Wanira Brasil

Vivaldo Costa recebe lideranças de Tangará e Serra Caiada

O deputado Vivaldo Costa (PV) tem ampliado suas bases em todas as regiões do Rio Grande do Norte. O parlamentar está na luta, com sua pré-candidatura, para renovar a cadeira que ocupa na Assembleia Legislativa. Na manhã desta terça-feira (10) quem esteve tomando café com o deputado foi o ex-vereador Carlos Gomes, ao lado da jovem Katiane, da cidade de Serra Caiada.

Na segunda-feira (9), Vivaldo recebeu o ex-prefeito de Tangará, Gija, que é grande liderança do Trairi. Gija, ao lado da sua esposa a ex-prefeita de Sítio Novo, Wanira Brasil, e a atual prefeita Andrezza Brasil, apóiam o projeto do deputado Vivaldo no legislativo potiguar.


senhoritta

Wanira Brasil concedeu entrevista no programa Repórter 87

Nesta quinta-feira (24), a ex-prefeita de Sítio Novo, Wanira de Holanda Brasil, foi a entrevistada do programa Repórter 87, na Rádio Comunitária Santa Rita FM, e nas redes sociais do blog do Wallace.

Wanira falou da sua experiência como prefeita, e sua trajetória após o final dos dois mandatos. A ex-prefeita ficou em evidência nesta semana, após um vídeo que trouxe seu desabafo sobre perseguições que sofreu depois de deixar a prefeitura de Sítio Novo.

Confira como foi a entrevista aqui:


alrn-hoz

Ex-prefeita Wanira Brasil é novamente absolvida

Foto: Wallace Azevedo

Na última semana, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, através da relatoria do Desembargador Ibanez Monteiro, considerou que a conduta imputada à ex-prefeita de Sítio Novo, Wanira de Holanda Brasil, na inicial do Processo Nº 0100357-23.2015.8.20.0133, e na sentença, expressamente deixou de configurar ato de improbidade, pela ausência de dolo específico em seu agir, não restando caracterizada sua vontade livre e consciente de alcançar o resultado ilícito tipificado nos art. 9º, 10 e 11 da Lei nº 8.429/92. Por ser mais favorável à demandada, a norma deve retroagir em seu benefício. Votando, portanto, o Desembargador pela absolvição, voto que foi acompanhado por outros Magistrados. As informações foram divulgadas pelo site Portal do Trairi.

De acordo com os aliados mais próximo, a ex-prefeita tem vencido diversas ações na justiça e desmonta a farsa construída por seus adversários sobre sua gestão. Em recente entrevista ao programa do Paulinho, Wanira também defendeu sua inocência e agradeceu o apoio de amigos e correligionários.


m4net

[VÍDEO] Ex-prefeita Wanira Brasil se defende de acusações e emocionada fala que foi absolvida

Foto: Jefferson Joatam/Portal do Trairi

A ex-prefeita de Sítio Novo, Wanira Brasil, esteve na assinatura da ordem de serviço da retomada das obras de creche no distrito Serra da Tapuia, obra iniciada no tempo de sua gestão, entre 2005-2012. Em discurso emocionado a ex-prefeita, mãe da atual prefeita, destacou as acusações que sofreu durate esses anos e apresentou as provas de sua defesa. “Aí está o extrato, aí está a prova que o dinheiro ficou e está em conta até os dias de hoje. Eu sempre trabalhei muito por Sítio Novo, e Deus sabe da minha honestidade, a verdade não falha, ela sempre vem à tona”, e acrescentou: “não fizeram, porque não quiseram, pensavam em me prejudicar, mas atingiram não a mim, mas às crianças que poderiam estar amparadas por aquela escola desde 2014”.

Wanira confirma que foi absolvida desse processo, quando um parecer do Ministério Público Federal pede a extinsão do processo contra ela por entender que não houve crime, pois não houve dano e que, portanto, a obra ainda não foi concluída apenas por diferenças políticas e tentativa de incriminá-la.

Confira o vídeo do Portal do Trairi, com o discurso da ex-prefeita:


r87

Alves e Brasil vencem as eleições em Campo Redondo, Sítio Novo e Tangará

O grupo político da família Alves e Brasil, liderados por Gija, Wanira Brasil e Alessandru Alves, conquistam de maneira inédita as três cidades base do seu eleitorado. Gija indicou seu irmão Augusto para vice do Dr. Airton em Tangará, Wanira colocou a filha Andrezza para prefeitura de Sítio Novo e Alessandru elegeu um sucessor em Campo Redondo.

Wanira protagonizou a maior virada da região do Trairi, com pesquisas apontando a vitória do Edilson Júnior, sua filha Andrezza Brasil saiu vitoriosa numa maioria de 161 votos, com 51,88% dos votos válidos. O grupo tinha saído do poder desde 2012, mas tem dois mandatos de Wanira Brasil na bagagem, nas vitórias de 2004 e 2008.

