocorra os mesmos problemas que já assistimos no passado. Esse ano tivemos um inverno fraco, e se mantendo essa possível estiagem, temos que buscar alternativas. E aqui conseguimos chegar a esse entendimento que atende a estas cidades de maneira emergencial”, disse Ezequiel. O presidente da Casa ainda destacou que a solução definitiva para esta situação será a conclusão do Projeto Seridó, que está em vias de ser iniciado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. Ezequiel revelou que buscará contato com o ministro Rogério Marinho para tentar acelerar os trâmites deste projeto.

O pleito principal apresentado pelos dois prefeitos na reunião para evitar colapso no abastecimento a partir de janeiro de 2022 foi a reativação de uma adutora de engate rápido. O superintendente da Caern garantiu que, por enquanto, o abastecimento nos dois municípios está sob controle. A estatal, no entanto, assumiu o compromisso de iniciar os testes na adutora de engate rápido no mês de novembro. “Esta é uma solução emergencial, não é para ser usado normalmente. O ideal é termos uma adutora definitiva. Mas, enquanto isso, vamos adotar medidas para evitarmos um problema ainda maior”, disse Roberto Sérgio Linhares.

A Caern também estuda a possibilidade de iniciar um rodízio no abastecimento das cidades já em outubro, como forma de reduzir o gasto dos recursos disponíveis atualmente. Hoje, o açude Gargalheiras conta apenas com 14% da sua capacidade hídrica. Além disso, ainda adotará ações para evitar a captação da água do açude Dourado para outros fins que não sejam o uso humano.

O secretário João Maria Cavalcanti ressaltou a importância da iniciativa do presidente da Assembleia em reunir os envolvidos na questão para buscar um entendimento, e enfatizou a necessidade de união na busca pelo Projeto Seridó. “Faço inclusive um apelo para que possamos buscar junto a Codevasf uma maior rapidez com o projeto”, completou.

Para o prefeito de Currais Novos, Odon Júnior, “o momento é de união entre todos para que o Estado possa se antecipar a essa problemática que se aproxima e que a população tenha o suporte dessa adutora de engate rápido”. Fernando Bezerra, prefeito de Acari, também destacou o entendimento obtido no encontro, afirmando que os gestores se sentiram contemplados com o compromisso assumido pela Caern. “Precisamos preparar alternativas para o cenário mais crítico e a Caern fará os testes para que o equipamento possa ser utilizado caso necessário”, disse.

Além dos nomes já citados, a reunião ainda contou com as presenças do ex-prefeito de Acari, Isaias Cabral, do secretário municipal de Infraestrutura de Currais Novos, Elton do Ó, e do assessor da Prefeitura de Acari, Raul Dantas. Também esteve presente o diretor de Representação Institucional da Assembleia, Rodrigo Rafael.


m4net

Matriz de Acari é elevada à categoria de Basílica Menor

Sendo a segunda paróquia mais antiga da Diocese de Caicó, erigida em 1835, e uma das mais antigas do estado do Rio Grande do Norte. Acari tem a devoção à Nossa Senhora da Guia, segundo dados oficias, desde 1738, de modo que as cidades ao seu redor têm naquela cidade um referencial da devoção mariana.

E para honrar a história da Paróquia de Nossa Senhora da Guia, o Papa Francisco conferiu a Igreja Matriz o título de Basílica Menor. A Igreja Matriz, que agora passa a ser Basílica Menor pontifícia, foi construída pelo Padre Thomaz Pereira de Araújo, inaugurada em 1867, e pertence a Diocese de Caicó, no Seridó Oriental do Rio Grande do Norte.

Foto: Adriano Campelo

Além de sua história e arquitetura, nela que o Cardeal Eugênio de Araújo Sales recebeu o Sacramento do Batismo, há cem anos. Dom Eugênio foi sacerdote, bispo auxiliar e administrador apostólico da Arquidiocese de Natal, e faleceu no ano de 2012, no Rio de Janeiro, onde residia como arcebispo emérito.

BASÍLICA MENOR

Segundo o documento Domus Ecclesiae (Casa da Igreja),da Congregação para o Culto divino e a Disciplina dos Sacramentos, da Santa Sé, as basílicas são igrejas dotadas de especial importância para a vida litúrgica e pastoral de uma diocese e, por isso, possuem “um particular vínculo com a Igreja de Roma e com o Sumo Pontífice”.

