Cidades

Empresa sueca assina protocolo de intenções com a Prefeitura

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN formalizou, na última quarta-feira (12), um protocolo de intenções com a Clearwell do Brasil, subsidiária da empresa Clearwell Europe AB, sediada em Estocolmo – Suécia, para implantação de uma fábrica de filtros no Polo Empresarial Aeroporto de São Gonçalo. O documento foi assinado pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Vagner Araújo e o diretor da Clearwell do Brasil, Helder Gaudêncio.

Foto: Divulgação/Prefeitura de São Gonçalo do Amarante

Dois executivos da empresa, Jim Karlsson e Niels Anders, também estão no Rio Grande do Norte encarregados de agilizar a instalação. O contato inicial para a viabilidade do empreendimento no Rio Grande do Norte aconteceu via Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico – Sedec.

Sobre a Clearwell do Brasil: fabrica sistemas de purificação de água baseados em contêineres, totalmente automatizados, utilizando diversas tecnologias e algumas patentes próprias, de filtração e remoção de contaminantes. Dentre os principais componentes dos sistemas de filtragem, estão a Tecnologia de Plasma e o uso de Nanofibras.

Os sistemas de purificação de água da Clearwell se destacam pela grande eficiência na remoção de contaminantes, e pelo baixo consumo de energia, por utilizar tecnologias que operam em baixa pressão. São diversas aplicações, desde produção de água potável, polimento de efluentes de esgoto, tratamento de efluentes industriais e de mineração, entre outros. Como principal foco da solução Clearwell está a circularidade da água.

Por assessoria


senhoritta

Caern restabelece abastecimento pleno de Jucurutu

Um dia depois de a Barragem Oititica ter atingindo a capacidade máxima de 15 milhões de metros cúbicos, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) reativou o sistema principal para restabelecer o abastecimento pleno de Jucurutu, município do Vale do Açu de 18 mil habitantes, dos quais 10,9 mil residentes na área urbana.

Nas primeiras horas da manhã deste sábado (08), o sistema emergencial de sifões montado no ano passado foi substituído pelo principal, projetado para captar 140 mil litros/hora, que é a capacidade de operação da Estação de Tratamento.

“Isso não só ajusta a situação de Jucurutu, como dá uma folga grande à Serra de Santana. E Laginhas (distrito de Caicó) volta a ter água com mais frequência”, disse o presidente da Caern, Roberto Sérgio Linhares.

Antes, a água da adutora Serra de Santana era compartilhada pelas três localidades. De acordo com técnicos da Caern, no máximo em 72 horas a água deve chegar a todos os bairros de Jucurutu. A cidade tem 5.267 ligações de água encanada.

Segurança hídrica

A barragem está praticamente pronta, mas somente será concluída quando todos os moradores das áreas inundáveis forem removidos para locais seguros. Tendo a transposição como garantia de abastecimento, Oiticica vai transformar o Seridó na primeira região do Semiárido a conquistar 100% de segurança hídrica. Quando estiver concluída, terá capacidade para 590 milhões de metros cúbicos. Será o terceiro maior reservatório do Rio Grande do Norte. O projeto foi dimensionado para atender à demanda pelos próximos 50 anos.

As obras do Complexo Oiticica foram iniciadas em junho de 2013, no governo da então presidenta Dilma Rousseff. O Governo do Estado planeja tranferir os moradores da antiga para a Nova Barra de Santana no primeiro semestre deste ano. Pequenos proprietários de terra e trabalhadores rurais serão reassentados em agrovilas.


alrn-hoz

Natal se prepara para a tecnologia 5G

A nova tecnologia 5G deverá chegar nos próximos meses à capital potiguar. Um instrumento que visa simplificar os licenciamentos das infraestruturas de suporte das novas antenas de celulares, adotando critérios tecnológicos de automação, que deixarão as expedições das licenças mais ágeis e confiáveis. A sanção da lei complementar nº 206/2021, foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM), no último dia 31 de dezembro de 2021.

A secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), pasta responsável por emitir as autorizações para instalação e operação dessas novas antenas de Estação Transmissora de Radiocomunicação (ETR), Estação Transmissora de Radiocomunicação Transitória (ETR-T) e Estação Transmissora de Radiocomunicação de Pequeno Porte (ETR-PP), que são concedidas e homologadas pela Anatel, adotará um sistema para registro desses equipamentos por meio de um cadastramento virtual. Apenas as antenas usadas para radares militares e civis com propósitos de defesa ou controle de tráfego aéreo obedecerão a regulamentação própria.

O sistema está sendo desenvolvido pela Semurb em parceria com a Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla), cujos registros só serão efetivados depois dos pagamentos de taxas e emolumentos, ficando admitida sua renovação mediante avaliação das suas infraestruturas de suporte.

Segundo o secretário da Semurb, Thiago Mesquita está é uma lei moderna, que teve uma participação efetiva dos técnicos da pasta na sua elaboração. O nosso propósito é de simplificar o processo de autorização de licenciamento dessas infraestruturas de suporte. E a escolha pelo cadastro via internet tem o objetivo de automatizar e agilizar a análise dessas antenas, disse.

