Pular para o conteúdo

Adutora Monsenhor Expedito

Caern suspende abastecimento em três cidades do Trairi

A Caern está trabalhando na retirada de um vazamento na adutora Monsenhor Expedito. Devido ao serviço o fornecimento de água está suspenso para Campo Redondo, Coronel Ezequiel e São Bento do Trairi.

A previsão da Caern é que o conserto seja finalizado no fim da tarde desta terça-feira (26), quando a distribuição de água será retomada para as referidas cidades. Já o prazo de normalização é de até 48h.

Cidades do Agreste estão com abastecimento suspenso

Foto: Wallace Azevedo

As cidades de Barcelona, Lagoa de Velhos, Ruy Barbosa, São Tomé e Sítio Novo estão com o abastecimento suspenso, após parada da Estação de Bombeamento 10, da adutora Monsenhor Expedito.

A Caern emitirá novo comunicado, posteriormente, para informar sobre a previsão de retomada do abastecimento para as cidades.

Caern retira vazamento em adutora nesta sexta-feira (25)

A Caern realiza nesta sexta-feira (25), a partir das 7h, uma manutenção emergencial na Adutora Monsenhor Expedito. O serviço é necessário para a retirada de um vazamento registrado junto da cidade Monte Alegre.

Para que seja realizado o conserto foi suspenso o abastecimento de água para as cidades atendidas pela adutora: Barcelona, Boa Saúde, Bom Jesus, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Ielmo Marinho, Jaçanã, Japi, Lagoa D`anta, Lagoa de Pedras, Lagoa de Velhos, Lagoa Salgada, Lajes Pintadas, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Passa e Fica, Rui Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, São Bento do Trairi, São José de Campestre, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Tomé, Senador Elói de Souza, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serrinha, Sítio Novo e Tangará.

A previsão inicial é de que o serviço seja concluído até o início da noite, com normalização do fornecimento de água para todas as áreas em até 72 horas após religado o sistema.

Falta de energia: sete cidades do agreste retomam abastecimento neste sábado (12) à tarde

As cidades de Santa Cruz, Japi, São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, Campo Redondo e Lajes Pintadas estão temporariamente sem abastecimento desde o início da madrugada deste sábado (12), devido à falta de energia elétrica na estação 16 de Santa Cruz, que abastece estas localidades.

A Caern registrou a ocorrência junto à concessionária de energia elétrica e a previsão de religar o sistema é ao meio dia deste sábado. Após, normalização para todas as afetadas em até 48 horas.

Fábio Dias pergunta e Fátima Bezerra afirma que “não tem outra solução técnica” para o problema da água no setor Agreste/Trairi/Potengi

Em audiência com a Governadora Fátima Bezerra, a Federação das Câmaras do Rio Grande do Norte, a FECAM/RN, apresentou através da sua diretoria algumas demandas à gestora estadual. No encontro, o vice-presidente da Federação, o presidente da Câmara de Santa Cruz, Fábio Dias (PSDB), questionou a governadora sobre a solução do abastecimento d’água no Agreste, Trairi e Potengi, tendo em vista a situação crítica da Adutora Monsenhor Expedito.

Após questionar as soluções e perguntar pelo andamento da Adutora do Agreste, projeto que pretende “desafogar” a demanda de abastecimento da Monsenhor Expedito, Fátima Bezerra foi bem clara na resposta ao vereador santa-cruzense: “Não tem outra solução técnica”.

A Governadora disse “conhecer a região há 50 anos, e sabe que as dificuldades vêm de vários anos”.

No vídeo, Fátima Bezerra fala que o projeto está sendo acompanhado junto ao Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional.

Confira:

Ezequiel requer ações em abastecimento hídrico para cidades do RN

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), apresentou uma série de requerimentos ao Governo do RN com o objetivo de implementar ações em prol da população potiguar no setor de abastecimento hídrico. Esses requerimentos visam solucionar questões relacionadas à escassez de água em diversos municípios e distritos do Estado. Reconhecendo a importância do fornecimento adequado de água para o bem-estar da população, Ezequiel Ferreira ressaltou a necessidade de ações imediatas.