PADROEIRA

As festividades da padroeira de Acari, Nossa Senhora da Guia, é celebrada entre 05 de 15 de agosto, com um grande público prestigiando as comemorações.


m4net

Ezequiel e Rogério Marinho aderem a luta pelo Complexo Industrial do Seridó

Em Acari (RN), o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, receberam das mãos do prefeito eleito de Caicó, Dr. Tadeu, nesta quinta-feira (3), o pleito para a implantação do Complexo Industrial, de Serviços e Comércio de Caicó (CICOM). De pronto o deputado Ezequiel, ao lado dos deputados estaduais Tomba Farias e Gustavo Carvalho (PSDB), encampou a proposta incorporando os prefeitos do Seridó para subscreverem a ação junto ao ministro do Desenvolvimento Regional que determinou o encaminhamento o pleito para estudo técnico como uma proposta para a região Seridó.

Para viabilizar o CISCOM é necessário o apoio financeiro da ordem de R$ 25 milhões a serem aplicados em obras de infraestrutura do referido complexo – como cercamento, portaria, pavimentação, drenagem, água, esgoto, instalações elétricas e de lógica e para a construção de galpões para oficinas de costura, bonelarias, produtos alimentícios e outras atividades melhor detalhadas no plano de trabalho a ser formalizado nesse ministério através da plataforma ‘Mais Brasil’.

Ezequiel Ferreira ao lado do prefeito eleito de Caicó, Dr. Tadeu, disse ser sabedor da especial atenção que o ministro Rogério Marinho tem dedicado à criação de alternativas econômicas sustentáveis para o semiárido e Caicó é um importante polo regional do Rio Grande do Norte e do sertão nordestino, tendo natural vocação para as atividades que serão instaladas no CICOM. “Por isto a iniciativa tem tudo para ser uma ‘alavanca’ para o desenvolvimento sustentável não só da cidade de Caicó, como de toda a região”, disse o deputado que estava em Acari acompanhando a comitiva ministerial para o lançamento da pedra fundamental e assinatura do processo que resultará na construção do Centro de Produção e Eventos “Acari – Cidade da Moda”, que gerará aproximadamente 400 empregos diretos.

O pleito do prefeito eleito Dr. Judas Tadeu de Caicó foi subscrito pelo prefeito eleito Dr. Tiago Almeida de Parelhas, prefeito reeleito Odon Júnior de Currais Novos, prefeito eleito Iogo Queiroz de Jucurutu, prefeito reeleito Luciano Santos de Lagoa Nova, prefeito Marcelo Porto de Bodó, prefeito reeleito Gilson Dantas de Carnaúba dos Dantas, prefeito eleito Raimundo Marcelino – Novinho de Cerro Corá, prefeito José Sally de Currais Novos e Prefeito eleito Joaquim Medeiros de Currais Novos, prefeito eleito Professor Cletson de Equador, prefeito eleito Saint-Clair – Galo de Florânia, prefeito reeleito Galego Paiva de Ipueira, prefeito Elídio Queiroz de Jardim de Piranhas, prefeito reeleito Amazan Silva de Jardim do Seridó, prefeito reeleito Hudson Pereira de Brito de Santana do Seridó, prefeito eleito Genilson Maia de São Fernando, prefeito eleito Aníbal Pereira de São João do Sabugi, vice-prefeito eleito Ricardo Medeiros de São José do Seridó, prefeita eleita Jane Lins de São Vicente, prefeita reeleito Serginho Fernandes de Serra Negra do Norte, prefeito eleito Ivanildinho Albuquerque de Timbaúba dos Batistas, prefeito eleito Inácio Macedo de Tenente Laurentino, prefeito Isaías Cabral, e o prefeito eleito de Acari, Fernandinho Bezerra.


contex

Currais Novos e Acari saem do rodízio de abastecimento

As cidades de Acari e Currais Novos saíram da situação de rodízio para abastecimento normal. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) abastece a cidade de Currais Novos através do Dourado e a cidade de Acari por meio do Marechal Dutra (Gargalheiras). Pela última medição do Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte (IGARN), de 19 de março, o Gargalheiras está com 19% e o Dourado com 100%.

O sistema original do abastecimento das cidades de Acari e Currais Novos era o açude Gargalheiras, tendo em vista que o Gargalheiras pode acumular mais de 44 milhões de metros cúbicos e o Dourado pouco mais de 10 milhões de metros cúbicos. Em função do Gargalheiras ter secado em 2015, a Caern foi obrigada a encontrar alternativas para o abastecimento. Como passar a adotar o uso da água da adutora emergencial com captação na barragem Armando Ribeiro.