Os suportes das antenas são considerados equipamentos urbanos de utilidade pública, podendo ser instalados em imóveis públicos e privados desde que sigam os parâmetros urbanísticos e paisagísticos da área. Portanto, a instalação desses aparelhos não poderá se projetar para a calçada nem para lotes vizinhos, além de receberem, caso necessário, tratamento acústico contra emissão de ruídos acima da legislação.

O descumprimento das restrições de instalação das ETR, ETR-T e ETR-PP constadas na Lei Complementar nº 206 são passíveis de punição por meio de advertência, multa simples ou diária, embargo de obra, demolição ou suspensão parcial ou total das atividades, lavradas pelo Departamento de Fiscalização Urbanística e Ambiental (DFUA) da Semurb.

Além disso, a detentora das infraestruturas é obrigada a instalar uma placa indicativa em local de fácil acesso, conforme instruções da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, no prazo máximo de 120 dias após a expedição da licença da obra. A nova Lei Complementar também se aplica aos equipamentos que já possuíam licença antes de sua publicação, devendo se adequar às novas diretrizes.


contex

Doze reservatórios tiveram aumento de volume após as últimas chuvas

Foto: Divulgação/IGARN

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares. O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta quarta-feira (05), indica que 12 mananciais receberam águas das últimas chuvas pelo interior do RN.

O reservatório que recebeu maior aporte hídrico, percentualmente, foi o açude Flechas, localizado em José da Penha, que acumula, atualmente, 6.731.275 m³, correspondentes a 75,21% da sua capacidade total, que é de 8.949.675 m³. Na última quinta-feira (30), o manancial estava com 6.317.200 m³, equivalentes a 70,59% da sua capacidade.

Outro manancial que recebeu águas foi o açude público de Marcelino Vieira, que está acumulando 7.804.875 m³, percentualmente, 69,69% da sua capacidade total, que é de 11.200.125 m³. Na última semana, o reservatório estava com 7.415.175 m³, equivalentes a 66,21% da sua capacidade total.

O açude Morcego, localizado em Campo Grande, acumula 1.860.151 m³, percentualmente, 27,73% da sua capacidade total, que é de 6.708.331 m³. Na última semana, o manancial estava com 1.785.681 m³, equivalentes a 26,62% da sua capacidade.

O reservatório Pataxó, localizado em Ipanguaçu, acumula 3.137.666 m³, correspondentes a 20,89% da sua capacidade total, que é de 15.017.379 m³. No final de dezembro, o manancial estava com 3.037.566 m³, equivalentes a 20,23% da sua capacidade.

O açude Jesus Maria José, localizado em Tenente Ananias, acumula 1.303.441 m³, correspondentes a 13,52% da sua capacidade total, que é de 9.639.152 m³. Na última semana o manancial estava com 1.243.452 m³, equivalentes a 12,90% da sua capacidade total.

O reservatório Bonito II, localizado em São Miguel, acumula 1.329.525 m³, percentualmente, 12,24% da sua capacidade total, que é de 10.865.000 m³. No final de 2021, o açude estava com 1.217.900 m³, correspondentes a 11,21% da sua capacidade.

O açude Carnaúba, localizado em São João do Sabugi, acumula 5.740.000 m³, percentualmente, 22,33% da sua capacidade total, que é de 25.710.900 m³. No final de 2021, o reservatório estava com 4.941.400 m³, equivalentes a 19,22% da sua capacidade.

Também localizado em São João do Sabugi, o açude Sabugi acumula 10.348.279 m³, correspondentes a 16,74% da sua capacidade total, que é de 61.828.970 m³. Na última semana, o manancial estava com 9.111.701 m³, equivalentes a 14,74% da sua capacidade total.

O reservatório de Pilões acumula 1.463.900 m³, correspondentes a 24,8% da sua capacidade total, que é de 5.901.875 m³. No final de dezembro, o açude estava com 1.419.912 m³, equivalentes a 24,06% da sua capacidade.

Outros mananciais que receberam águas em menor quantidade foram, Dourado, localizado em Currais Novos, que está com 10,24% da sua capacidade total; Poço Branco, localizado em município homônimo, que está com 10,82% da sua capacidade; e Boqueirão de Angicos, localizado em Afonso Bezerra, que está com 17,28% da sua capacidade total.

GRANDES RESERVATÓRIOS

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, acumula 1.066.278.837 m³, correspondentes a 44,93% da sua capacidade total; a barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior manancial do RN, acumula 211.087.100 m³, percentualmente, 35,2% da sua capacidade; e o reservatório Umari, localizado em Upanema, acumula 163.721.296 m³, equivalentes a 55,91%.

As reservas hídricas superficiais totais do RN somam 1.646.281.319 m³, correspondentes a 37,61% da sua capacidade total, que é de 4.376.444.842 m³. No final de dezembro de 2021, as reservas hídricas somavam 1.658.089.540 m³, equivalentes a 37,88% da sua capacidade total.