Dentre os requerimentos, o parlamentar solicitou à Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) um estudo de viabilidade técnica para a expansão da rede de distribuição de água para os municípios de Lagoa Nova; para o distrito de Tabatinga, em Alto do Rodrigues; para o distrito de São Bernardo, no município de Luís Gomes e ainda para a cidade de Serra Caiada.

O presidente da Assembleia também solicitou à Caern a realização de estudos de viabilidade para a construção de um ramal na Adutora Monsenhor Expedito. Essa medida tem como objetivo levar água para as comunidades de Oiticica e Telha, localizadas no município de Ielmo Marinho.

Com o intuito de atender à comunidade de Enxu Queimado, em Pedra Grande, o deputado Ezequiel Ferreira solicitou à mesma companhia a extensão da rede de abastecimento de água, a fim de alcançar a rua da creche, a rua do conjunto e a rua do Pôr do Sol.

O parlamentar também requereu à Caern a realização de um estudo para a extensão da rede de distribuição de água, visando atender aos comerciantes que trabalham nos quiosques localizados na praça de eventos do município de Martins. A demanda é vista como importante para viabilizar a atividade comercial e fomentar a economia do município.

Ainda no âmbito do abastecimento hídrico, o deputado Ezequiel Ferreira solicitou a perfuração e instalação de poços nos municípios de Lagoa D’anta, Nova Cruz, Pedra Grande, São José do Campestre e Serra Caiada.

O presidente da Assembleia enfatizou a importância dessas ações para a garantia do acesso à água potável e, consequentemente, para a melhoria da qualidade de vida da população potiguar. As demandas apresentadas agora aguardam a análise e a implementação pelo Governo do Estado, visando atender às necessidades dos municípios e distritos afetados pela escassez de água.

Parte da região do Trairi tem abastecimento religado na manhã deste sábado (17)

As cidades de Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Jaçanã, Japi, Lajes Pintadas, Santa Cruz e São Bento do Trairi tiveram o abastecimento religado na manhã deste sábado (17). A previsão é normalizar o envio de água para essas cidades em 48 horas, ou seja, até a manhã de segunda-feira (19).

Na madrugada deste sábado (17), a Estação de Bombeamento 16 da adutora Monsenhor Expedito teve falta de energia e suspendeu o abastecimento para essas sete cidades. Por volta das 12h, ainda deste sábado (17), o bombeamento de água foi religado e as cidades estão em período de normalização.

Abastecimento de cidades atendidas pelo Sistema Adutor Monsenhor Expedito será suspenso na próxima quarta-feira (14)

A Caern realiza, na próxima quarta-feira (14), uma parada emergencial no sistema adutor Monsenhor Expedito, que atende 30 municípios do Estado e comunidades rurais. A interrupção no fornecimento de água se faz necessária para a correção de um vazamento próximo à cidade de Monte Alegre, além da realização de uma manutenção corretiva na Estação de Bombeamento 1, localizada no município de Nísia Floresta.

Os trabalhos terão início às 7h e previsão de conclusão para as 17h do mesmo dia. Após a conclusão, o sistema adutor será religado e o abastecimento dos 30 municípios atendidos pela Monsenhor Expedito será retomado gradualmente, conforme a pressurização da água na rede de distribuição, sendo normalizado em até 48 horas.

A Caern recomenda à população que armazene água e adote medidas de uso racional, visando garantir o abastecimento durante esse período de interrupção.

CIDADES ATENDIDAS

As cidades atendidas pelo Sistema Adutor Monsenhor Expedito são: Barcelona, Boa Saúde, Bom Jesus, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Ielmo Marinho, Jaçanã, Japi, Lagoa D`anta, Lagoa de Pedras, Lagoa de Velhos, Lagoa Salgada, Lajes Pintadas, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Passa e Fica, Rui Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, São Bento do Trairi, São José de Campestre, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Tomé, Senador Elói de Souza, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serrinha, Sítio Novo e Tangará.