Em Tangará, Augusto voltou a ser o companheiro de chapa de Dr. Airton, representando a liderança política de Gija na cidade, que foi prefeito por dois mandatos (1997-2000 e 2001-2004). Na conta do grupo ainda tem o mandato de Alcimar Germano, filho de Gija, entre 2013 e 2016. O Dr. Airton venceu os tradicionais adversários da política de Gija, a Família Bezerra, nessa eleição representados pelo Jorginho Bezerra, atual prefeito.

Alessandru Alves fez história em Campo Redondo novamente. Foi o primeiro prefeito reeleito da história e ainda foi o primeiro a sair do mandato e eleger um sucessor. O Dr. Renam teve como vice o Welby Martins, ex-prefeito da cidade, que também integra o grupo político-familiar.

Esse cenário é inédito, porque é a primeira vez que essas três cidades são governadas pelo mesmo grupo. Em 2004, a dupla de cidades foram Campo Redondo e Sítio Novo, perderam em Tangará; 2008 foi reeleição em Sítio Novo garantida, mas perderam em Campo Redondo e Tangará; O ano de 2012 foi revertido em Campo Redondo e Tangará, mas perderam em Sítio Novo; e nas eleições de 2016 foi apenas Campo Redondo.

O 2020 se consolida como o melhor ano para o grupo, com as três cidades comandadas com Alves e Brasil, e o que fortalece ainda mais o projeto do deputado Vivaldo Costa (PSD), uma das lideranças que apoia o grupo sempre sai com uma boa votação na região através da parceria Gija-Wanira-Alessandru. São sete mandados eletivos nas mãos desse grupo somando as três cidades do Trairi, agora ganham mais três novas oportunidades a partir de 2021.


contex

Wanira Brasil surpreende com a votação de Vivaldo Costa em Sítio Novo

A ex-prefeita de Sítio Novo, Wanira Brasil (MDB), surpreendeu o cenário político local com uma votação expressiva para o seu deputado estadual, Vivaldo Costa. Em um cenário de polarização entre Wanira e Edilson Júnior, Tomba Farias teve 1.388 contra 1.106 de Vivaldo Costa.

No comparativo de 2014, Vivaldo Costa teve 521 votos, enquanto Tomba chegou aos 1.048. Quem saiu de cena foi o deputado Gustavo Carvalho, que teve sua base política desmontada naquela cidade. O vereador Hélio Fitas que decidiu seguir um projeto próprio, apoiando Adjunto Dias, que teve 223 votos.

Para Federal, o prefeito Edilson Júnior deu 1.129 votos para Rafael Motta, que foi o candidato de Wanira Brasil em 2014. Agora, em 2018, a ex-prefeita apoiou o tradicional aliado, José Agripino, que teve 723. Hélio Fitas conseguiu 380 votos para Benes Leocário, em seu projeto isolado.

No senado, Zenaide Maia, candidata de Edilson, alcançou 1.685 votos, e Geraldo Melo 1.309. Wanira somou para Garibaldi 988 e Jácome 971 votos, praticamente casando os votos dos seus senadores.

Para Governador, o prefeito atual conseguiu 1.929 votos para Fátima Bezerra, enquanto Wanira apoiando Carlos Eduardo viu seu aliado chegar a 1.136 votos.

Com essa panorama, Wanira Brasil continua viva na disputa local, com o foco voltado para uma possível candidatura de Andrezza Brasil, sua filha, que desde 2016 conquistou a simpatia do grupo para uma possível candidatura majoritária.


r87

Wanira Brasil pede direito de resposta após ataques de Edilson Jr. e Major Edilson

Os últimos episódios da política de Sítio Novo remontam os palanques de 2016, no velho duelo Major versus Wanira. As divergências ficaram mais acentuadas nos últimos dias após Wanira encampar a luta dos moradores de algumas comunidades que ficam pelo caminho da adutora do distrito da Serra da Tapuia, que ficaram sem abastecimento.

A publicação saiu na maioria dos blogs pelo estado e gerou uma repercussão ainda maior dentro do município, que terminou na semana passada com uma sessão na Câmara Municipal bastante tumultuada.

O Major Edilson, pai do atual prefeito e líder do grupo da situação, liderou dos comícios, um na Serra da Tapuia e outro na sede do município, onde atacou a ex-prefeita e acusou a oposição de fazer politicagem com a adutora.

O ápice do debate chegou até à Rádio Santa Cruz AM, que exibe o programa semanal do prefeito Edilson Júnior, e neste espaço o gestor municipal fez algumas colocações que não agradaram em nada a ex-prefeita Wanira. Essa última exigiu o seu direito de resposta, mas a Rádio Santa Cruz AM demorou com a solicitação dela, o que fez Wanira ir até as redes sociais e protestar contra o veículo de comunicação.

Em resposta à Wanira, a Rádio Santa Cruz explicou que o conteúdo seria encaminhado para um advogado para análise prévia. A ex-prefeita não obteve resposta e então foi até as redes sociais para fazer o seu protesto contra as declarações do seu rival político.

Ao Blog, a ex-prefeita esclareceu alguns fatos que são narrados no mesmo material entregue à Rádio Santa Cruz, que o blog disponibiliza para os leitores. Confira:


contex