Prefeitura de Japi

Município de Japi oficializa seu ingresso na AMSO-TR

A Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Oriental e Trairi, realizou Assembleia Geral Extraordinária com os prefeitos associados. Para dar boas-vindas ao município de Japi, que oficializou sua adesão a nova AMSO-TR, o encontro aconteceu na cidade, que fica na região do Trairi, na última sexta-feira (1º). O presidente da AMSO, Fernando Bezerra, abriu os trabalhos e apresentou o município como novo sócio.

Entre as questões abordadas estão a aprovação da reforma estatutária da AMSO-TR; a Copa AMSO-TRAIRI de futebol de campo; o calendário cursos do IEL, que em breve estará oferecendo cursos aos municípios associados; além do projeto de expansão da comunicação institucional da AMSO-TR, projeto esse que inclui a produção de um programa de TV semanal.

A prefeita anfitriã, Simone Fernandes, contou do desejo de caminhar junto da Associação dos Municípios, lembrou as vantagens e a organização do grupo. “Estou sendo muito bem recebida. A cidade de Japi se alegra em acolher cada um dos amigos prefeitos que aqui vieram. Vamos lutar juntos, o Seridó e o Trairi, fortalecendo os pequenos municípios do Rio Grande do Norte”, contou.

“Momento de muita alegria e satisfação para todos nós que fazemos a nova AMSO-TR. Estamos conseguindo dar um grande salto na luta pelas causas municipalistas. A entrada dos municípios de Campo Redondo, agora de Japi e em breve de Santa Cruz, representa nossa luta pelo associativismo municipal, luta essa que completou 44 anos de existência, nos consagrando como pioneiros no Rio Grande do Norte, onde exercermos hoje no contexto da região uma posição de muita responsabilidade e credibilidade como veículo de articulação político administrativo entre os municípios associados e as esferas do Governo Federal, Estadual e outras entidades não governamentais. Portanto, seja bem vinda Prefeita Simone. Vamos juntos construir uma associação cada vez mais forte”, disse o Presidente Fernando Antonio.

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE

Na ocasião, o presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde, Gilson Dantas, que é prefeito de Carnaúba dos Dantas, prestou contas do trabalho e apresentou algumas metas. Outro assunto abordado foi à oficialização do convite para que Japi possa participar também do consórcio.

“Juntos somos fortes. Na luta para que possamos prestar um serviço eficiente aos nossos munícipes, precisamos de um consórcio organizado e fortalecido. Aproveito para convidar a amiga prefeita Simone para ingressar o município de Japi ao Consórcio Intermunicipal de Saúde. Tenho certeza que será muito bem-vinda”, explicou Gilson.

Estiveram presentes além do prefeito de Acari, Fernando Bezerra e a prefeita Simone Fernandes de Japi, os gestores Gilson Dantas, de Carnaúba dos Dantas; Hudson Brito, de Santana do Seridó; Novinho, de Cerro Corá; Joaquim Medeiros, de Cruzeta; Cletson Oliveira, de Equador; Samuel Oliveira, de Ouro Branco; Inácio Macedo, de Tenente Laurentino; Jane Lins, de São Vicente; a vice-prefeita de Currais Novos, Ana Albuquerque, a Vice-prefeita e Jardim do Seridó, Ana Maria; o Vice-prefeito de Santa Cruz, Glauther Adriano; e o Vice-prefeito de Parelhas, Humberto Gumdim.


m4net

Prefeitura de Japi emite nota sobre pacientes de Japi na UTI Covid de Santa Cruz

Deu problema na divulgação do boletim epidemiológico da Covid-19 de Santa Cruz com a Prefeitura de Japi. Isso porque, o município de Japi informou nas redes sociais que não tinha pacientes regulados em Santa Cruz.