MENOS DE 10%

Os mananciais monitorados pelo Igarn que permanecem em nível de alerta, com menos de 10% das suas capacidades, são: Esguicho, localizado em Ouro Branco, com 0,05%; Zangarelhas, localizado em Jardim do Seridó, com 0,51%; Itans, localizado em Caicó, com 0,84%; o açude público de Cruzeta, com 1,98%; Tourão, localizado em Patu, com 4,95%; Caldeirão de Parelhas, com 4,97%; Santa Cruz do Trairi, localizado em Santa Cruz, com 5,55%; Japi II, localizado em São José do Campestre, com 7,9%; e Brejo, localizado em Olho-d’Água do Borges, com 8,13%.

Os reservatórios, monitorados pelo Igarn, que estão secos, são: Inharé, localizado em Santa Cruz, e Trairi, localizado em Tangará.


alrn-hoz

DER inicia obra de restauração de rodovias estaduais

O Governo do Estado, através do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN) deu início às obras de restauração de 29 trechos da malha viária do Rio Grande do Norte, onde a operação tapa-buracos não resolve mais. Os serviços representam um investimento de R$ 50 milhões em melhorias para as estradas estaduais. Atualmente, são três rodovias com os reparos já em plena execução.

O pontapé inicial foi dado no último domingo (19), no trecho de acesso ao distrito de Boi Selado, a partir do entroncamento da RN-118, em Jucurutu, com aproximadamente 4 km de extensão. Mais dois trechos estão com os serviços iniciados: rodovia Dehon Caenga, que liga Tibau a Grossos, com 4 km; e a RN-078, de Patu até a divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba, um trecho com 3,6 km.

Ao todo, serão restaurados 29 trechos: acesso do entroncamento da RN-064 / Boa Vista, em Ceará Mirim; acesso do entroncamento da RN-118 / Boi Selado (Jucurutu); Acesso do entroncamento da RN-177 com divisa RN/CE (São Rafael / Pereiro); RN- 016 (Entr. BR-304 / Assú / Carnaubais); RN-041 Entr. BR-304 / Entronc. RN-042; RN-078; (Entr. BR-226 / Divisa RN-PB); RN-081 (Santana do Seridó / Entr. RN-086); RN-129 (Entronc. BR-304 [Lajes] / Pedra Preta); RN/BR-226 (São Vicente / Florânia); RN-288 (Carnaúba dos Dantas / Divisa RN/PB); RN-404 (Carnaubais / Vila Do Alemão); Acesso ao Entronc. RN-003 (Espírito Santo / Jundiá); Acesso Tibau / Grossos; RN-001 (Entronc. RN-093 / Lagoa D’Anta); RN-072 (Lucrécia / Umarizal); Acesso Entronc. RN-120 – Entronc. RN-269 (Nova Cruz); RN-082 Entronc. RN-089 (Ouro Branco) – Divisa RN-PB; RN-087/ Entronc. BR-226 (Florânia) – Tenente Laurentino; RN-088 (Jardim do Seridó) – Entronc. RN-086 (Parelhas); RN-089 Entronc. BR-427 – Entronc. Rn-082 (Ouro Branco; RN-160 Vera Cruz – Entronc. RN-002 (A); RN-203 Entronc. RN-023 (São Tomé) – Entronc. Br 104 (A) (Cerro Corá); RN-203 Entronc. RN-120 – Entronc. RN-023 (São Tomé); RN-221 Entronc. RN-401 – Entronc. RN-403 – Entronc. Br 406 (Macau); RN-233 Olho d’Água do Milho – Entroc. BR-405 (Apodi); RN-269 Barra do Cunhaú – Acesso a Vila Flor; RN-288 São José do Seridó – Entronc. RN-118-BR-427 (A) (Caicó); RN-407 Mulungu – Entronc. Estrada do Óleo; Acesso Leste/Oeste (Mossoró).

O prazo de execução das obras nesses 29 trechos é de 360 dias. A medida em que as ordens de serviço forem assinadas pela governadora Fátima Bezerra, as obras iniciam e passam a ser executadas de forma simultânea. As obras são executadas pelo DER-RN, sob supervisão e fiscalização da Secretaria de Estado da Infraestrutura do Rio Grade do Norte (SIN/RN).

O diretor-geral do DER-RN, Manoel Marques, esclarece que as obras de restauração atingirão todos os distritos rodoviários do Rio Grande do Norte, com outros trechos como a RN-117 (Mossoró / Gov Dix-sept Rosado), RN-118 – Trecho: Entroncamento da BR-304 (São Rafael) / Entr. BR 226 (Jucurutu), RN-120 – Trecho Entr. BR-406 (João Câmara) / Bento Fernandes / Entr BR 304 (Riachuelo), RN-120 – Trecho Entr. BR-304 – São Paulo do Potengi – Entr. BR-226 (Elói de Souza), RN-120 – Trecho Entr. BR 226 (Serra Caiada) / Boa Saúde / Serrinha.