As chuvas do ano passado possibilitaram a ativação do abastecimento do Dourado para Currais Novos. Quando estava praticamente secando esse ano, as chuvas fizeram o Dourado transbordar no início de março e suas águas seguem para o Gargalheiras que está recuperando seu volume aos poucos. O açude Dourado está enviando água para Currais Novos diariamente, mas ainda necessita de contribuição do Gargalheiras em dias alternados.

É importante lembrar que mesmo com o abastecimento normal, a população deve continuar a fazer uso racional da água. Nesse momento de pandemia causada pelo coronavírus, a água é essencial, assim como cuidar dela. Portanto, elimine vazamentos internos, não use mangueira para aguar plantas, lavar carros ou calçadas. Adote hábitos simples como fechar torneira na hora de usar o sabonete ou fazer a barba. Não deixe crianças brincando com a água. Evite banhos longos. Previna-se contra o vírus, mas não desperdice.


alrn-hoz

Rafael Motta percorre oito cidades em quatro regiões do RN ressaltando votações e ações do mandato

Um fim de semana com oito cidades em quatro regiões (Seridó, Agreste, Mato grande e Potengi) do Rio Grande do Norte no roteiro para mostrar o trabalho que faz diferença e conversar com a população. Assim foi o ritmo do deputado federal Rafael Motta, candidato à reeleição pelo PSB, no interior do estado.

No sábado, ele esteve em Santo Antônio com o ex-prefeito Lula Ribeiro e algumas lideranças do município. Já em Boa Saúde, conversa com a liderança Pedro Birico acompanhado das vereadoras Sara Souza e Aldenir, que é filiada ao PSB.

Já o domingo começou em Acari em reunião com os amigos Rafael Bezerra e Rafael do Lavacar com um grupo de apoiadores. O ritmo na estrada continuou com destino a Currais Novos. Lá, Motta encontrou com a vereadora Zefinha, que tem sido grande parceira do trabalho do deputado na Câmara dos Deputados.

Em São Gonçalo do Amarante, Rafael Motta conversou com o presidente do PSB na cidade, Adriano Queiroz, e foram ao aniversário do amigo Borboletinha.

A realização do III Fest Fé foi o compromisso do deputado Federal em Poço Branco. Na cidade, ele foi acompanhado pelos vereadores Rodrigo Lucas (PSB) e Gué Carneiro.

A quinta cidade visitada foi Touros em uma reunião organizada pelo ex-prefeito Ney Leite, o vereador doutor Joab e um grupo de apoiadores à reeleição de Rafael Motta. Durante a conversa, Ney destacou a atuação de Motta no Parlamento Federal e a importância de seu trabalho para o povo potiguar.

Para encerrar o domingo, uma grande mobilização em Passa e Fica. Na cidade, o prefeito Léo Lisboa reforçou o compromisso de Rafael Motta com o município e os moradores citando as emendas parlamentares destinadas.


alrn-hoz

Santa Cruz receberá espetáculo teatral patrocinado pela COSERN

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte, COSERN, empresa do grupo Neoenergia, patrocina o projeto cultural “Estação Cascudo – Sertão Criança”, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultural Câmara Cascudo. O universo de uma das maiores figuras históricas do RN é contado num espetáculo do Grupo Estação de Teatro em cinco cidades do interior do interior do RN.

O projeto é realizado em duas etapas e a primeira cidade a receber o evento é Caraúbas. Depois, as apresentações teatrais seguirão para Umarizal, São Paulo do Potengi, Santa Cruz e Acari.

O espetáculo será voltado para professores e alunos da rede pública, onde o grupo realizará a oficina “Conta Cascudo” e a palestra “Cascudo e Memória”, finalizando com apresentações dos espetáculos infantis “Estação dos Contos” e “Um Sonho de Rabeca no Reino da Bicharada”. Na segunda etapa, no mês de abril, o Grupo levará para as praças públicas das mesmas 05 cidades o espetáculo “Quintal de Luís” – inspirado na vida e obra do folclorista Câmara Cascudo.