Logo, gerou muitos comentários sobre “falta de transparência” da gestão de Simone Silva, que emitiu uma nota sobre o assunto, confira na íntegra:

A PREFEITURA DE JAPI/RN, por meio da Secretaria de Saúde, apresenta os esclarecimentos a toda a população sobre as notícias veiculadas no boletim epidemiológico de Santa Cruz/RN e blogues da região.

Na noite de ontem, sexta feira, (28), foi noticiada a matéria falando sobre a taxa de ocupação dos leitos de UTI COVID na cidade de Santa Cruz/RN, e fomos surpreendidos com a seguinte afirmação: “Dos 05 pacientes internados, 02 eram da cidade de Japi/RN”.

Entramos em contato com a Secretaria de Saúde de Santa Cruz/RN, a fim de buscarmos informações sobre o que foi noticiado. Diante disso, foi constado que um dos pacientes tem dupla residência (Santa Cruz/Japi), e o cartão SUS é cadastrado no município de Japi/RN. O paciente deu entrada diretamente na cidade de Santa Cruz/RN, não sendo possível o controle, por parte da Secretaria de Saúde de Japi/RN, da quantidade de pacientes que são regulados por outros municípios.

O outro paciente foi encaminhado cerca de 10 dias atrás para a unidade de saúde na cidade de Santa Cruz/RN em LEITO CLÍNICO à espera de um cateterismo. Nesse tempo, infelizmente ele contraiu o vírus e positivou para COVID19.

O boletim epidemiológico de Japi/RN apresenta os números dos pacientes que deram entrada no município por COVID19 e são regulados pelo próprio município. Conforme atualização nas últimas 24 horas, nos dados consta 01 paciente regulado pelo SISTEMA DE LEITOS DO RIO GRANDE DO NORTE, de forma que ele segue em tratamento hospitalar na cidade de Currais Novos/RN.

Reafirmamos o compromisso e prezaremos sempre pela transparência e a verdade em tudo que é veiculado nas redes institucionais no município.


r87

Prefeitura de Japi endurece medidas e exige passaporte vacinal

Via decreto, a Prefeitura de Japi estabelece medidas mais duras destinadas ao enfrentamento da pandemia de COVID-19. “Tendo em vista o cenário pandêmico que estamos vivendo, os números diários de casos ativos COVID-19 e o aumento significativo nos casos de influenza, o decreto torna-se necessário a fim de manter atenuada a linha de contágio do vírus entre os munícipes”, aponta o decreto.

O decreto é válido a partir desta quinta-feira, 27 de janeiro, com publicação nesta sexta-feira (28), e também estabelece a exigência do comprovante vacinal, além da obrigatoriedade do uso de máscara de proteção em ambientes abertos e fechados, proibição da realização de shows, festas e eventos esportivos, como também a aglomeração em vias públicas no município.

O decreto informa que terá fiscalização para cumprimentos das medidas, e que aqueles que não cumprirem terão punições.

Japi vive desde início do mês de janeiro uma crescente nos casos de Covid-19, com números alarmantes registrados no boletim.


m4net

Prefeitura de Japi cancela toda programação social da Festa de São Sebastião

Com altos índices de contaminação, a Prefeitura de Japi decidiu cancelar toda a programação social da festa de São Sebastião 2022. Em nota, o comitê local anunciou a decisão, referendada pela Prefeita Simone Silva.

Confira a nota na íntegra:

A PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPI/RN, através do COMITÊ MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO A COVID19, vem a público comunicar o CANCELAMENTO de toda programação social relacionada à FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2022.

Em virtude do agravamento na linha de contaminação por COVID-19 e influenza, seguindo as orientações dos Órgãos Reguladores em Saúde Municipal e o Decreto Estadual nº 1265/2022, de 17 de janeiro de 2022, seguiremos as orientações que recomendam o cancelamento dos festejos em praça pública.

As nossas equipes monitoram, diariamente, os dados da linha de contágio, e identificaram que, em um curto intervalo de tempo, de apenas 11 dias, houve um aumento significativo de 93 casos positivos.