Os serviços de restauração dos pontos críticos das estradas estaduais integram o plano de obras lançado pela governadora Fátima Bezerra, no mês de outubro, com benefícios nas áreas de infraestrutura viária, educação, saúde, segurança pública e habitação popular, que prevê investimentos de R$ 494,4 milhões até o final de 2022.

Com relação ao Departamento de Estradas de Rodagem, o plano prevê Serviços de recuperação e ampliação da ponte sobre o Rio dos Caldeirões, localizada na RN-086, entre os municípios de Equador/RN e Parelhas/RN; serviços de Recuperação do Terminal Rodoviário do Município de Tangará/RN; construção de obra para eliminação de pontos críticos entre a Avenida Prudente de Morais/Av. Omar O’Grady com a Av. Tarcísio Maia (ou Av. da Integração); serviços de conservação e manutenção de rodovias integrantes da Malha Viária Pavimentada do Estado do Rio Grande do Norte; serviços de restauração de trechos de rodovias estaduais integrantes do Sistema Rodoviário do Estado do Rio Grande do Norte; implantação e pavimentação do acesso ao distrito de Tubibau, em Jandaíra/RN; serviços de restauração e de adequação de capacidade da RN-233, entre as BR-304 e BR-226.


contex

Mão de obra prisional realiza serviços de limpeza e manutenção no Forte dos Reis Magos

O Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte está avançando em ações utilizando mão de obra carcerária. Pessoas privadas de liberdade com qualificação para o trabalho tem a oportunidade de ressocialização através de atividades em prol da sociedade. É o caso de um grupo de internos da Grande Natal que, nesta segunda-feira (20), está finalizando a limpeza, capinagem e pintura de meio fio no Forte dos Reis Magos e imediações.

O secretário da Administração Penitenciária (Seap), Pedro Florêncio, explicou que a pasta firmou convênio com outras secretarias estaduais para que os presos possam realizar trabalhos de limpeza, reforma e manutenção de prédios públicos. “O controle do Sistema Prisional passa fundamentalmente por cumprir os requisitos da Lei de Execuções Penais. Para que haja uma efetiva ressocialização das pessoas privadas de liberdade é necessário que a gente possa capacitá-los profissionalmente e possa oferecer educação. Dessa forma, quando ele sair do sistema aumentam as possibilidades dele não voltar a delinquir.”

Por meio de parcerias foi possível consertar 600 carteiras escolares e dezenas de macas hospitalares, além de reformar “Alas Covid” dos hospitais Maria Alice Fernandes, Giselda Trigueiro e João Machado utilizando-se mão de obra de apenados. Também foram realizados serviços na Casa de Apoio Esperança, na Escola Estadual Tiradentes, sede do Grupamento dos Bombeiros Mirins, e na Escola Machadão de Ponta Negra. “Com os presos trabalhando em serviços de manutenção e limpeza de hospitais, escolas e prédios públicos, temos um retorno social muito grande. Isso resgata a dignidade do preso e o prepara para o convívio social. O que estamos fazendo na Secretaria da Administração Penitenciária é manter o controle, a segurança, a ordem e a disciplina nas unidades prisionais e ao mesmo tempo levamos as assistências que a lei determina aos privados de liberdade”, afirmou o secretário.

No Forte dos Reis Magos, os presos limparam a área do estacionamento e quiosques, incluindo a região de mata que foi capinada, pintaram os canteiros até o monumento e, ainda, fizeram a limpeza interna da fortaleza e do mangue. Além do lixo recolhido, construções abandonadas foram derrubadas, favorecendo a segurança do local. O Forte será aberto ao público no próximo dia 25. Todo trabalho é acompanhado por policiais penais. O pré-requisito para o preso trabalhar é a aptidão para o serviço e o bom comportamento. A cada dia de trabalho, o privado de liberdade tem um dia da pena remido. A Seap utilizou 10 apenados, todos do regime fechado, para o serviço no Forte dos Reis Magos.

O policial penal Dickson Alexson, responsável pela logística envolvendo a mão de obra carcerária, destacou que o trabalho é uma ferramenta capaz de auxiliar na transformação do ser humano. “Temos sob a tutela do Estado, pessoas que podem ajudar a sociedade e, fazendo-a se sentir útil, colaborar no processo de ressocialização.”

Desde 2019, a Seap tem incentivado e fomentado ações envolvendo trabalho e educação no sistema prisional. Foram realizadas, por exemplo, atividades externas no Laboratório de Análises Clínicas, no Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, no Instituto de Neurociências e no Parque Industrial de Macaíba. Em Pau dos Ferros, os presos limpam praças, ruas e até o cemitério da cidade. Na Penitenciária João Chaves Feminina, a Administração Penitenciária criou uma oficina completa de costura onde são produzidos fardamentos e, atualmente, as internas estão sendo capacitadas em curso de corte e costura industrial pelo Senai.