Roubo de equipamentos da Adutora Monsenhor Expedido deixam oito cidades sem água no Trairi

Oito cidades da região Agreste estão sem abastecimento de água desde a madrugada desta quinta-feira (11), depois que criminosos estiveram na estação de bombeamento 4 da Adutora Monsenhor Expedito, em Serra Caiada, e roubaram fiação e equipamentos. Os bandidos levaram uma moto da Caern e o veículo do operador que estava trabalhando no local durante a ação.

As cidades sem água são Tangará, Japi, Santa Cruz, Lajes Pintadas, São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo.

A Caern trabalha para levantar os danos e providenciar a reposição e conserto dos equipamentos o mais rápido possível, a fim de restabelecer o fornecimento de água para a região. Também já tomou as providências na esfera policial, a fim de que seja feita a investigação do crime.

Adutora Monsenhor Expedito terá parada programada de abastecimento na região do Trairi nesta quinta-feira (4)

A Caern vai realizar nesta quinta-feira (4) mais uma etapa da melhoria nos seus sistemas de abastecimento com a troca de disjuntores elétricos. Os novos disjuntores possuem tecnologia que garante proteção contra curtos-circuitos e proporcionam maior segurança para manobra manual, diminuindo a necessidade de paradas não programadas de abastecimento.

Desta vez o serviço será realizado nas estações de bombeamento 4 e 15 da Adutora Monsenhor Expedito. Sendo assim, ficarão com o abastecimento suspenso durante o dia, com o sistema sendo reativado às 17h, os seguintes municípios: Tangará, Japi, Santa Cruz, Lages Pintadas, São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo.

Com o término dos serviços, os sistemas voltarão a operar imediatamente. No entanto, a Caern lembra que será necessário um prazo de até 48 horas para que todas as cidades afetadas estejam sendo abastecidas normalmente.

Serviço de retirada de vazamento na Adutora Monsenhor Expedito será concluído no final da tarde

Uma equipe da Caern está trabalhando nesta quarta-feira (12) na retirada de um vazamento detectado em trecho da Adutora Monsenhor Expedito, entre os municípios de Santa Cruz e São Bento do Trairi. O abastecimento de água está suspenso em São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo.

A previsão é que o serviço seja concluído no final da tarde de hoje, com a imediata retomada do abastecimento. É necessário aguardar um prazo de até 48 horas para que o fornecimento esteja completamente normalizado em todas as áreas afetadas, após a religação.

Vazamento na adutora deixa São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo sem abastecimento

As cidades de São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo, todas na região Agreste do Estado, estão com o abastecimento de água suspenso nesta terça-feira (4), por causa do rompimento de adutora na passagem do Rio Trairi, em Santa Cruz, em razão da cheia do rio.

Equipes da Caern já estão trabalhando para fazer o reparo da tubulação e restabelecer o fornecimento o mais breve possível.

Cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito terão abastecimento retomado hoje (03) à tarde

A Caern executa nesta segunda-feira (3) mais uma etapa da melhoria nos seus sistemas de abastecimento com a troca de disjuntores elétricos. Os novos disjuntores possuem tecnologia que garante proteção contra curtos-circuitos e proporcionam maior segurança para manobra manual, diminuindo a necessidade de paradas não programadas de abastecimento. Desta vez o serviço será realizado nas estações de bombeamento 2 e 3 da Adutora Monsenhor Expedito. Sendo assim, as cidades atendidas pela adutora estão com o fornecimento suspenso durante o dia, com o sistema sendo reativado à tarde.

Na estação de bombeamento 3, também será realizada a manutenção de bombas, depois que um problema elétrico registrado na noite desse domingo (2) provocou a parada do equipamento, diminuindo a vazão para 30% do normal.

Com o término dos serviços, os sistemas voltarão a operar imediatamente. No entanto, a Caern lembra que será necessário um prazo de até 48 horas para que todas as cidades afetadas estejam sendo abastecidas normalmente.

As cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito são: Barcelona, Boa Saúde, Bom Jesus, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Ielmo Marinho, Jaçanã, Japi, Lagoa D`anta, Lagoa de Pedras, Lagoa de Velhos, Lagoa Salgada, Lajes Pintadas, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Passa e Fica, Rui Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, São Bento do Trairi, São José de Campestre, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Tomé, Senador Elói de Souza, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serrinha, Sítio Novo e Tangará.

