Para Theodorico, Tangará precisa acabar com dependência dos prefeitos a Erociano e Thiago

O ex-prefeito Theodorico Netto citou duas lideranças, que para ele, são causadoras de muitas divergências políticas em governos de Tangará. “O povo precisa tirar do poder Erociano e Thiago. Precisamos acabar com essa dependência que os prefeitos tem em colocá-los dentro da gestão, como se Tangará só existisse com essas duas pessoas no poder. Criaram um mito que não se pode ganhar uma eleição sem eles, não se pode governar sem eles no grupo. Tangará é muito maior que Erociano e Thiago”, disse o suplente de Senador e também diretor do IPEM/RN.

Ele ainda disse ocorre de fato um jogo político. “Uma hora Erociano e Thiago estão com Gija, outra hora estão com Jorginho. Inventaram um mito de que eles quem decidem a eleição em Tangará, mas quem decide mesmo é o povo. Isso é uma picaretagem, pois o povo é livre e soberano para escolher o seu destino e o seu gestor”.

Theodorico promete que caso sua esposa chegue ao poder, vai governar com o povo. “Nós estamos formando um grupo de novas lideranças, pessoas do meio do povo. Precisamos fazer com que o povo se sinta representado de fato. Nós vamos quebrar esse mito de que só se ganha eleição ou só se governa com Erociano e Thiago. Vamos chegar ao poder e vamos governar sem esse ‘toma lá, dá cá'”, garantiu.

ENTENDA MELHOR

Erociano Feliciano foi lançado candidato a vice-prefeito na chapa de Jorginho Bezerra, em 2004, e de lá para cá venceu todas as eleições estaduais e municipais, em Tangará. Em 2010, Erociano rompeu com Jorginho e se aliou a Gija e Alcimar, vencendo as eleições de 2012.

Em 2016, insatisfeitos com o grupo de Gija e Alcimar, romperam com o grupo que estava no poder, novamente, e lançaram Ewerton Thiago, filho de Erociano, para vice-prefeito de Jorginho. A dupla Erociano e Thiago mantem a invencibilidade de oito eleições consecutivas, em Tangará, entre pleitos de vereador até senador.