Por Assessoria


alrn-hoz

Armando Ribeiro Gonçalves acumula 47% da sua capacidade total

O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais foi divulgado nesta sexta-feira (17) e indica que as reservas hídricas superficiais totais do RN, atualmente, acumulam 1.683.685.319 m³, correspondentes a 38,47% da sua capacidade total, que é de 4.376.444.842 m³. No mesmo dia de dezembro de 2020, as reservas hídricas potiguares estavam em 45,81% da sua capacidade total.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, acumula 1.093.364.627 m³, correspondentes a 46,07% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No mesmo período de 2020, o manancial estava com 1.290.865.183 m³, equivalentes a 54,40% da sua capacidade total.

Segunda maior barragem do RN, Santa Cruz do Apodi acumula 214.042.890 m³, equivalentes a 35,69% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. Em meados de dezembro de 2020, o manancial estava com 175.096.010 m³, percentualmente, 29,20% da sua capacidade total.

A barragem Umari, localizada em Upanema, acumula 167.529.369 m³, correspondentes a 57,21% da sua capacidade total, que é de 292.813.650 m³. No mesmo período do ano passado, o reservatório estava com 219.996.145 m³, equivalentes a 75,13% da sua capacidade total.

Os reservatórios monitorados pelo Igarn que ainda estão com mais de 70% da sua capacidade, são: o açude Flechas, localizado em José da Penha, com 71,89%, o açude Santana, localizado em Rafael Fernandes, com 73,5%; Riacho da Cruz II, localizado em Riacho da Cruz, com 74,84% e o açude Apanha Peixe, localizado em Caraúbas, que está com 74%.

A barragem de Pau dos Ferros acumula 19.136.639 m³, correspondentes a 34,89% da sua capacidade total, que é de 54.846.000 m³. No mesmo período de 2020, o reservatório estava com 12.823.178 m³, equivalentes a 23,38% da sua capacidade total.

A barragem Poço Branco, localizada em Poço Branco, acumula 14.635.512 m³, correspondentes a 10,76% da sua capacidade total, que é de 136.000.000 m³. No mesmo período de dezembro de 2020, o manancial estava com 25.868.407 m³, percentualmente, 19,02% da sua capacidade total.

O açude Dourado, localizado em Currais Novos, acumula 1.162.525 m³, equivalentes a 11,26% da sua capacidade total, que é de 10.321.600 m³. No mesmo período do ano passado, o manancial estava com 5.809.010 m³, correspondentes a 56,28% da sua capacidade total.

Os mananciais monitorados pelo Igarn que estão em nível de alerta, com volumes inferiores a 10% da sua capacidade, atualmente são 9: Brejo, localizado em Olho-d’Água do Borges, com 8,73%; Tourão, localizado em Patu, com 4,92%; o Caldeirão de Parelhas, localizado em Parelhas, com 5,62%; o açude público de Cruzeta, com 2,27%; o açude Itans, localizado em Caicó, com 0,94%; o Zangarelhas, localizado em Jardim do Seridó, com 1,2%, Esguicho, localizado em Ouro Branco, com 0,05%; Japi, localizado em São José do Campestre, com 8,28% e Santa Cruz do Trairi, com 5,87% da sua capacidade.

Os açudes monitorados pelo Igarn que estão secos são: Inharé, localizado em Santa Cruz e o Trairi, localizado em Tangará.

Situação das Lagoas

A lagoa de Extremoz, responsável pelo abastecimento de parte da zona norte da capital, acumula 8.588.017 m³, correspondentes a 77,93% da sua capacidade total, que é de 11.019.525 m³.

Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 38.481.221 m³, percentualmente, 45,67% do seu volume total, que é de 84.268.200 m³.

A lagoa do Boqueirão, que atende a usos diversos, acumula 8.810.393 m³, correspondentes a 79,55% da sua capacidade total, que é de 11.074.800 m³.

Monitoramento

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares.


alrn-hoz

Defesa Civil Nacional reconhece a situação de emergência em seis cidades do País atingidas pela falta de chuvas

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), reconheceu, nesta terça-feira (14), a situação de emergência em seis cidades brasileiras atingidas pela falta de chuvas. A decisão foi publicada em portaria do Diário Oficial da União (DOU).

No Rio Grande do Norte, os municípios de Caicó e Felipe Guerra passam pela estiagem. Já Ipueira e São Vicente, no mesmo estado, registraram seca, que é um período de falta de chuvas maior do que a estiagem.

Ainda no Nordeste, a cidade de Caridade, no Ceará, também passa por um um longo período sem precipitações.

Já no Norte, o município de Uarini, no Amazonas, também registra estiagem.

Acesso a recursos

Com o reconhecimento federal de situação de emergência, os municípios atingidos por desastres naturais podem solicitar recursos do MDR para atendimento à população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados pelo desastre.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.


contex

Ataque a estação da Adutora Monsenhor Expedito provoca parada no abastecimento

As 30 cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito estão com o abastecimento suspenso nesta segunda-feira (6), depois que a Estação de Bombeamento 1 (EB-1), localizada na Lagoa do Bonfim, sofreu um atentado. Tiros foram disparados contra os dois transformadores da estação, provocando avaria nos equipamentos e paralisação no funcionamento do sistema de abastecimento.