Caern informa paralisação da Adutora Monsenhor Expedito para conserto de vazamento

Um vazamento ocorrido na tarde deste sábado (18), suspende o abastecimento para 14 cidades, atendidas pela adutora Monsenhor Expedito.

A previsão é religar o abastecimento, no final da tarde deste domingo (19), para as cidades de Boa Saúde, Elói de Sousa, Lagoa de Velhos, Barcelona, Rui Barbosa, São Tomé, Tangará, Japi, Santa Cruz, Lajes Pintadas, São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçana e Campo Redondo.

FALTA DE ENERGIA

Após religar são necessárias 48 horas para normalização do abastecimento.

A Adutora Monsenhor Expedito permaneceu paralisada das 10h às 14h30h, neste sábado (18), por falta de energia.

Duas Estacões de Bombeamento, a 2 e a 4, tiveram falta de energia a partir das 10h. A equipe da Neoenergia Cosern restabeleceu o fornecimento elétrico no início da tarde e o sistema voltou a funcionar.

Está em normalização o abastecimento para as cidades de Bom Jesus, Ielmo Marinho, Lagoa D`anta, Lagoa de Pedras, Lagoa Salgada, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Passa e Fica, Santa Maria, São José de Campestre, São Paulo do Potengi, São Pedro, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serrinha e Sítio Novo. São necessárias 48 horas para normalização do abastecimento nestas cidades.

A Caern reforça a orientação de utilização de água de forma racional e com armazenamento seguro.

Adutora Monsenhor Expedito para e Potengi fica sem abastecimento

As cidades de São Tomé, Bom Jesus, São Pedro do Potengi, Ielmo Marinho e São Paulo do Potengi, todas na região Agreste do Estado, estão com o abastecimento suspenso nesta sexta-feira (17). No caso de São Tomé, a situação é decorrente de problema elétrico interno registrado nessa quinta-feira (16), numa estação de bombeamento, que avariou equipamentos da companhia. A Caern trabalha com a previsão de concluir o serviço até o começo da tarde.

Nas outras cidades, a interrupção no abastecimento se deu por problemas elétricos na estação de bombeamento 7, localizada em Boa Saúde. Equipe já trabalham para restabelecer o fornecimento também nesta tarde.

Em todos os casos, será necessário aguardar um prazo de até 48 horas para que o abastecimento esteja completamente normalizado, chegando a todas as áreas afetadas.

Segundo a CAERN, ação de vândalos deixa cidades do Trairi sem abastecimento

De acordo com nota da CAERN, as cidades de Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo estão com o abastecimento suspenso nesta sexta-feira (10), depois que vândalos agiram na estação elevatória 17.3, localizada em Coronel Ezequiel, e furtaram equipamentos e fiação. A ocorrência foi na madrugada.

A Caern já trabalha para avaliar os danos e providenciar o conserto, a fim de restabelecer o fornecimento no menor prazo possível. Também providencia um boletim de ocorrência junto à polícia, para investigação do caso.

Adutora Monsenhor Expedito tem cinco paradas em quatro dias apenas nesta semana

O diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Santa Cruz, o SAAE, informou nas redes sociais a situação do bombeamento da Adutora Monsenhor Expedito para Santa Cruz. A Adutora é administrada pela companhia estadual, a CAERN.

De acordo com Cristiano Dias, dos períodos de paralisações variam de 8 horas chegando até 12 horas com o bombeamento da Adutora interrompido. Os avisos ocorrem via rádio, mas não informam exatamente qual o problema. “Com essas paradas, não consigo nunca tirar a cidade do colapso. É uma situação lamentável”, explicou o diretor.

O bombeamento do sistema do SAAE está ligado para os bairros do Conjunto Cônego Monte e Paraíso, desde a última segunda (06), mas com as paradas da Adutora, Cristiano falou que fica difícil seguir com o rodízio no prazo previsto. “Não tem pressão sem água, temos uma descontinuidade do abastecimento. Quando estamos terminando de abastecer um certo setor e a adutora para, então temos que começar tudo do zero novamente, ou seja esperar a pressão subir para que a água chegue em setores mais elevados”, justificou.

