Lavoisier Maia

Tomba Farias diz que Santa Cruz existe hoje graças às ações de Lavoisier Maia quando governador do RN

Em um discurso emocionado, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) homenageou nesta quarta-feira, na Assembleia Legislativa, o ex-governador Lavoisier Maia Sobrinho, que faleceu ontem, aos 93 anos, depois de enfrentar uma luta contra um processo de infecção generalizada. Tomba Farias destacou que a cidade de Santa Cruz existe hoje graças às ações de Lavoisier Maia em abril de 1981, quando foi inundada por uma enchente originada pelo rompimento do açude Mãe D´água, localizado em Campo Redondo.

“Eu represento hoje aqui 42 mil habitantes de Santa Cruz. Quando a cidade foi inundada por um rompimento de uma barragem, a cidade teve a mão amiga de Lavoisier Maia, quando mais Santa Cruz precisava, diante de uma catástrofe. Naquele momento, chegava no dia seguinte a mão amiga de Lavoisier, junto com o seu então chefe de Gabinete, Iberê Ferreira de Souza. Com isso, nós recebemos a visita do então ministro Mário Andreazza e tivemos a grata notícia de que foi autorizada a construção de 1.044 no nosso município”, ressaltou.

Tomba Farias destacou ainda que o ex-governador fez parte da história política do Rio Grande do Norte. “Foi decisivo a atuação de Lavoisier Maia no momento em que o povo chorava e por ter perdido suas moradias, comércios e imóveis”, disse, ao lembrar que o ex-governador abriu até linha de financiamento de móveis.

Para ele, a existência hoje de Santa Cruz se deve 80% à forma como o ex-governador foi decisivo junto ao governo federal da época. “Lavoisier em vida foi protagonista firme e forte na reconstrução de Santa Cruz, que é hoje uma cidade importante do Rio Grande do Norte”, finalizou.

Por assessoria


contex

Líderes lamentam falecimento do ex-governador Lavoisier Maia e do padre Tiago

No horário destinado aos líderes da sessão plenária desta quarta-feira (13), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, pronunciaram-se os deputados estaduais Nelter Queiroz (MDB), Tomba Farias (PSDB) e Ubaldo Fernandes (PL). Entre as pautas levantadas estiveram o falecimento do ex-governador do RN, Lavoisier Maia e do padre Tiago Theisen. Também foi falado sobre o plano de cargos dos servidores da Emater-RN.

O deputado Nelter Queiroz foi quem mencionou o plano de cargos, carreira e remuneração dos servidores públicos da Emater-RN. Ele solicitou ao Governo do Estado que envie matéria à Assembleia Legislativa para que esse plano possa ser reestruturado.

“Faço esse apelo porque são servidores que estão à frente do homem do campo, que vive trabalhando para gerar emprego nas pequenas propriedades, nos assentamentos rurais”, destacou.

“A demanda em questão não é por aumento salarial e sim pela equiparação das remunerações de cargos de Nível Médio e Técnico com os cargos de Nível Superior”, explicou. Segundo o parlamentar, no passado, os servidores de Nível Técnico e Médio recebiam 70% dos salários dos servidores de Nível Superior e esse percentual posteriormente foi reduzido para 44%. “A viabilização desse pleito merece urgência, pois há 13 anos os profissionais não têm aumento e nem recomposição salarial”, completou.

O deputado Tomba Farias destacou a morte do ex-governador, Lavoisier Maia, e a relação dele com o município de Santa Cruz. “Santa Cruz teve a mão amiga de Lavoisier Maia quando a localidade mais precisava, na catástrofe do dia 1º de abril, em que o açude estourou e se levou boa parte da cidade. Naquele momento, Lavoisier estendeu a mão para a cidade e tivemos a grata notícia de que foi autorizado a construção de 1.044 casas no município”, contou o parlamentar.

“Em nome do povo de Santa Cruz, eu agradeço por tudo o que ele fez pela nossa terra. Me solidarizo com a família, esposa, filhos. Que Deus dê muita força, mas com certeza ele foi recebido no céu com muita festa e muita humildade”, acrescentou.

Tomba Farias também mencionou o pesar pelo falecimento pelo servidor José Amaral Filho, colega de gabinete do parlamentar, que, de acordo com o deputado, trabalhava com ele desde 2010.

O deputado Ubaldo Fernandes falou que o Rio Grande do Norte perdeu duas importantes e ilustres personalidades, na classe política e religiosa: o ex-governador do RN, Lavoisier Maia, e o padre Tiago Theisen.

Sobre Lavoisier Maia, Ubaldo opinou que todo mundo o admirava pela trajetória de vida. “Ele exerceu cargos importantes no RN e é consenso em toda classe política de que ele tinha forte atuação, mas não fazia a politicagem de adversários. Era um homem íntegro e honesto. Exerceu os cargos com persistência em relação aos direitos dos potiguares, principalmente na saúde pública dos municípios, implantando o projeto do médico em cada município”.

“E olha que ele pegou um governo muito difícil, uma época de seca enorme e conseguiu vencer essas etapas, além de reconstruir a cidade de Santa Cruz. Lavoisier Maia deixa um legado de muita história dedicada à política do RN”, pontuou.

