Santa Rita de Cássia

[RECORDE] Mais de 100 mil fiéis acompanharam a Procissão de Santa Rita 2022

A cidade de Santa Cruz recebeu milhares de devotos, romeiros e turistas no último final de semana, com o encerramento das festividades da sua padroeira, Santa Rita de Cássia. Depois dos dois anos de restrições pela pandemia da Covid-19, a Paróquia de Santa Rita de Cássia registrou um recorde de participação durante os dez dias de festejos, que integram o novenário de preparação e o dia solene da padroeira.

A Prefeitura Municipal de Santa Cruz, junto ao Sebrae, foram parceiros na estrutura e realização de eventos sociais e culturais, que também bateu recorde de público. Isso porque foi realizada a maior e melhor programação social, com muitos shows e variados estilos musicais durante os oito dias de estrutura que integrava o Festival Gastronômico e a Feira de Artesanato.

A Igreja Matriz ficou lotada todos os dias, com uma média de 2.500 pessoas acompanhando as novenas, somando também o público que assistia pelo telão no pátio de frente a igreja. A partir do dia 21 de maio, a cidade ficou lotada de veículos grandes e pequenos, pousadas com lotação completa e muito movimento pelas ruas.

O encerramento das festividades foi o maior da história, com o registro de mais de 500 ônibus e 300 veículos menores, deixando o Santuário e Igreja Matriz lotados durante todo o dia 22 de maio. A procissão de Santa Rita, que saiu às 17h do largo da Igreja Matriz, contou com um público de mais de 100 mil pessoas. Se somadas as visitas e romarias que participaram desde a madrugada, foram mais de 130 mil pessoas que passaram por Santa Cruz no encerramento da Festa de Santa Rita 2022, confirmando ser a maior festa de todos os tempos.

Imagens do Santuário ao final da Missa das 10h, na Praça dos Romeiros e no estacionamento

Imagens da Procissão de Santa Rita 2022

Com informações da PASCOM Santa Cruz
Fotos: Adriano Neto e Wallace Azevedo


m4net

Santa Cruz recebe centenas de caravanas em poucos dias de festividades da padroeira

Foto: PASCOM

Santa Cruz vivencia a festa de sua padroeira desde a última sexta-feira, 13 de maio, e tem sido rota de centenas de caravanas de romeiros, que além de conhecer a maior estátua católica do mundo, participam do Novenário de Santa Rita de Cássia.

No último domingo, 15 de maio, o Santuário recebeu 103 ônibus e 40 veículos pequenos, e que se somam a várias caravanas que estão se hospedando ao longo dos dias pela cidade.

Foto: Luiz Felipe/PASCOM

No próximo domingo, dia 22 de maio, dia da padroeira, uma programação especial está marcada para acolher os devotos e romeiros, que será finalizada às 16h, com a procissão da imagem de Santa Rita, depois de dois anos de pandemia.

A programação do dia 22 de maio será:

7h – Missa no Santuário
9h – Missa Solene na Igreja Matriz
10h – Missa no Santuário
11h – Leilão de Santa Rita, na quadra do Instituto Cônego Monte (centro da cidade)
12h – Missa da Coroa de Santa Rita
15h – Missa dos Peregrinos, no Largo da Igreja Matriz
16h – Procissão da imagem de Santa Rita
18h – Bênção do Santíssimo Sacramento e Encerramento das Festividades


r87

Conselho Pastoral se reúne para planejar a festa de Santa Rita 2022

O Conselho Pastoral Paroquial da Paróquia de Santa Rita de Cássia se reuniu nesta terça-feira (22) para discutir mais detalhes do planejamento das festividades da padroeira de Santa Cruz, Santa Rita de Cássia. O Padre Vicente Fernandes, pároco da comunidade, explicou que o momento é de muita alegria pela retomada presencial de uma das maiores festas do Rio Grande do Norte.

“A festa de Santa Rita se reinventou durante estes dois últimos anos de pandemia, mas agora é o momento de retornarmos para a Igreja Matriz, com os eventos religiosos e sociais, além da grande procissão no dia 22 de maio”, disse o pároco.

Durante a reunião, a Pastoral da Comunicação apresentou a programação que está sendo planejada, além da parceria com o Sebrae, Prefeitura Municipal, CDL Santa Cruz e outros parceiros tradicionais das festividades.

ANO DA CARIDADE

Neste ano de 2022, dentro das diretrizes da CNBB para Igreja no Brasil, é refletido um dos pilares que é a Caridade, e este será o principal tema da Festa de Santa Rita de Cássia 2022. O tema escolhido pela Paróquia foi: “Com o Cristo, Santa Rita nos ensina a verdadeira caridade”.

