CDL Santa Cruz

Sistema Comércio apresenta dados sobre a Festa de Santa Rita em Santa Cruz

A Casa do Empresário recebeu na noite desta segunda-feira (20) a apresentação da Pesquisa do perfil do público da Festa de Santa Rita e da percepção dos empresários sobre os festejos. Com a presença de várias instituições, empresários e autoridades civis, o evento contou com a participação do Sistema Comércio, que apresentou os dados da pesquisa pelo Diretor de Inovação e Competitividade, Luciano Kleiber.

As pesquisas foram entregues à secretária municipal de Turismo, Marcela Pessoa, e ao presidente do Sindivarejo Santa Cruz, Márcio Macedo, representando uma entrega formal da Fecomércio a cidade de Santa Cruz dos resultados da ampla análise dos festejos da padroeira do povo santa-cruzense. No comparativo dos dados, a pesquisa realizada em 2017, que mostrou o crescimento da festa.

Após apresentação dos dados por Luciano Kleiber, a palavra foi facultada ao público presente, que apresentou dúvidas e fez ponderações importantes sobre o resultado. A secretária Marcela Pessoa lembrou da nota média da avaliação do público para a festa de Santa Rita, que figura entre as melhores dos eventos de grande porte, mostrando a qualidade do evento produzido em parceria com vários setores da cidade, em destaque a Paróquia de Santa Rita de Cássia, a Prefeitura Municipal e o Sebrae.

Márcio Macedo, presidente do Sindivarejo Santa Cruz, encerrou o evento com seu discurso de agradecimento, e em especial ao presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, que é um dos parceiros da Festa de Santa Rita 2022, e apoiador de várias iniciativas na cidade.

Ainda prestigiaram o evento o presidente da CDL Santa Cruz, Alex Raniere, o diretor de Educação Profissional do SENAC, Gedson Nunes, do vice-presidente do Sindivarejo, Rocha Filho, o vice-presidente da CDL Santa Cruz, Marcelino Dantas. O prefeito Ivanildinho Ferreira foi representado pelo secretário do Gabinete Civil, Paulo César de Araújo.

DADOS DA PESQUISA

O perfil geral do público é em maioria de mulheres (54,6%), com faixa etária de 35 a 59 anos (51,6%), com ensino médio (47,8%), tendo renda familiar de 2 a 5 salários mínimos (56,6%), casados (54,2%) e foram com sua família para aproveitar as festividades (66,1%). Um dos dados interessantes é grande participação de visitantes e turistas, que são 72,1% do público da Festa de Santa Rita. Moradores da cidade são apenas 27,9% do público geral.

O RN representa 79,9% do estado de origem, e a média de participação do público no evento é de 2 dias, sendo 78,7% que já participaram de outras edições. O gasto médio no evento subiu em todas as categorias, os moradores disseram gastar em média R$ 62,97, visitantes (bate e volta) R$ 91,66 e turistas (pernoite) gastaram R$ 229,78. De acordo com a pesquisa, 97,8% do público pretende voltar e 98,4% recomendaria o evento, tendo o evento uma nota média de 9,45.

O QUE PRECISA MELHORAR?

Apesar dos números positivos, o público também fez recomendações importantes, o que passou principalmente pela infraestrutura da cidade, que representou 40,5%. Estacionamentos e banheiros também fizeram parte das reclamações daqueles que participaram da festa de Santa Rita, realizada entre 13 a 22 de maio.

A PESQUISA

As duas pesquisas foram realizadas pelo Instituto Fecomércio (IFC), entre os dias 17 e 22 de maio incluindo entrevistas em todos os locais da cidade. Na pesquisa do perfil dos participantes foram pesquisadas 502 pessoas de diferentes perfis e hábitos com o intuito de monitorar o comportamento dos participantes. A metodologia empregada na coleta de dados seguiu a técnica de observação direta, com entrevistas presenciais individualizadas (face a face). A amostra pesquisada permitiu calcular uma margem de erro de cerca de 3% e nível de confiança de 95%.

Na pesquisa de percepção dos empresários, o relatório corresponde ao produto final obtido de pesquisa técnica realizada com entrevista de 150 empreendedores formais dos segmentos de comércio e serviços do município. O município possui cerca de 2.003 empresas dos segmentos de comércio (1.116) e serviços (887).


m4net

Segunda é feriado do dia do Comerciário

A Câmara dos Dirigentes Logistas (CDL) recomendou ao comércio os horários de abertura durante o feriadão de carnaval.

O final de semana seguiu o horário normal, mas nesta segunda-feira é o Dia do Comerciário, e existe a orientação para não abertura das lojas.

Na terça-feira de carnaval, a abertura é facultativa. Na Quarta-feira de Cinzas, dia 02 de março, o funcionamento pode ser normal. Para muitos comércios e intituições, o horário de expediente começa às 12h.