O SAAE também emitiu uma nota explicativa nas redes sociais sobre essas paralisações.

Josemar critica Fábio e diz que está pronto para dialogar com a gestão para solucionar o problema da água

Foto: André Fotos

O vereador Josemar Bezerra (PL) falou sobre as polêmicas da sessão especial, que abriu a Ano Legislativo de 2023. Logo de cara, Josemar se desentendeu com o presidente Fábio Dias (PSDB), durante o discurso de Tomba Farias (PSDB), antes da leitura do Prefeito Ivanildinho (PSDB).

“A sessão de ontem foi histórica, em todos os sentidos. Primeiro pela participação popular, uma mobilização que surgiu do povo sem nenhuma conotação política, o povo reivindicando um direito universal, água. Foi um protesto ordeiro e pacífico, onde a população deu uma aula de cidadania. Já o presidente pintou e bordou com o poder legislativo, rasgou o regimento, facultou a palavra ao deputado e denegou a um membro do poder legislativo. Ainda fez a inversão dos fatos, como sempre não querem ouvir o contraditório, esquece até os preceitos constitucionais que o vereador tem, mas vida que segue”, criticou Josemar.

O vereador da oposição ainda disse que as divergências políticas não impedem de juntos buscarem soluções para o abastecimento. “Não tenho nenhuma divergência pessoal com o Deputado Tomba, muito menos com o presidente Fábio, quando solicitei a concessão da palavra foi justamente para propor uma mesa redonda com a participação da Direção da CAERN, SAAE, comissão de vereadores e o próprio deputado em busca de uma solução, isso é o mínimo que a população espera”, disse.

SAAE abastece bairros Maracujá e Centro; Adutora volta a funcionar após oito paradas em fevereiro

O diretor do SAAE, Cristiano Dias, falou ao blog nesta segunda (27) que o abastecimento já normalizou e o bombeamento segue para os bairros do Maracujá e Centro.

Os setores ligados neste momento são as partes mais altas desses dois bairros. De acordo com o SAAE, os setores são abastecidos por um cronograma, com subdivisões dentro de cada bairro, para aumentar a pressão dentro de cada área e melhorar o abastecimento.

A autarquia municipal já registrou oito paradas da Adutora Monsenhor Expedito neste mês de fevereiro. O diretor explica que essas paradas no bombeamento do sistema adutor atrasam o cronograma de Santa Cruz. “Cada vez que a adutora para, a gente não perde só o tempo de abastecer aquele bairros, todos os outros são afetados. A gente procura seguir com rigor os prazos para cada setor, para tentar abastecer toda a cidade”, disse.

“Quando temos uma parada da Adutora, ela mesma não retorna 100% de uma vez. Ela demora horas para ter a vazão que precisamos, e os setores demoram outro prazo para reabastecer e retomar a pressão necessária. Um simples atraso de horas prejudica Santa Cruz por vários dias”, detalhou Cristiano.

O abastecimento segue para o Maracujá, principalmente na parte mais alta, onde existem reclamações de uma demora

CAERN interrompe abastecimento na Adutora Monsenhor Expedito neste domingo (26)

A CAERN traz uma péssima notícia para o Trairi, que já teve mais de seis paradas no abastecimento só em fevereiro. Esta é a sétima paralisação no fornecimento hídrico das cidades do Trairi.

Dez cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito estão com o abastecimento suspenso neste domingo (26), por causa de falta de energia na Estação de Bombeamento 3 (EB3). As cidades afetadas são Boa Saúde, Serra Caiada, Tangará, Japi, Santa Cruz, Lajes Pintadas, São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo.

A Caern já acionou a concessionária de energia, com pedido de urgência, e reativará o sistema assim que a situação for resolvida. Após a retomada, será necessário aguardar um prazo de até 24 horas para a completa normalização do abastecimento.

Informações da Assessoria da CAERN