Nesse momento não podemos ir em desacordo aos Órgãos Reguladores de Saúde. Todas as medidas tomadas até aqui estão sendo pautadas a fim de garantir a saúde, o bem estar e segurança do nosso povo.

Diante da situação, já estamos com algumas ações em andamento. Reabrimos o centro de enfrentamento para um melhor atendimento aos nossos munícipes e para que seja possível uma maior agilidade no diagnóstico e no tratamento.

Além disso, estamos realizado testagem em massa dos nossos munícipes, providenciando a desinfecção de áreas públicas, bem como implementamos ações do projeto saúde itinerante, que está percorrendo o Município.

Outrossim, serão retomada as barreiras sanitárias nas entradas da cidade.

Pedimos, encarecidamente, a colaboração do munícipes quanto aos cuidados básicos necessários ao combate à pandemia, inclusive a lavagem das mãos ou higienização com álcool em gel, além do uso de máscaras e a adoção de distanciamento social.

A pandemia não acabou e só sairemos vitoriosos dessa guerra se nos unirmos na batalha.

COMITÊ DE ENFRENTAMENTO A COVID19
Japi/RN, 18 de janeiro, 2022.


m4net

Com aumento de casos de Covid, Prefeitura de Japi adota medidas restritas

O município de Japi viu em três dias um aumento significativo de casos positivos da Covid-19. Foram 51 casos em três dias, o que motivou a reabertura da “Ala Covid” e a adesão de medidas que serão publicadas no Diário Oficial.

As medidas são válidas de 15 a 22 de janeiro de 2022, com obrigatoriedade das máscaras; proibição da realização de eventos públicos ou privados, ou qualquer outra modalidade de evento comercial que implique em aglomeração de pessoas, como shows em ambientes abertos ou fechados, eventos esportivos, corporativos, técnicos, científicos, convenções ou qualquer outra modalidade de evento de massa, inclusive para transmissão de shows artísticos e eventos esportivos; e regras de restrição de circulação no comércio sem uso de máscara, controle de entrada e disponibilização de álcool.

A situação motivou também a divulgação do boletim epidemiológico da Covid, que até ontem registrava 51 casos ativos. Durante todo esse período da pandemia, foram 497 casos registrados e 10 óbitos.


alrn-hoz

Criado o brasão do município de Japi

O município de Japi/RN terá pela primeira vez em sua história um símbolo desenvolvido seguindo as regras heráldicas, que é a ciência, ou a arte, de descrever os Brasões de Armas e Escudos.

O Brasão do Município conta minuciosamente em cada detalhe, desde os pioneiros que desbravaram essas terras, as crenças, até à crescente e próspera economia do agronegócio.

Nele encontramos trechos do Hino Municipal, as belíssimas serras dos três irmãos, o rio Jacú, o pássaro Japi, as pinturas rupestres deixadas pelos nossos ancestrais e muitos outros elementos que caracterizam nossa história.

Um trabalho de criação primoroso realizado pela empresa Bizzu – Ideias Criativas, com a pesquisa em livro e ajuda de informações dos especialistas na história local: Professores João Edilson, Roberto César, Maciel Souza, e dos calaboradores Enos Miguel, Pedro Victor. Fonte: (Relatos testemunhal com moradores e historiadores do município. IBGE; Terras Potiguares / Marcus César Cavalcanti de Moraes. – Natal (RN): Editora Foco, 2007. – 3° Ed. 342 p).

O Brasão municipal teve a importante iniciativa da prefeita SIMONE FERNANDES DA SILVA, que idealizou um símbolo que pudesse ser utilizado pelas próximas gerações e tivesse sido desenvolvido com profissionalismo, zelo e o mais importante, com a ajuda de militantes culturais Japienses, que tanto amam a cidade.

O trabalho desenvolvido pela Procuradoria Geral do município conduzidos pela Dra. Ana Paula Dantas Jofily foram fundamentais para que fosse possível a criação do projeto de lei (N° 391/2021), o envio para a câmara municipal e aprovação por unanimidade.