PROGRAMAÇÃO

As festividades acontecem de 20 de abril a 22 de maio, sendo o novenário celebrado entre 13 e 22 de maio. A festa será lançada oficialmente no dia 20 de abril, em um evento social no Complexo Cultural Santá, no dia 22 de abril, durante a Missa da Coroa, será o início da peregrinação das capelinhas de Santa Rita.

O novenário começa em 13 de maio, às 19h, na Igreja Matriz de Santa Rita, e durante os dias seguintes o Largo da Igreja fica lotado com programações sociais como o concurso Mais Bela Voz Estudantil, Feirinha de Artesanato, espaço para alimentação, Jantar de Santa Rita e outros eventos. O encerramento da festa será no dia 22 de maio, dia solene da padroeira, com a procissão da imagem de Santa Rita pelas ruas da cidade, às 16h, e na sequencia a bênção do Santíssimo Sacramento no Largo da Igreja Matriz.

Informações da Assessoria da Paróquia de Santa Rita


r87

Devoção a Santa Rita ganhará um Memorial

O casal Adriano Nóbrega e Maria José Nóbrega, cantores e devotos de Santa Rita de Cássia, lançam para o ano de 2022, o “Memorial Santa Rita, das abelhas às rosas”, que será um espaço para os fiéis da santa das causas impossíveis.

O projeto está sendo executado para ter seu lançamento em 2022, e não terá o foco apenas na Paróquia de Santa Rita de Cássia, mas na devoção mundial a santa italiana.


r87

Santuário de Santa Rita de Cássia volta a receber devotos em suas tradicionais romarias

O santuário católico que tem a maior estátua católica do mundo voltou a receber muitas caravanas para uma das suas mais tradicionais romarias. O Santuário de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz, a 115 km de Natal, realizou nesta terça-feira (12) a Romaria da Gratidão, que lembra duas datas importantes: O Dia de Nossa Senhora Aparecida e a data de elevação do complexo turístico-religioso a Santuário da Arquidiocese de Natal.

A programação foi iniciada com uma procissão saindo da Igreja Matriz, no centro da cidade, com a imagem de Nossa Senhora Aparecida, sendo conduzida até o Santuário. Mais de 50 ônibus estacionados nas imediações do complexo trouxeram as centenas de devotos, que já aguardavam aquela procissão para a Missa da Gratidão, na praça dos Romeiros, aos pés da estátua de Santa Rita.

O Padre Vicente Fernandes, reitor do Santuário, lembrou que o evento é uma retomada presencial das romarias, e evento teste para planejamento da Festa de Santa Rita 2022, pós-pandemia da Covid-19. “Estamos felizes em receber tantas caravanas neste feriado e dia de Nossa Senhora Aparecida. Aqui vivemos um dia de muita alegria e bênçãos, porque estamos reunidos depois de tanto tempo, pois somos vitoriosos por termos superado este mal da Covid-19, quando muitos já não estão aqui”, lembro o reitor do Santuário.

Com a retomada dos eventos presenciais, o Padre Vicente lembra que existe muito entusiasmo para as festividades de Santa Rita em 2022. “Nós já estamos experimentando esse momento de mais liberdade, em que os números da covid-19 estão em queda, nos alegrando pelo livramento do mal. Estamos confiantes para no próximo ano fazer uma grande festa da nossa padroeira, quando a procissão será num domingo, 22 de maio, e milhares de devotos todos juntos aqui novamente, disse o padre, que ainda lembrou das procissões antes da pandemia: “Vamos fazer como em outros anos, aquele mar de gente carregando o andor de Santa Rita, com sua imagem sendo carregada pelos devotos. Como uma ‘embarcação’ no mar de gente, cheia de fé na intercessão da Madrinha dos Sertões”.

Romaria da Gratidão

O feriado de 12 de outubro em Santa Cruz não é apenas para a Solenidade de Nossa Senhora, devotos de Santa Rita lembram da data em que a Arquidiocese de Natal elevou todo o complexo em cima do Monte Carmelo ao grau de Santuário Católico.

O decreto foi assinado em 11 de outubro de 2009, pelo Arcebispo Dom Matias Patrício de Macedo, no paroquiato do Padre Aerton Sales, meses antes da conclusão das obras e sua inauguração.

Para celebrar esta data, a Paróquia-Santuário instituiu a Romaria da Gratidão para 12 de outubro, um feriado especial para comemorar a Padroeira do Brasil e a instituição do Santuário Católico, e receber as caravanas para suas visitações e orações.


m4net

Santuário de Santa Rita retoma celebrações presenciais com Romaria Mariana

No próximo domingo, dia 18 de julho, o Santuário de Santa Rita de Cássia retoma as celebrações presenciais com a tradicional Romaria Mariana de Julho, que terá um formato híbrido.