A Caern já está tomando as providências necessárias na esfera policial, com a comunicação de um boletim de ocorrência, ao mesmo tempo em que técnicos da companhia fazem um levantamento da situação para colocar os equipamentos novamente em funcionamento. A previsão é que o serviço seja restabelecido até esta quarta-feira (8).

Depois da retomada do fornecimento, será necessário aguardar até 48 horas para que o abastecimento esteja completamente normalizado.

As cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito são Rui Barbosa, São Pedro, São Tomé, São Paulo do Potengi, Japi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi, Lajes Pintadas, São José de Campestre, Serrinha, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra Caiada, Lagoa de Velhos, Barcelona, Bom Jesus, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Tangará, Santa Cruz, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa D`anta, Monte Alegre, Ielmo Marinho, Santa Maria, Senador Eloi de Souza e Campo Redondo.


senhoritta

Oratório de Santa Luzia é reconhecido como patrimônio imaterial pelo Estado

No ano em que completa 21 anos de existência, o espetáculo Oratório de Santa Luzia, encenado em Mossoró durante os festejos da festa da padroeira, é reconhecido pelo Governo do Estado como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio Grande do Norte, através da Lei Estadual Nº 11.027. Sancionada pela governadora Fátima Bezerra, nesta segunda-feira (29), a lei foi proposta pela deputada estadual Isolda Dantas e será publicada na edição desta terça-feira (30), do Diário Oficial do RN (DOE).

O espetáculo, que relata a história do martírio da virgem de Siracusa, cauteriza-se por reunir pessoas da comunidade e artistas locais na encenação. A produção é assinada pela Paróquia de Santa Luzia e conta com patrocínio do Governo do Estado através do Programa de Incentivo à Cultura, por meio da Lei Câmara Cascudo.

Além de ser um dos pontos altos da tradicional Festa de Santa Luzia, que ocorre há mais de 250 anos, o Oratório confirma a vocação teatral da cidade de Mossoró.


m4net

Nova Cruz inicia novenário da festa de sua padroeira, Imaculada Conceição

Ontem (29) foi celebrada a primeira noite do Novenário da Imaculada Conceição, padroeira de Nova Cruz, presidida pelo vigário paroquial, Padre Dênison Ricardo, filho de Santa Cruz, com a participação dos diáconos permanentes Júlio Cesar e Josinaldo Santos e o diacono transitório Alisson Elói.

A festa segue até o dia 08 de dezembro, dia solene da Imaculada Conceição, e com transmissão pelas redes sociais da Paróquia, com a TV Imaculada.

Nossa Senhora da Conceição ou Imaculada Conceição é festejada em 17 paróquias da Arquidiocese de Natal.

Fotos: Pascom Nova Cruz


senhoritta

Acendimento da Árvore de Mirassol celebra a esperança do recomeço, diz Álvaro Dias

Ponto de referência dos festejos natalinos na capital, a Árvore de Mirassol, localizada na zona Sul de Natal, teve sua nova iluminação acesa na noite desta sexta-feira (19) e atraiu um público numeroso ao local. O ato de acendimento aconteceu por volta das 19h e contou com a presença do prefeito Álvaro Dias, que destacou o momento como “emblemático e de muita confraternização neste recomeço após a travessia da pandemia”.

Considerada uma das maiores do país, a árvore tem estrutura de 120 metros de altura e fica mais iluminada todos os anos no ciclo natalino que se estende até 6 de janeiro. Neste ano, o projeto de iluminação trouxe duas camadas repletas de luzes nas cores azul e dourado, tonalidades escolhidas por simbolizarem a prosperidade e alegria.

O Natal em Natal envolve trabalho conjunto de diversas secretarias do Município, como as Secretarias de Cultura, Trabalho e Assistência Social, Turismo, Mobilidade, Segurança, Saúde, Comunicação, Educação, Limpeza Pública, Obras e Serviços Urbanos.


alrn-hoz

Prefeitos do Seridó e Trairi se reúnem em Currais Novos

A reunião mensal dos prefeitos que compõem a Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Oriental aconteceu, nesta quinta-feira (18), na sede da entidade em Currais Novos, e contou com a participação do Trairi.

O presidente da AMSO, Fernando Bezerra, que é prefeito de Acari, abriu a assembleia desejando boas vindas e colocando os assuntos em debate. Estiveram presentes os prefeitos: Odon Júnior de Currais Novos, Samuel Oliveira de Ouro Branco, Professor Cletson de Equador, Gilson Dantas de Carnaúba dos Dantas, Hudson Brito de Santana do Seridó, Amazan de Jardim do Seridó, Dr. Tiago de Parelhas, Luciano Santos de Lagoa Nova, Novinho de Cerro Corá, Dr. Renam de Campo Redondo, Inácio Macedo de Tenente Laurentino, Joaquim de Medeirinho de Cruzeta, Galo de Florânia, Jane Maria de São Vicente,

A prefeita de Japi, Simone Silva, além do prefeito de Santa Cruz, Ivanildinho Ferreira, acompanharam o encontro para conhecer mais sobre a AMSO. De acordo com Fernando Bezerra existe a possibilidade da associação receber novos prefeitos e fortalecer as lutas municipalistas. “A cada mês reunimos os municípios filiados, hoje em especial estamos recebendo alguns prefeitos do Trairi, na perspectiva que eles passem a ser filiados a AMSO, inclusive se isso for efetivado deveremos ter a mudança de sigla, que assim passará de municípios da microrregião do Seridó Oriental para do Seridó-Trairi”, contou.