PONTO FACULTATIVO

Muita gente confunde o carnaval como um feriado nacional, no entanto, se trata de um ponto-facultativo. A exceção é para o Rio de Janeiro, que tem uma lei estadual que assegura o feriado para o dia do carnaval.

A terça-feira de Carnaval não é considerada feriado nacional e sim, ponto facultativo. Só é feriado onde leis estaduais ou municipais foram aprovadas.

Cnsiderado ponto facultativo, a jornada de trabalho pode ser normal, a menos que as empresas liberem os trabalhadores para uma ‘folga’, que poderá ser compensada futuramente, em banco de horas, por exemplo.

Geralmente, grande parte das empresas, como bancos e comércio tendem a simplesmente não abrir na data.

As instituições públicas também fecham durante o carnaval.


m4net

Santa Cruz recebe diretorias da CDL da região do Seridó

A cidade de Santa Cruz foi o ponto de encontro entre os executivos e diretores das Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDL) de várias cidades da região do Seridó.

“Foi um momento de partilha, de troca e um encontro com todas as CDLs do Seridó para juntos discutor muitas pautas importantes para nossas regiões. Nós [CDL Santa Cruz] fomos escolhidos para acolher, o encontro foi aqui e aproveitamos a oportunidade para uma visita ao Santuário de Santa Rita, junto com o Padre Vicente [Reitor do Santuário], e a secretária de Turismo, Marcela Pessoa. Visitamos o Santá e outros pontos da cidade para mostrar as nossas potencialidades, o que temos de melhor”, explicou Alex Raniere, presidente da CDL Santa Cruz.


r87

Casa do Empresário de Santa Cruz debateu nova legislação trabalhista

O advogado, professor e especialista em Direito e Processo do Trabalho, Marcelo de Barros Dantas, foi o palestrante de um importante seminário realizado na Casa do Empresário de Santa Cruz, na última quarta-feira (08), em parceria com a CDL Santa Cruz, o Sindivarejo Santa Cruz, bem como a Fecomércio/RN, o Sistema FIERN, Sebrae e outros. O tema abordado foi sobre as mudanças na legislação trabalhista, após a reforma implementada na metade deste segundo semestre de 2017.

O professor Marcelo Dantas explicou muitos detalhes da nova legislação trabalhista, detalhando os principais pontos que poderão provocar dúvidas e equívocos para os empresários, empregadores e empregados. O advogado fez questão de frisar que considera a nova legislação moderna e que ela contempla pontos importantes para a economia e os comerciantes de todo o Brasil.

Ao Blog, o professor Marcelo lembrou da importância que a leitura e conhecimento da nova legislação deve ser uma iniciativa de toda sociedade, o que pode iniciar uma reeducação processual no direito trabalhista. “As pessoas precisam conhecer a nova legislação, e tendo ela um ponto importante de garantir a reeducação processual, evitando sempre aquele prolongamento de discussões, e delimitando bem pontos que antes não eram assegurados na lei”, disse.

Ainda de acordo com Marcelo Dantas, o momento ainda é cedo para tantas críticas, e que é preciso esperar os impactos positivos que a nova lei provocará no futuro, e citou as alterações em legislações importantes em anos anteriores, como o novo código penal. “Toda norma nova gera discussão e o importante é estudar as mudanças. Se bem lermos os artigos, bons números de empregabilidade iremos ver no futuro, como também o impacto imediato nas relações de trabalho, dando equilíbrio na relação trabalhista”, comentou o advogado.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Santa Cruz, CDL Santa Cruz, Marcelino Dantas, frisou a necessidade de buscar informações e conhecer melhor a nova lei, para evitar problemas para empresários e empregados. “Vai ser um momento de muito medo do que fazer, mas as pessoas precisam participar e dialogar, procurar informações para conhecer as novas regras”, disse.

CASA DO EMPRESÁRIO

O representante do presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, o presidente do Sindivarejo Santa Cruz, Márcio Macedo, comentou a quantidade de pessoas presentes, em uma palestra de suma importância para as relações trabalhistas, e agradeceu a presença dos empresários e comerciantes presentes no auditório da Casa do Empresário de Santa Cruz. “Isso é só o começo, vamos trazer ainda muitas palestras e momentos como este que amplia os horizontes a visão do empresariado da nossa cidade e região”, garantiu.


senhoritta

CDL de Santa Cruz se posiciona contra novo Código Tributário

Para somar esforços contra o projeto de lei que reforma o Código Tributário de Santa Cruz, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Santa Cruz emitiu uma nota de repúdio contra a aprovação do mesmo.

A decisão veio após reunião dos membros da instituição que representa os comerciantes santa-cruzenses.

A CDU também convocou os lojistas e população em geral para acompanhar a sessão plenária que vão votar em segundo turno o código tributário, aprovado no placar de 7 a 2 votos.

Confira a nota na íntegra:


r87