Ubaldo Fernandes também falou sobre a morte do Padre Tiago. “Sacerdote com grande atuação, principalmente em Natal e na Zona Norte. Ele prestou relevantes serviços à Igreja Católica e à sociedade natalense. Foi um homem visionário em relação à construção de templos: fundou paróquias nas Quintas e conjunto Santa Catarina, participou ativamente da construção de mais de 20 igrejas e atuava em salas de aulas com crianças da pré-escola. Padre Tiago priorizava muito a educação e a formação do cidadão, preparando para o futuro”, declarou.


contex

Garibaldi e Walter Alves participam do velório de Lavoisier Maia

O Rio Grande do Norte despede-se do ex-governador Lavoisier Maia Sobrinho. Na manhã de hoje (12), o ex-senador Garibaldi Filho (MDB) e o deputado federal e presidente do MDB-RN, Walter Alves, compareceram ao velório de Lavô que transcorre desde a noite de ontem (11) na Catedral Metropolitana de Natal.

Para Garibaldi, Lavoisier deixa um legado de muito trabalho pelos mais pobres. “Um homem público muito generoso que trabalhou pelos mais pobres. Nesse sentido, nossos governos foram parecidos. Tivemos algumas divergências políticas que foram superadas, e tive a honra de ser senador ao lado de Lavô”, disse.

Walter lembrou que conviveu com Lavoisier Maia quando exerceu o mandato de deputado estadual. “Recebi com tristeza a notícia sobre a morte de Lavô. Uma figura carismática, simples, e tive a honra e alegria de conviver com ele na Assembleia Legislativa. A todos os familiares e amigos, registro meus sentimentos de pesar”, pontuou.

Após o velório e missa, o corpo será trasladado para sepultamento às 12 horas, no cemitério Morada da Paz, em Emaús, Parnamirim. O governo do Estado e a Prefeitura do Natal decretaram luto oficial por três dias.


alrn-hoz

Presidente da Assembleia Legislativa do RN emite nota de pesar pelo falecimento de Lavoisier Maia

NOTA DE PESAR

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento do ex-governador, ex-senador, ex-deputado federal e ex-deputado estadual Lavoisier Maia. Um dos maiores líderes políticos da história do Rio Grande do Norte, Lavô, como era conhecido e chamado carinhosamente por todos, deixa uma imensa lacuna.

Nascido em Almino Afonso e registrado em Catolé do Rocha em 1928, Lavô fez parte de uma família com profunda tradição na política potiguar. É primo de Tarcísio Maia, ex-governador do RN e de José Agripino Maia, três vezes senador da República, ex-governador potiguar e ex-prefeito de Natal. Sua filha, Márcia Maia, teve cinco mandatos como deputada estadual e foi vice-presidente da Assembleia Legislativa.

Nos anais da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte há o registro em que pai e filha exercerem o mandato de deputado estadual, Lavoisier e Márcia Maia, de 2007 a 2010. Com Lavô sempre tive o bom convívio político e pessoal. Soube colher bons ensinamentos e lições de vida. Aos familiares meus mais sinceros sentimentos de pesar: à viúva Teresinha Maia, casada com Lavô há 15 anos, aos filhos Ana Cristina, Márcia, Lauro e Cintia Maia, aos 13 netos e 3 bisnetos. Fique com a paz de cristo.

Ezequiel Ferreira
Presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte


contex

Governo decreta Luto Oficial de três dias pelo falecimento do ex-governador Lavoisier Maia

O Governo do Rio Grande do Norte, através do Decreto Estadual número 30.965, declara luto oficial por três dias pelo falecimento do ex-governador do Estado, Doutor Lavoisier Maia Sobrinho. O decreto foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial do Rio Grande do Norte (DOE), no final da tarde desta segunda-feira (11).

É com pesar que o Rio Grande do Norte lamenta o falecimento do ex governador, Lavoisier Maia, ocorrido nesta segunda-feira (11). O Doutor Lavoisier Maia tem em sua história relevantes serviços prestados ao Estado do Rio Grande do Norte e o seu notório comprometimento com a função pública em todos os cargos ocupados, em especial como médico, professor, governador, senador, deputado federal, deputado estadual e secretário de Saúde Pública.

Aos amigos e familiares, o Governo do Rio Grande do Norte presta suas mais sinceras condolências e votos de solidariedade, neste momento tão difícil de separação. Serão externadas à família enlutada do ex-governador do Estado, Doutor Lavoisier Maia Sobrinho, as condolências, ficando determinada a realização da cerimônia funeral com todas as honras fúnebres de Chefe de Estado.


m4net

PSB lamenta falecimento do ex-governador Lavoisier Maia

Com profundo pesar, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) recebe a informação do falecimento do ex-governador Lavosier Maia, aos 93 anos de idade, ocorrido nesta segunda-feira (11).

Lavosier se eterniza como uma grande referência na política do Rio Grande do Norte. Médico, professor e ex-senador, Lavosier foi eleito deputado federal e estadual pelo PSB no início dos anos 2000.

Neste momento de dor e tristeza, os quadros da sigla, através do seu presidente estadual, deputado federal Rafael Motta, manifestam imensa consternação e solidariedade à família e amigos.


r87