Ielmo Marinho

Vandalismo em Estação Elevatória suspende abastecimento em cinco cidades

O fornecimento de água está suspenso nas cidades de Bom Jesus, Ielmo Marinho, São Paulo do Potengi, Santa Maria, São Pedro e comunidades rurais da região após furto de cabos e danos a Estação Elevatória de Água (EEA -07) do Sistema Adutor Monsenhor Expedito.

O fato ocorreu na madrugada desta terça-feira (10). A Caern já registrou Boletim de Ocorrência e está avaliando os danos para adotar as medidas necessárias para o conserto. Assim que concluir o levantamento, a Companhia informará a previsão para reativar a EEA. A recomendação é que a população utilize a água disponível de forma racional.


m4net

Abastecimento da Adutora Monsenhor Expedito está em fase normalização após interrupção elétrica

O Blog recebeu uma nota da CAERN sobre a situação do abastecimento da Adutora Monsenhor Expedito:

A adutora Monsenhor Expedito, responsável pelo abastecimento de 30 cidades do Agreste, está com o funcionamento em fase de normalização após interrupção, na noite desta quinta (05), no fornecimento elétrico para a Estação de Bombeamento 1. O fornecimento elétrico foi restabelecido às 10h30, desta sexta-feira (06), pela concessionária elétrica, ao mesmo tempo em que a Caern retomou gradativamente a distribuição de água. O prazo de normalização para que todos os imóveis estejam plenamente abastecidos é de até 48h.

As cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito são Rui Barbosa, São Pedro, São Tomé, São Paulo do Potengi, Japi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi, Lajes Pintadas, São José de Campestre, Serrinha, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra Caiada, Lagoa de Velhos, Barcelona, Bom Jesus, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Tangará, Santa Cruz, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa D`anta, Monte Alegre, Ielmo Marinho, Santa Maria, Senador Elói de Souza e Campo Redondo.


m4net

CAERN interrompe operação da Adutora Monsenhor Expedito para substituição de bomba

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) precisou realizar a substituição emergencial de uma bomba da Estação de Bombeamento que abastece a adutora Monsenhor Expedito na tarde desta quinta-feira (11). Contudo, após a substituição, o registro de passagem para a adutora apresentou problema.

As equipes da Companhia já estão atuando para a correção do equipamento, mas a previsão é que o conserto seja finalizado na manhã desta sexta-feira (12), quando o abastecimento será retomado. Após religado o sistema, a previsão é de 48 horas para que o fornecimento de água esteja totalmente normalizado.

As cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito são Ruy Barbosa, São Pedro, São Tomé, São Paulo do Potengi, Japi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi, Lajes Pintadas, São José de Campestre, Serrinha, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra Caiada, Lagoa de Velhos, Barcelona, Bom Jesus, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Tangará, Santa Cruz, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa D`anta, Monte Alegre, Ielmo Marinho, Santa Maria, Senador Eloi de Souza e Campo Redondo.

Também será afetada a cidade de Santa Cruz, que não tem o sistema operado pela Caern, mas que recebe água da Adutora Monsenhor Expedito.


alrn-hoz

MPF cobra de prefeituras rigor no combate a fraudes em licitações

Reduzir ou até mesmo acabar com irregularidades nas licitações públicas, como a manipulação de editais, a falta de transparência, o direcionamento de resultados, o fracionamento indevido, a formação de cartel entre os participantes e muitas outras modalidades de fraudes. Esse é o objetivo da recomendação que o Ministério Público Federal (MPF) emitiu a vários municípios potiguares.

O documento é parte de uma mobilização nacional do MPF e, no Rio Grande do Norte, o procurador da República Felipe Siman já as enviou às prefeituras de Ceará-Mirim, Maxaranguape, Rio do Fogo, Touros, São Miguel do Gostoso, Pedra Grande, São Bento do Norte, Caiçara do Norte, Parazinho, Jandaíra, Pedra Preta, Jardim de Angicos, João Câmara, Bento Fernandes, Poço Branco, Taipu e Ielmo Marinho.

Os objetivos incluem garantir que as licitações respeitem as normas legais, melhorar a eficiência dos processos e até mesmo reforçar a responsabilidade dos gestores, tendo em vista que muitas vezes eles afirmam desconhecer as regras, quando questionados judicialmente. “Em ações penais e ações de improbidade administrativa relacionados a fraudes em licitações, a defesa dos agentes públicos envolvidos costuma alegar ausência de dolo por desconhecimento das nuances e diretrizes legislativas a respeito de licitações”, destaca o procurador.

Medidas – As ações cobradas no documento incluem iniciativas que assegurem total transparência aos processos; bem como que os responsáveis por cada etapa sejam claramente identificados e, todas as decisões tomadas pelas comissões de licitação, devidamente justificadas. Uma das recomendações é para que não haja fracionamento indevido das despesas (prática usada em geral para se fazer licitações mais simples, nas quais as brechas para irregularidades são maiores).

O MPF ressalta a importância de etapas como a pesquisa de preços, a elaboração dos termos de referência, a preparação dos projetos e a definição de critérios adequados, assim como a estipulação das condições a serem exigidas das empresas que queiram se habilitar. A recomendação enfatiza a importância de avaliar a experiência e a capacidade técnica dos interessados, porém dentro de uma razoabilidade, para que tais critérios não sejam usados no intuito de direcionar o vencedor.

