RN caminha para outra “eleição por exclusão”

Caminhamos para outra eleição estadual “por exclusão”, como ocorreu em 2014.

O eleitor disse nas urnas que não queria Henrique Alves (PMDB) como governador.

Excluiu-o votando em Robinson Faria (PSD).

Para 2018, o cenário nebuloso que se forma tem o mesmo formato, tamanhã a esqualidez de nomes, ausência de espírito público e inexistência de propostas palpáveis.

Pobre RN Sem Sorte!