A Primeira etapa acontece em Caraúbas (07 e 08 de março), Umarizal (08 e 09 de março), Acari (13 e 14 de março), Santa Cruz (14 e 15 de março) e São Paulo do Potengi (15 e 16 de março). Já as datas da segunda etapa são: Caraúbas no dia 13 de abril, Umarizal em 15 de abril, a cidade de Acari no dia 20 de abril, em Santa Cruz no dia 22 de abril e fechando com São Paulo do Potengi em 28 de abril

O apoio à cultura potiguar dado pela Cosern há quase 20 anos faz parte da Política de Patrocínios e Doações da Neoenergia, dentro do Programa de Sustentabilidade do Grupo para o desenvolvimento das comunidades onde ele atua, realizando parcerias e implementando programas que contribuam para o desenvolvimento social, por meio de ações de empoderamento e valorização da cultura e dos costumes locais.


r87

EAJ recebe inscrições para professores até sexta-feira

As inscrições para seleção de professores de cursos técnicos da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), em parceria com a Rede e-Tec Brasil, terminam nesta sexta-feira, 2 de fevereiro. A entrega da ficha de inscrição e da documentação deve ser realizada no Setor Pedagógico da Coordenação Geral do e-Tec, localizada no antigo prédio da direção da EAJ em Macaíba, das 8h às 11h e das 14h às 16h.

Os requisitos mínimos para participação no processo seletivo são o diploma de nível técnico ou superior na área do curso e um comprovante de experiência de no mínimo um ano de docência.

As vagas são para os cursos técnicos em Administração, Agroindústria, Agronegócio, Contabilidade, Cooperativismo, Finanças, Logística, Manutenção e Suporte em Informática, Qualidade, Química e Redes de Computadores.

Os candidatos serão selecionados por região para atuação nos polos de Acari, Apodi, Caraúbas, Areia Branca, Assú, Caicó, Ceará-Mirim, Ceará-Mirim (Assentamento Rosário), Currais Novos, Goianinha, Ipanguaçu, Itajá, Jaçanã, João Câmara, Lajes, Macaíba, Macau, Martins, Monte Alegre, Mossoró, Natal, Nova Cruz, Parelhas, Parnamirim, Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante, São João do Sabugi, São José de Mipibu, São Paulo do Potengi, Touros e Vera Cruz.

Mais informações no site, na seção Processos Seletivos, edital 003/2018.


senhoritta

MPF quer bloqueio de contas do Dnocs para custear abastecimento de Currais Novos e Acari

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou um pedido urgente, à Justiça Federal, para que bloqueie das contas do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs) a quantia necessária para garantir o abastecimento d’água nos municípios de Currais Novos e Acari, localizados na região Seridó do Rio Grande do Norte.

O único reservatório de Currais Novos, o açude Dourados, entrou em colapso e a adutora emergencial sob responsabilidade do Dnocs, e que deveria estar funcionando plenamente desde fevereiro, ainda apresenta problemas e não vem garantindo o abastecimento nesses locais. O valor a ser bloqueado será utilizado para inclusão dos dois municípios na Operação Vertente 2 (que faz uso de caminhões-pipa e é coordenada pelo Gabinete Civil do Governo Estado).

Colapso – As informações sobre a situação do açude Dourados foram repassados à procuradora da República Maria Clara Lucena, que vem acompanhando o caso, em reuniões realizadas nessa quarta-feira (27) com a diretora regional da Companhia de Águas (Caern), Rosy Gurgel, e com o prefeito de Currais, Odon Oliveira de Souza Junior. Eles acrescentaram o fato de que a adutora emergencial de responsabilidade do Dnocs apresenta vários vazamentos.

Devido a esses problemas estruturais, as águas da adutora não estariam chegando a Currais Novos e vêm abastecendo “de maneira muito irregular” Acari, cujo principal reservatório – o açude Gargalheiras – também já entrou em colapso. O prefeito desta cidade, Isaías de Medeiros Cabral, explicou que desde agosto o município depende exclusivamente da adutora e, embora a previsão fosse de chegar água dois dias por semana, a regularidade não tem sido essa. O motivo, de acordo com a Caern, também seriam os problemas no sistema adutor.

Já as informações da Prefeitura de Currais Novos dão conta de que o município foi abastecido pela adutora uma única vez e, ainda assim, com água imprópria para consumo humano, “por conter muita ferrugem, possivelmente decorrente da má conservação/qualidade da tubulação empregada”.

Desabastecimento – A representante do MPF lembra que, se antes o abastecimento hídrico de Currais Novos e Acari era caótico, agora tornou-se inexistente. “É indiscutível a relação de causa e efeito entre a não entrega definitiva da adutora pelo Dnocs e esse cenário de total desabastecimento”, ressalta Maria Clara Lucena.