Além de sugerir outra série de medidas, o documento do MPF destaca que a fiscalização dos processos licitatórios é fundamental. Sinais de irregularidades – como parentesco entre os participantes, semelhanças entre as propostas, repetição dos interessados ou suspeitas quanto a “empresas de fachada” ou utilização de “laranjas” – devem ser sempre minuciosamente checados, de modo a descartar possíveis esquemas fraudulentos.

Os prefeitos que receberam a recomendação terão 30 dias para informar se acatarão as medidas. Confira a íntegra de uma das recomendações clicando aqui.

Assessoria do MPF


m4net

Prefeito de Ielmo Marinho confirma apoio à dobradinha Walter federal e Hermano estadual

O início da tarde de hoje (1°) foi movimentado em Ielmo Marinho. O município, a 54 quilômetros de Natal, recebeu a carreata do candidato a governador, Carlos Eduardo (PDT).

Na ocasião, o prefeito Dr. Cássio Cavalcante (MDB), confirmou apoio à dobradinha: Walter Alves para deputado federal e Hermano Morais para deputado estadual, ambos candidatos à reeleição pelo MDB.


alrn-hoz

Carlos Eduardo tem apoio de prefeito de Ielmo Marinho

O pré-candidato a governador pelo PDT, ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, recebeu outra declaração de voto importante da Região Potengi. Eleito com 67% em 2016, o prefeito de Ielmo Marinho, a 55 km de Natal, médico Cássio Cavalcante (MDB), o Dr. Cássio, reforçou nesta quarta-feira (11/07), sua decisão de se empenhar na pré-campanha de Carlos Eduardo por considerá-lo o mais capacitado e experiente para reestruturar o Rio Grande do Norte.

Doutor Cássio revelou a perseguição sofrida do atual governador e que, mesmo assim, está resistindo e vem tendo apoio das pessoas. “Temos escolas há três anos sem professores e na segurança, temos comunidades em que os moradores alimentam os policiais e pagam suas diárias. Ninguém aguenta mais esse governo desastroso. Carlos Eduardo vai mudar esse desastre”, disse o prefeito.


contex

Gerente de cerâmica é morto a tiros dentro de casa em Ielmo Marinho

O gerente de uma cerâmica em Ielmo Marinho, município da Grande Natal, foi assassinado a tiros dentro de casa na noite desta segunda-feira (2). De acordo com a Polícia Militar, Ivanildo Luzia da Silva, de 50 anos, recebeu um chamado e foi abrir a porta. Foi quando recebeu vários tiros. A mulher e a filha dele estavam em casa, mas não foram feridas.

Ainda segundo a PM, Ivanildo Xuxa, como era mais conhecido, estava dentro de casa, na comunidade Fazenda do Potengi, quando foi assassinado. O crime aconteceu por volta da 20h. Os assassinos chegaram chamando por Ivanildo. Ao abrir a porta, ele acabou atacado e baleado no rosto. Ivanildo ainda correu até a cozinha, onde acabou levando mais quatro tiros.

A PM fez buscas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Do Portal G1


alrn-hoz

Ielmo Marinho terá corte no salário de prefeito e secretários

A Prefeitura de Ielmo Marinho vai iniciar essa semana uma série de medidas para conter despesas, atendendo a uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Todas as medidas estão no Decreto publicado no Diário Oficial nesta segunda-feira (2).

Entre as medidas estão: o corte de 20% no salário do prefeito Cássio Cavalcanti, dos secretários e dos adjuntos; exoneração de aproximadamente 20% dos cargos comissionados; redução da frota de veículos e de gastos com telefone, energia e material de expediente; além da suspensão de contratos não emergenciais, aditivos contratuais e gratificações.

De acordo com a Prefeitura, Ielmo Marinho teve uma reduções significativas nas fontes de receitas como royalties, Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), impostos e outras receitas voluntárias. O que provocou um aumento das despesas com pessoal chegando ao patamar de 50,79% da receita, superando o limite de alerta de 48,6% previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Com as medidas, o Município espera economizar aproximadamente R$ 300 mil por mês e ficar dentro do limite de gastos de pessoal, ou seja, abaixo do percentual de 48,6%.


senhoritta

Câmara de Ielmo Marinho aprova melhorias na infraestrutura e educação

Os vereadores da Câmara Municipal de Ielmo Marinho aprovaram as solicitações de melhorias nas áreas da infraestrutura e educação para o município durante a sessão realizada na noite desta sexta-feira (10).

O vereador Tiago Menezes (PMDB) lembrou que foram apenas requerimentos, mas destacou que o Parlamento tem um bom relacionamento com o prefeito Cássio Cavalcante, mais conhecido como “Dr. Cássio”. “Acreditamos que o prefeito atenderá ao pedido da Câmara sem grandes problemas. Afinal, são melhorias para o povo ielmomarinhense”, afirmou.

Além dos requerimentos, os parlamentares também votaram pela mudança do horário das sessões, que regimentalmente são realizadas nas sextas-feiras à noite e que, agora, passarão a ser realizadas nas terças-feiras no turno da tarde.


m4net