Ivanildinho destacou no encontro o interesse de Santa Cruz em fortalecer a pauta municipalista e a importância da integração das duas regiões para trazer benefícios para a população de cada município. Novos encontros entre os prefeitos das duas regiões devem continuar ocorrendo para que a parceria seja fortalecida, visando atender as demandas municipais.


contex

Aldo Clemente será relator do Plano Diretor de Natal na comissão de Planejamento Urbano

O vereador Aldo Clemente (PDT) será o relator do Plano Diretor de Natal na Comissão de Planejamento Urbano, Meio Ambiente e Habitação da Câmara Municipal de Natal, da qual também é presidente. A definição ocorreu na manhã desta terça-feira (09), em reunião extraordinária, quando o colegiado recebeu a minuta do projeto.

“Hoje a comissão recebe o projeto mais importante dessa atual Legislatura e desse ano de 2021, que é o Plano Diretor de Natal. O parecer dessa comissão é fundamental, central e de muita responsabilidade. É uma matéria que mexe na mobilidade, acessibilidade, meio ambiente, social, economia e, na próxima semana, o relatório já será apresentado de forma técnica e transparente”, disse o vereador.

Aldo Clemente é o presidente da Comissão de Planejamento e também da Comissão Especial do Plano Diretor de Natal. O parlamentar disse estar tranquilo e confiante com relação à tramitação do projeto e ressaltou a importância de um diálogo democrático e aberto entre os vereadores, bem como com a sociedade. A comissão de Planejamento da Casa apresentará na próxima terça-feira (16), em reunião ordinária, seu parecer sobre o Plano Diretor.

“Tenho dito desde o início que o plano diretor deve ser o livro de cabeceira dos vereadores e assim estou fazendo. Tenho estudado com dedicação e atenção cada parte da minuta, por isso me sinto tranquilo para relatar o parecer desta comissão”, declara.

Aldo Clemente disse ainda que, como presidente da Comissão Especial, tem conseguido uma relação de respeito e aberta com todas as bancadas. “Nós vereadores temos a consciência de que será nesta Casa a finalização do Plano e que ele precisa ser inclusivo e equilibrado para o bem e segurança de Natal”, destacou o vereador.


r87

Arquidiocese promove campanha para revitalizar Catedral Metropolitana

A Catedral Metropolitana de Natal, inaugurada em 21 de novembro de 1988, vai passar por um processo de revitalização, tendo em vista a melhoria na estrutura e do espaço interno da Igreja. O projeto, de responsabilidade do engenheiro Nelson Araújo, está orçado em mais de 2 milhões de reais e prevê a revitalização da parte de trás da Igreja, bem como, do presbitério e laterais, com a inserção de novos elementos litúrgicos.

Para arrecadar recursos que serão destinados às obras, a Catedral de Natal vai lançar uma ação entre amigos, intitulada “Amigos da Catedral”. A campanha vai se estender durante um ano inteiro. O lançamento acontece na próxima quinta-feira, dia 11, por ocasião da abertura da festa de Nossa Senhora da Apresentação e seguirá até 21 de novembro de 2022, com o sorteio de um carro 0Km e outros prêmios.

Os que desejarem contribuir, podem adquirir o bilhete, no valor de R$ 10 reais, na secretaria da Paróquia da Catedral ou com os agentes das pastorais. Segundo o pároco, o padre Valdir Cândido, o objetivo da revitalização é cuidar da melhor forma possível da Igreja Catedral.

Os bilhetes para participar do sorteio podem ser adquiridos na secretaria da paróquia da Catedral, no valor de dez reais. Para mais informações, ligue para o (84) 3201-4559.


m4net

Prefeitura apresenta nesta quinta Natal em Natal do recomeço

Foto: Alex Régis/ Tribuna do Norte

A Prefeitura do Natal promove a partir do mês de novembro uma nova edição do Natal em Natal. Desta vez o Natal em Natal do recomeço. O evento consiste no maior projeto cultural da cidade e fomentador de emprego e renda na capital potiguar. O lançamento do Natal em Natal será feito pelo prefeito Álvaro Dias nesta quinta-feira (28), às 9h, no Sesc Centro (av. Rio Branco, Cidade Alta).

O calendário vai até janeiro com projetos realizados através de editais de fomento, seleções públicas e incentivos da Lei Djalma Maranhão. “Parte do calendário natalino conta com projetos integrados ao calendário, através dos incentivos da Lei Djalma Maranhão e de seleções públicas e editais lançados atendendo todos os segmentos culturais e produtivos”, comenta o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.