Para a procuradora da República, “está-se diante de uma situação limite, em que cada dia de atraso na entrega do empreendimento – aqui se reporta a um empreendimento de fato operacional, que não exija a corriqueira interrupção no abastecimento por causa de vazamentos – acarreta transtornos incalculáveis na vida de milhares de famílias que, sem água, veem-se privadas do mínimo existencial, malferindo a dignidade da pessoa humana”.

As informações obtidas indicam que os reparos necessários na adutora emergencial ainda podem demorar, exigindo a substituição de tubulações e deixando a população local sem opção. Diante disso, o MPF requereu o bloqueio dos recursos, já que a aplicação de multas não tem surtido efeito.

A obra da adutora emergencial estava sob responsabilidade do Governo do Estado e foi repassada, pelo Ministério da Integração Nacional, para a alçada do Dnocs, em 2016. A ação do MPF que trata do assunto tramita na Justiça Federal sob o nº 0800300-68.2017.4.05.8402.


contex

Com investimento de R$ 6,8 milhões, Cosern inaugura subestação de Currais Novos

O município de Currais Novos, na região do Seridó, recebeu oficialmente nesta quarta-feira (24) a subestação elétrica de número 64 da Cosern, empresa do Grupo Neoenergia. Construída com investimentos de R$ 6,8 milhões, a Subestação Currais Novos I beneficia 90 mil potiguares nos municípios de Currais Novos, Lagoa Nova, Cerro Corá, Bodó e Florânia e amplia a oferta de energia na região, aumentando a flexibilidade operacional e a qualidade do fornecimento de energia elétrica no Seridó, região que se desenvolve economicamente com atividades voltadas para mineração, agropecuária, comércio, serviço e turismo.

Fotos Cosern/Divulgação

No evento de inauguração, o Diretor-Presidente da Cosern, Luiz Antonio Ciarlini, recebeu a imprensa no local, acompanhado do Superintendente de Serviços Técnicos, Dário Vale, do Superintendente de Operações, Javier Vasquez, do Gerente da Regional da Cosern no Seridó, Lindolfo Sales Jr., da Gerente de Comunicação Institucional, Karine Severo, e de colaboradores da Distribuidora. Também prestigiaram a inauguração o vice-prefeito de Currais Novos, Anderson Alves, e o secretário de gabinete, Francisco Medeiros.

Ciarlini destacou os principais benefícios do novo equipamento para o Seridó, região onde a Cosern tem 150 mil clientes e passa a contar agora com 07 subestações. A próxima subestação da Cosern a ser inaugurada até o final de 2017 na região será em Jardim do Seridó e destacou também a obra de reforma das subestações de Acari e de Caicó. Para o Seridó esse ano são investimentos na ordem de R$ 30 milhões, dentro do total de R$ 280 milhões previstos para todo estado, um novo recorde na história de 55 anos da Cosern, segundo assessoria.

Outras ações da Cosern na cidade também mereceram destaque na entrevista. Em março, a área de Eficiência Energética capacitou 42 professores de escolas municipais, estaduais e privadas do município por meio da metodologia “Energia que Transforma”, de forma que eles passaram a atuar como multiplicadores sobre uso seguro e eficiente de energia elética junto aos alunos. A cidade também já foi contemplada com a doação de 1.500 geladeiras e a distribuição de 1.500 lâmpadas LED por parte da Cosern nos últimos anos.

Foto Cosern/Divulgação

Investimentos da Cosern no Seridó
Ao longo de 2016, a Cosern investiu R$ 242 milhões na expansão e melhoria da rede elétrica em todo Rio Grande do Norte. Desse total, R$ 29 milhões foram destinados à região do Seridó. Além na nova Subestação de Currais Novos, a Cosern também está construindo uma nova linha de distribuição entre Acari e Jardim do Seridó para energizar a Subestação de Jardim do Seridó, em fase de conclusão, beneficiando também os municípios de Ouro Branco, Santana do Seridó e São José do Seridó e está ampliando as subestações de Acari e Caicó.

A Cosern foi uma das primeiras Distribuidoras do Brasil a automatizar todas as suas subestações, pratica a tarifa elétrica residencial mais barata do Nordeste e, ao dotar o Rio Grande do Norte com mais uma subestação, reitera seu compromisso de prestação de bons serviços aos clientes e contribui com a capacidade de atração de novos investimentos para o estado.


m4net