O Brasão municipal passa pelas mais finas malhas de referências históricas.

O PÁSSARO: A representação do pássaro Japi que dá origem ao nome da cidade.

O RIO: Jacu uma das belezas naturais que marca nossa história e faz travessia em nossa cidade.

A SERRA: Beleza imponente que através do seu formato homenage e simboliza os TRÊS IRMÃOS, um de nossos cartões postais mais marcantes.

O MILHO, FEIJÃO E ALGODÃO: Fontes históricas de nossa economia e desenvolvimento inicial.

AS PINTURAS RUPESTRES: Retrata a história dos nossos ancestrais escritos a milhares de anos, destacando-se em meio a vegetação seca a sua beleza e riqueza histórica.

A CAPELA: No século XIX, nascia a povoação que daria origem a cidade, consolidada com a criação da primeira capela, dedicada ao Santo São Sebastião, que posteriormente tornou-se patrono da cidade.

O LISTEL: Data em que foi elevado a município com a denominação JAPI, pela lei estadual N° 2.399 de 18 de maio de 1959.

O objetivo do brasão desde sua criação foi trazer elementos que representam a nossa história e fortalecessem as raizes da nossa terra, dando ao serviço público tom de impessoalidade e acolhimento para com todos os munícipes.


m4net

Prefeita de Japi decreta estado de calamidade administrativa e financeira

A prefeita de Japi, Simone Silva (PL), decretou estado de calamidade administrativa e financeira no município. O decreto nº 078 foi publicado nesta terça-feira (12) com o detalhamento de justificativas para este ato, além de novas medidas.

Simone Silva alega que a atual gestão herdou muitas pendências da administração de Jodoval Pontes (MDB), como “FGTS, previdenciárias e outras dívidas fiscais deixadas pela gestão anterior, o que causou forte impacto negativo nas receitas da fazenda municipal”, conforme consta no decreto.

Ainda de acordo com a Prefeitura de Japi, a gestão anterior não fez o repasse dos empréstimos consignados para as instituições financeiras, mesmo retendo os valores dos salários dos servidores.

ACIMA DO LIMITE

O que chama atenção também foi uma justificativa sobre o orçamento para o exercício 2021, que segundo a Prefeitura de Japi, “apresenta expectativa de despesas com pessoal que viola o limite prudencial, comprometendo a manutenção dos serviços públicos. Ou seja, o gasto com os salários supera o recomendável.

O decreto também explica que existem atraso no pagamento de parcelas salariais dos servidores públicos municipais relativas ao ano de 2020, o que deve impactar ainda mais as contas da Prefeitura de Japi, neste ano de 2021.

Confira o decreto na íntegra:


alrn-hoz

Simone Silva já tem parte da equipe da gestão

As nomeações em Japi devem começar em breve, e o primeiro escalão da gestão Simone Silva já deve ser anunciado esta semana.

O blog teve acesso a alguns nomes cogitados para parte do primeiro escalão, confira:

Saúde – George Pinheiro

Assistência Social – Andrea Mesquita

Finanças – Júnior Câmara

Controladoria-Geral – Ana Paula Dantas

Contabilidade – Rejane Dantas

Esporte – Júnior de Vital

Assessoria – Guilherme Medeiros


r87

Guilherme Medeiros assume assessoria da Prefeita de Japi

Um dos coordenadores da campanha de Simone Silva (PL), em Japi, será assessor da nova gestão.

Guilherme Medeiros assume a função de chefe da junta militar e assessor da prefeita, como um dos nomes de confiança da nova gestora.

Ele já foi um dos nomes do PSL na corrida eleitoral em Santa Cruz, como também teve o nome cogitado para o legislativo de Japi.

A gestão de Simone Silva ainda não divulgou a lista completa de auxiliares.

Simone venceu Jodoval no dia 15 de novembro de 2020, com uma maioria de 793 votos.


alrn-hoz