A Romaria Mariana é uma comemoração pelo dia de Nossa Senhora do Carmo, que foi a primeira Padroeira do local onde foi erguida a estátua de Santa Rita de Cássia.

O Monte Carmelo tem esse nome em virtude da escolha de Nossa Senhora do Carmo como protetora daquele local de devoção onde antes tinha um cruzeiro, marca da fé e da fundação de Santa Cruz.

A Romaria Mariana Virtual será festejada com uma Santa Missa na Capela Principal, neste domingo (18), às 10h, com transmissão pelas redes sociais da Paróquia e do Santuário, através da TV Santa Rita.


alrn-hoz

Santa Cruz foi destaque na Band em rede nacional

A cidade de Santa Cruz foi atração na tela da Band, com o programa Zeca pelo Brasil.

“Posso afirmar que foi uma das experiências mais poderosas que tive nesse lugar de peregrinação. Essa “esquina do Brasil”, como o próprio potiguar chama carinhosamente seu ligar de origem, é famosa pelas praias – e não tenha dúvidas, são ondas mesmo”, disse o apresentador Zeca Camargo em sua rede social.

Veja como foi o Zeca pelo Brasil desta quinta-feira:

Matéria atualizada às 00h15


contex

“Santa Rita de Santa Cruz” é tema de livro lançado pela editora do IFRN

Entre os livros que serão lançados pela Editora do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), nesta quinta-feira (27), um livro chama atenção por tratar das identidades culturais de Santa Rita de Cássia na cidade de Santa Cruz. A professora Magda Renata Diniz é a autora da obra “(Santa) Rita de Cássia na boca do povo de Santa Cruz/RN: identidades culturais em construção”.

Professora Magda Renata Diniz, autora do livro (Santa) Rita de Cássia na boca do povo de Santa Cruz/RN: identidades culturais em construção.

Magda Diniz foi professora de Língua Portuguesa no IFRN -Campus Santa Cruz das turmas de Refrigeração e Informática em 2009 e 2010. “Este livro é parte de minha dissertação de mestrado e representou uma experiência inesquecível como linguista diante das práticas sociais com os moradores de Santa Cruz”, disse a autora, que atualmente leciona no IFRN – Campus Canguaretama.

O livro trata sobre os aspectos “ritianos”, passando pelos nomes das pessoas, comércio e outros trabalhos que carregam o nome da padroeira da cidade. “Uma estátua que estava sendo erguida em setembro de 2009 sobre o Monte Carmelo, no município de Santa Cruz, chamou imediatamente minha atenção quando fui trabalhar nessa cidade, em função de ter sido aprovada em um concurso público para professora. Naquele momento, por ser uma obra de grande expressão em uma cidade de pequeno porte, toda a atenção voltava-se para a estátua. As conversas corriqueiras estavam envolvidas direta ou indiretamente com a figura de Santa Rita de Cássia”, comenta Magda nos primeiros trechos da obra.

Fotos dos comércios com placas e artes que retratam Santa Rita, simbolizam a marca da religiosidade na cidade, que segundo a autora “o conhecimento é levado para as gerações futuras”. “Isso ocorre, principalmente, porque o cenário social em Santa Cruz é favorável para a recepção das virtudes de Rita de Cássia. […] em virtude de seus aspectos humanos, em sintonia com os sentimentos valorados por esse povo, dentre os quais se destacam: saber lidar com as dificuldades de relacionamento com pessoas do seio familiar sobremaneira, ter mais paciência para executar diversas atividades, ter esperança, ser uma pessoa íntegra, ser perseverante, ser mãe, ser casada, ser prestativa com os doentes e ser militante diante dos problemas sociais”, explica.

E-books

A obra sobre Santa Rita e Santa Cruz está entre as 40 obras lançadas, das quais 23 são impressas e 17 em formato eletrônico. Ao todo são 250 pessoas envolvidas nas produções, entre organizadores, autores e coautores.

O IFRN possui o seu próprio repositório institucional, o Memoria, onde alunos e servidores podem armazenar artigos, teses e até dissertações. 34 obras das que serão lançadas nesta quinta-feira já estão disponíveis através do repositório. Para ter acesso às versões digitais basta ir ao site www.memoria.ifrn.edu.br e buscar o livro desejado.

O livro da professora Magda Diniz se encontra no link: http://memoria.ifrn.edu.br/handle/1044/946. Uma obra que retrata vários aspectos do município, sendo mais uma fonte importante para pesquisa e registro histórico de Santa Cruz.


m4net