A Secretaria Municipal de Cultura (Secult), coordenadora do evento, lançou editais que se transformam em projetos culturais que vão desde exposições a festivais. Estes projetos vão reunir milhares de potiguares e turistas até o mês de janeiro, movimentando a economia criativa e suas mais de 51 atividades.

O Natal em Natal envolve trabalho coletivo de diversas secretarias do Município. Além da Secult, integram a produção do Natal em Natal as secretarias municipais de Turismo, Mobilidade Urbana, Segurança Pública e Defesa Social, Saúde, Comunicação Social, Educação, Obras Públicas, Serviços Urbanos (Semsur) e a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana).


alrn-hoz

Prefeita Marina Marinho é convidada para participar da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, na Escócia

A Prefeita de Jandaíra, Marina Marinho, é uma das integrantes da delegação brasileira que vai viajar com o Instituto Alziras para a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26). O evento será realizado em Glasgow, na Escócia, entre os dias 31 de outubro e 12 de novembro. Na ocasião, a Chefe do Executivo vai falar sobre os impactos causados pelas instalações das usinas eólicas em Jandaíra. As despesas da viagem estão sendo custeadas pela organização.

O convite à Marina foi realizado no último dia 1º de outubro, pelo Instituto Alziras, organização sem fins lucrativos que visa a ampliar e fortalecer a presença de mulheres na política e na gestão pública. Procurada pelo Instituto, Marina foi uma das palestrantes do painel Mulheres na Vanguarda da Transição Energética, que aconteceu na Conferência Brasileira de Mudança do Clima, no final de setembro. Sua participação gerou uma repercussão positiva, o que originou o convite para integrar a delegação do Alziras à COP26.

Para Marina, essa é uma oportunidade única para divulgar o tema, que possui extrema importância para a cidade e para o Rio Grande do Norte, que é o estado que possui o maior número de usinas eólicas no país. Em Jandaíra, há, atualmente, 95 aerogeradores instalados em dois complexos e 58 em fase de instalação em outros três. “É uma grande alegria poder ser uma das vozes que vão representar o RN num evento de tamanha proporção. Além disso, vamos ter a chance de mostrar Jandaíra e suas potencialidades para representantes de governos no mundo inteiro, em especial sobre um tema que é tão presente no dia a dia da nossa cidade”, afirmou a prefeita.


senhoritta

Água Azul: Boletim da Balneabilidade aponta todas as praias próprias para banho

O Boletim da Balneabilidade das praias do Rio Grande do Norte Nº 42, emitido na sexta-feira (22), informa que todas as praias analisadas estão próprias para o banho. Foram coletadas e classificadas amostras de água em 33 pontos distribuídos na faixa costeira situada entre os municípios de Nísia Floresta e Extremoz, a fim de classificar e informar aos banhistas quais as condições das praias monitoradas.

A base dos dados analisa a quantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas (Resolução nº 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA).

O estudo é uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (FUNCERN), e faz parte do Programa Água Azul.


m4net

Femurn leva mais de 70 prefeitos a Brasília para reunião com bancada federal

Mais de 70 prefeitos do Rio Grande do Norte estiveram em Brasília nesta quarta-feira (20) para uma reunião com a bancada federal potiguar. Na pauta do encontro, uma série de projetos de importância para os municípios brasileiros, que estão em tramitação no Congresso Nacional. O encontro foi articulado pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn).

“Os prefeitos atenderam ao chamado da Femurn diante da importância dos temas debatidos e da necessidade de contarmos com o apoio dos nossos representantes na capital federal. Foi uma oportunidade para mostrarmos aos deputados e senadores do RN a situação pela qual estão passando as cidades do Estado, assim como buscamos apoios para estas matérias que impactam diretamente a vida dos municípios”, disse Babá Pereira (Republicanos), presidente da Femurn e prefeito de São Tomé.

Além dos cerca de 70 prefeitos presentes, mais de 20 secretários municipais também estiveram no evento representando suas cidades. Coordenador da bancada federal, o deputado Benes Leocádio (Republicanos) ressaltou o papel de cada gestor no convencimento dos parlamentares em defesa da pauta municipalista.

Estiveram presentes no encontro os presidentes da Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Ocidental (Amso), Fernando Bezerra (prefeito de Acari), da Associação os Municípios do Litoral Agreste Potiguar (Amlap), Fernando Teixeira (prefeito de Espírito Santo), e da Associação dos Municípios da Região Central e Vale do Assu Potiguar (Amcevale), Reno Marinho (prefeito de São Rafael). A Associação dos Municípios do Seridó (AMS) e a Associação dos Municípios do Oeste Potiguar (Amop) também enviaram representantes.

Da bancada federal, além de Benes Leocádio, também estiveram presentes os deputados Beto Rosado (Progressistas), Carla Dickson (Pros), Rafael Motta (PSB), João Maia (PL), general Girão (PSL) e Walter Alves (MDB), estes dois últimos de forma remota. A senadora Zenaide Maia (Pros) também participou de maneira virtual.


m4net